RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Requerimento de Leo de Brito obriga Casa Civil a explicar pedido de investigação contra deputado e servidor que denunciaram esquema de vacinas superfaturadas

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

O deputado federal Leo de Brito (PT-AC) aprovou requerimento durante audiência da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara dos Deputados, desta terça-feira, 29, para que o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Onyx Lorenzoni preste esclarecimentos sobre ameaças feitas ao deputado federal Luis Miranda e o pedido de investigação ao servidor do Ministério da Saúde, Luis Ricardo Miranda, que denunciaram o suposto esquema de compra superfaturada da vacina indiana Covaxin.

De acordo com o Portal de Notícias Correio Braziliense, em 24 de junho o Ministro da Secretaria-Geral da Presidência Onyx Lorenzoni, fez uma série de ameaças ao deputado federal Luis Miranda (DEM-DF). O parlamentar e o irmão dele, Luis Ricardo Miranda, servidor do Ministério da Saúde, denunciaram suspeitas de corrupção na compra, pelo governo federal, da vacina indiana Covaxin. 

Lorenzoni afirmou que vai pedir a abertura de um procedimento administrativo disciplinar junto à Controladoria-Geral da União (CGU) para apurar a conduta do servidor, que disse, em depoimento à Procuradoria da República do Distrito Federal, ter sofrido “pressões anormais” em relação à Covaxin por parte da alta cúpula da pasta. “O servidor será investigado por prevaricação”, enfatizou o ministro, em pronunciamento realizado para negar as acusações em relação à aquisição do imunizante.

Leia Também:  Apoiadores de Bocalom fecham rua de acesso a Câmara e pedem arquivamento de denúncia que pode afastar o prefeito de Rio Branco

Ameaças violam a Lei de Abuso de Autoridade e as prerrogativas parlamentares. Leo de Brito destacou a tentativa de coerção do governo e o ataque as prerrogativas parlamentares.

“Vejo com perplexidade tudo o que está acontecendo no governo federal, além das mais de 510 mil mortes, a omissão com gravidade da pandemia, agora essa grave denúncia de esquema criminoso com a compra superfaturada da vacina indiana Covaxin. Mais grave ainda, a tentativa de coerção por parte do ministro Onyx Lorenzoni, que ao invés de se manifestar pela investigação do esquema de corrupção, diz que o presidente Bolsonaro determinou que a PF e a CGU investiguem os denunciantes. Um absurdo! Essa ameaça viola claramente a Lei de Abuso de Autoridade e é um ataque as prerrogativas parlamentares”.

A ida do ministro Onyx Lorenzoni à CFFC para prestar esclarecimentos está marcada para o dia 14 de julho.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O representante da Classe LGBTQIA +, Wilson, procurou a redação do site 3de Julho Noticias e a vereadora Marinete Mesquita (que também faz parte desta categoria) para informar o que vem acontecendo com a Classe do Orgulho a respeito da promessa da prefeita Fernanda Hassem com relação ao apoio.

Leia Também:  Dino diz que Bolsonaro 'é como batedor de carteira que grita pega ladrão' por pedir governadores em CPI

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A vereadora Neiva Badotti esteve reunida com a equipe de reportagem do site 3 de julho Notícias para informar sobre o abandono, por parte da prefeita Fernanda Hassem, da obra de revitalização do Parque Centenário, Localizado no centro de Brasileia, a vereadora informou que já denunciou esta situação na Câmara de vereadores, onde solicitou do executivo, explicações a respeito da situação, porém a prefeita Fernanda não respondeu. 

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Cruzeiro do Sul realiza abertura Ramal do Tico, no Projeto de Assentamento Santa Luzia

Publicados

em

Uma antiga reivindicação dos moradores do Ramal do Tico, no Projeto de Assentamento (PA) Santa Luzia, foi atendida neste final de semana, pela equipe da secretaria municipal de obras, da prefeitura de Cruzeiro do Sul.

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, fez questão de comparecer pessoalmente à comunidade para prestigiar os moradores. Também esteve presente o secretário Elenildo Souza, da agricultura, além de vereadores e representantes sindicais.

Nessa primeira etapa foram abertos os primeiros 10 km do ramal, que vai garantir melhoria no tráfego mesmo durante o período chuvoso. A intenção da prefeitura é continuar a abertura nos próximos anos.

“Quero lhe parabenizar pelo cumprimento de sua palavra, pelo compromisso que foi verdadeiro, que honrou e fez o que prometeu”, disse a professora Leonarda da Silva Monteiro, do Anexo Ceará, da Escola Municipal Airton Sena. A escola atende crianças do primeiro ao quinto ano e é uma importante referência na comunidade.

“Sabemos que são apenas dez quilômetros, mas é um começo. É apenas um ano de mandato e já estamos vendo muita coisa acontecer”, disse o professor Antônio Silva.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Chagas, citou todos os ramais que já receberam alguma ação da prefeitura este ano.

Leia Também:  Prefeitura de Plácido de Castro assina convênio do deputado Flaviano Melo de mais de R$ 480 para construção de quadra esportiva

“Quero agradecer ao prefeito pelas ações principalmente em ramais, ações que alcançam os beneficiários do programa Luz para Todos: Ramal do Centrinho, Ramal do Escondido, Boca do Moa, Olivença, Praia Grande, Passo Fundo, Cinturão Verde, Igarapé da Onça, Badejos – de cima do meio e de baixo – Canela Fina, Ramal do Lorinho, Ramal do Cunha, todos estes tem ações dessa gestão da prefeitura”, disse.

“Tem que pôr o pé na lama. Eu acho importante estar presente nos locais, conhecendo de perto a situação da população”, disse o prefeito Zequinha Lima na ocasião.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereador diz que o prefeito Kiefer Cavalcante paga mais de 5 mil para dono de empresa que faz faculdade em Rio Branco – Vereador Ronaldo Reis de Feijó, gravou um vídeo onde fez graves denúncias contra a atual gestão do prefeito Kiefer Cavalcante a quem acusa de perseguição política e possível pagamentos irregulares em sua gestão. De acordo com o vereador, o prefeito demitiu a sua esposa só aconteceu depois que trouxe a tona um pagamento supostas irregularidades o que confirma a perseguição política que vem sofrendo por parte do gestor.

Leia Também:  Dino diz que Bolsonaro 'é como batedor de carteira que grita pega ladrão' por pedir governadores em CPI

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA