RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Cruzeiro do Sul, entidades religiosas e de assistência social vão arrecadar alimentos para doar no natal

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Assessoria – A campanha “Natal humanitário: Diga não à fome”, teve abertura oficial nesta quarta-feira (01), com a finalidade de mobilizar a sociedade para contribuir com a doação de alimentos para as famílias carentes de Cruzeiro do Sul durante o natal. A ação foi idealizada pelo Grupo de Apoio ao Serviço Humanitário – Gash – sob a coordenação da primeira-dama Lurdinha Lima e conta com o apoio da Diocese de Cruzeiro do Sul, da Igreja Presbiteriana, da Casa abrigo Lar Hester Cameli, da União do Vegetal e da Maçonaria.

Essas entidades marcaram presença no ato de início das arrecadações que ocorreu no centro da cidade, nesta quarta-feira. Para organizar melhor a campanha, foi criada uma comissão de voluntários que serão responsáveis pelas estratégias de divulgação e de mobilização social para a arrecadação de donativos.

“É um privilégio muito grande participar desse momento. É uma oportunidade que a sociedade tem de demonstrar o verdadeiro amor cristão. Isso mostra que ainda existem pessoas sensíveis às necessidades daqueles que carecem de socorro. Estamos prontos a colaborar, junto com os demais segmentos sociais, para esse momento tão especial”, disse o pastor Joaquim Mateus Barbosa, líder da Igreja Presbiteriano no município e que também faz parte da comissão organizadora da campanha.

Leia Também:  Prefeitura de Cruzeiro do Sul ganha "pluviômetro" e cria plano de contingência municipal

O prefeito Zequinha Lima também é um voluntário que presta seu apoio ao movimento humanitário.

“Parabenizo todas as entidades parceiras por essa iniciativa de reunir para que a gente possa levar alegria e doar o alimento para aquelas pessoas que têm pouco para comemorar no natal. Muitas pessoas ainda passam necessidades, então, é importante essa união de forças das instituições religiosas, ou não, para essa arrecadação. E seguiu: “São tempos de solidariedade”, falou o prefeito.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Com o intuito de ajudar na manutenção do espaço do Educandário Santa Margarida, que atende crianças de zero a 12 anos de idade, o deputado Leo de Brito está destinando R$ 350 mil, por meio de emenda, à instituição. A emenda será viabilizada por meio de convênio com o Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC).

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Leia Também:  Boiando na atmosfera: Sérgio Moro é o subordinado mais perigoso de Jair Bolsonaro

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Cruzeiro do Sul já está vacinando crianças, abaixo de 12 anos, contra covid-19

Publicados

em

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deu início nesta segunda-feira,17, a vacinação contra a covid-19, de crianças abaixo de doze anos.

Nesta primeira etapa a secretaria recebeu, no último sábado, 740 doses do imunizante e adotou a estratégia de começar a vacinação em escolas que estão com atividades presenciais. As escolas são: Escola São José, Hugo Carneiro, Presbiteriana e Antônio de Barros Freire. O público destinado nesta ação é o de crianças entre 10 e 11 anos, que devem comparecer acompanhadas de um responsável, levando sua carteira de vacinação. Esta etapa alcança uma parte deste público, e a vacinação terá continuidade conforme a chegada de novas doses, que serão enviadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

“Esta estratégia adotada visa direcionar as vacinas para este público de maneira mais ordenada, uma vez que ainda não dispomos das doses para todos, e assim temos maior controle sobre a vacinação. Mas já avisamos que, tão logo recebamos novas doses, faremos novas etapas de vacinação para abranger todo este público. A vacina sempre foi uma prioridade da gestão e iremos elaborar as estratégias de acordo com o total enviado a cada remessa”, explicou a secretária municipal de saúde Valéria Lima.

Leia Também:  Urgente: Grupo de 22 peruanos que ficou retido em Assis Brasil, quatro deles testam positivo para coronavírus

“Eu estava muito ansioso e nervoso também, pela vacina, mas nem doeu tanto”, disse Herbert Enes Martins, de 11 anos.

O ato de vacinação contou com a presença de muitos pais que estavam ansiosos para imunizarem seus filhos.
“Havia uma expectativa muito grande dessas crianças e dos pais, para que eles também tivessem a oportunidade de serem imunizados. Esse momento chegou. A quantidade de vacinas que recebemos não foi grande, mas a gente acredita que vamos receber essa quantidade toda semana e, de acordo com as doses que forem chegando, nós também vamos avançando para o público de nove, de oito e assim por diante”, explicou o prefeito Zequinha Lima.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA