TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura cria comissão para elaborar primeiro Plano Municipal de Habitação em Cruzeiro do Sul

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Assessoria – Ter sua casa própria é um sonho para mais de duas mil famílias cruzeirenses cadastradas no Movimento pela Moradia de Cruzeiro do Sul. Diante disso, a Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul se reuniu com representantes da Câmara Municipal de Vereadores e do Movimento pela Moradia para iniciar os primeiros passos da criação do Plano Municipal de Habitação, que visa reduzir o número de famílias sem moradia própria na cidade.

A reunião aconteceu na prefeitura de Cruzeiro do Sul e foi conduzida pelo prefeito em exercício, Henrique Afonso, e contou com a presença de vereadores e pessoas ligadas ao Movimento pela Moradia, que discutiram os primeiros passos e ações do Plano Municipal de Habitação.

O vereador progressista João Keleu, participou da reunião e afirmou que a Câmara Municipal participará desse processo de criação do plano e no momento em que chegar à casa legislativa, certamente será aprovado.

“A Câmara de Vereadores será uma parceira nessa pauta e certamente ao chegar na Casa o projeto será rapidamente aprovado por todos os vereadores. Moradia é um sonho de muitas famílias, então, nossa contribuição será a aprovação imediata do projeto ao chegar na casa.” disse João Keleu.

Leia Também:  Enquanto Gladson curte o frio de Madri, CRM fiscaliza todos os setores do PS de Rio Branco e flagra superlotação, falta de médicos, remédios e equipamentos

A Coordenadora do Movimento pela Moradia de Cruzeiro do Sul, Socorro Queiroz, disse que esse é o primeiro passo para avançar com as demandas da falta de moradia em Cruzeiro do Sul.

“Agradeço o prefeito em exercício, Henrique Afonso, por receber nosso movimento, nos ouvir e juntos iniciarmos essa caminhada que beneficiará milhares de famílias. Estamos saindo dessa reunião felizes com os encaminhamentos aqui definidos e esperamos que num breve espaço de tempo possamos estar sentados novamente com mais novidades.” Concluiu Socorro.

O prefeito em exercício Henrique Afonso destacou o esforço que a gestão municipal vem realizando para criar o Plano Municipal de Habitação.

“Construir casas populares é uma meta em nossa gestão, essa reunião é mais um passo para definirmos nossa linha de atuação, para construção de casas populares. Sabemos da importância desse programa e, certamente, iremos beneficiar muitas famílias que precisam do seu lar.” disse Henrique Afonso.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias – Acre 24 Horas

Leia Também:  Prefeitura de Rodrigues Alves capacitam servidores para fortalecer as políticas de proteção da criança

Veja o Vídeo Abaixo: Os servidores da Educação do estado estão revoltados, com tanto descaso do governo Gladson Cameli com a maior categoria do Acre. Os servidores liderados pelo Sinteac, alegam que o governo descumpriu acordo judicial firmado com a categoria e que só iniciam o ano que vem tiver cumprimento do que foi acordado. Os servidores estiveram mais uma vez na frente da casa Civil e manifestaram sua insatisfação com Gladson Cameli.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Epitaciolândia oferece curso de crochê em barbante às mulheres do Polo Agroflorestal

Publicados

em

Confecção de crochê básico em barbante foi o segundo curso oferecido para a comunidade do Polo Agroflorestal de Epitaciolândia pela Prefeitura, através da Secretaria de Assistência Social, em parceria com o SENAR.

Para a secretária de Assistência Social, Eliade Maria, oportunidades como esta alimentam melhoram a renda das aulas e contribuem com a qualidade de vida das famílias.

“O curso foi desenvolvido com o objetivo de dar mais oportunidades de aprendizado para essas mulheres, para que elas possam ter uma renda extra e auxiliar no orçamento familiar.” Explica Eliade.

O curso ministrado pelo SENAR, teve a duração de oito dias e contou com a participação de 15 mulheres que moram no Polo Agroflorestal de Epitaciolândia.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Vídeo: Neném Almeida afirma que Gladson cometeu crime de campanha quando assinou um documento dizendo que se eleito fosse chamaria o Cadastro de Reserva da Polícia Civil
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA