TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prestigiado: Ex-deputado Ney Amorim fortalecerá o Podemos com Eliane Sinhazinque, Rodrigo Damasceno e quem sabe Socorro Neri

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

De volta ao cenário político, o ex-deputado estadual e presidente da ALEAC Ney Amorim assumiu o comando do PODEMOS no Acre e já se articula para trazer lideranças de expressão na montagem de chapa para as eleições de 2022

Ney se tornou um dos nomes mais próximos do governador Gladson Cameli (PP), inclusive é visto pelo chefe do executivo, como uma das peças fundamentais na construção do time eleitoral para disputa da reeleição rumo ao Palácio Rio Branco em 2022.

Mostrando agilidade e habilidade política, Ney articula a vinda de diversas lideranças de peso para a sigla. O ex-prefeito de Tarauacá Rodrigo Damasceno, é um dos nomes que chegam para disputar uma cadeira na ALEAC pela sigla dirigida por Ney.

Outra novidade é a ex-deputada e atual secretária de Turismo e Empreendedorismo Eliane Sinhazique, que deixa o MDB depois e pode ser uma aposta do Podemos para chapa de estadual.

Uma terceira aquisição pode balançar as estruturas e já se cogita como quase certa. Trata se da ex-prefeita e atual secretária estadual de educação Socorro Neri, que deve deixar o PSB, depois que aceitou o convite para fazer parte do governo Gladson Cameli (PP).

Leia Também:  Acre garante segundo repasse do fundo a fundo no valor de R$ 14,4 milhões, que serão empregados na Segurança Pública

Ney tem a missão de correr contra o tempo, para montar uma chapa forte de deputado estadual e federal, está de seu interesse, já que disputará uma cadeira na câmara dos deputados. Há quem até aposte que todo esse prestígio de Ney Amorim com Gladson, pode resultar em uma possível filiação de uma liderança no Podemos, para ser o vice de Gladson na disputa pela reeleição em 2022. Vamos aguardar para ver os desdobramentos.

E veja Neste Plantão do 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Um caso, pra lá de inusitado foi registrado no município de Brasileia, onde um cidadão que teria ingerido bebidas alcoólicas, introduziu uma garrafa de cerveja em seu ânus, porém o homem perdeu o controle do objeto e a garrafa foi parar em seu intestino. Equipe médica dos Hospital Regional do Alto Acre teria tentado de várias maneiras fazer com que este paciente expelisse o objeto, mas não obtiveram êxito. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Leia Também:  Estado honra pagamentos atrasados de 2018 com extrativistas da borracha

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Em Brasília, prefeito Jerry defende mais segurança e internet de qualidade na região de fronteira

Publicados

em

O município de Assis Brasil, distante 350 quilômetros da capital Rio Branco, na fronteira com o Peru e a Bolívia, ainda enfrenta grandes desafios por ser a única tríplice fronteira do Acre. O pequeno município não possui internet de qualidade, tem sérios problemas de falta de efetivo para atender as questões de fronteira e sofre com a falta de infraestrutura.

Nesse sentido, o prefeito Jerry Correia integrou a comissão de prefeitos acreanos que viajou à capital federal com agenda marcada no gabinete da presidência. O gestor foi convidado pelo presidente da Associação dos Municípios do Acre (AMAC), prefeito de Rio Branco Tião Bocalom, para defender junto ao Governo Federal temas relevantes para todos os municípios acreanos.

Em sua fala, Jerry Correia denunciou os descasos das operadores de sinal de internet em Assis Brasil que, segundo o gestor, oferecem um serviço de péssima qualidade e lesam os usuários.

“Não temos internet de qualidade. Uma vergonha para nós que somos uma cidade de fronteira, a porta de entrada do país. Estamos perdendo investidores e mais oportunidades de desenvolvimento”, disse prefeito.

Leia Também:  Acre garante segundo repasse do fundo a fundo no valor de R$ 14,4 milhões, que serão empregados na Segurança Pública

Correia também falou para o Secretário Especial de Assuntos Federativos, Mauro Benedito, da falta de estrutura e de pessoal para atender na alfândega Brasil/Peru. De acordo com o prefeito por falta de efetivo o posto alfandegário não consegue atender o grande fluxo migratório que acontece naquela região de fronteira.

“Precisamos de mais investimentos para melhor receber nossos turistas. São poucos os servidores e precária a estrutura do sistema alfandegário e migratório. Aqui é a primeira imagem do nosso país pra quem entra no Brasil por essa rota. O Governo Federal precisa ter um olhar diferenciado pra essa região”, defendeu o prefeito.

Outro tema defendido pelo prefeito foi a instalação de internet via satélite em todas as escolas indígenas de Assis Brasil. Jerry disse que essa ação vai melhorar a vida dos moradores das aldeias em todos os sentidos, especialmente na educação, tornando possível a continuidade dos estudos de centenas de jovens.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA