RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Ministério Público diz que porteiro mentiu sobre suspeito da morte de Marielle citar Bolsonaro

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

A promotora Simone Sibilio, do Ministério Público do Rio de Janeiro, afirmou na tarde desta quarta-feira (30) que o porteiro mentiu ao dizer que o ex-policial militar Élcio Queiroz, suspeito de envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco, disse na portaria do condomínio que iria à casa de Jair Bolsonaro, na época deputado federal.

Em entrevista a jornalistas, a promotora Simone Sibilio afirmou que a investigação teve acesso à planilha da portaria do condomínio e às gravações do interfone e que “restou comprovado” que o porteiro interfonou para a casa 65 e que a entrada de Élcio foi autorizada por Ronnie Lessa, com quem se encontrou. 

A promotora disse também que o porteiro pode ter anotado que Élcio foi para a casa de Bolsonaro por vários motivos e que eles serão apurados. “Todas as pessoas que prestam falso testemunho podem ser processadas”, disse a promotora Sibilio, segundo informações da Folha de S. Paulo. Ela disse que o depoimento dele não bate com a prova técnica, que comprovou que é a voz de Ronnie Lessa que autoriza a entrada de Élcio Queiroz às 17h07.

Leia Também:  Desenvolvimento Sustentável: Governo do Estado articula retorno da agroindústria de palmito da Bonal

Reportagem do Jornal Nacional desta terça-feira (29) teve como base depoimento de um porteiro do condomínio onde o presidente tem casa no Rio. Segundo essa reportagem, no dia do assassinato da vereadora Marielle Franco, o ex-policial militar Élcio Queiroz, suspeito de envolvimento na morte, disse na portaria do condomínio que iria à casa de Bolsonaro, na época deputado federal.

Nesta quarta-feira, o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, publicou vídeo, segundo ele gravado na administração do condomínio, no qual apresenta dados conflitantes com os apresentados na reportagem da Globo. 

Por volta das 17h de 14 de março de 2018, data do assassinato de Marielle, foi feita uma solicitação de entrada, por uma pessoa de nome Élcio, mas para a casa de Ronnie Lessa, e não para a de Bolsonaro. No vídeo, Carlos reproduz a ligação registrada às 17h13. O porteiro anuncia a chegada do “senhor Élcio”. A voz do outro lado, diferente da de Jair Bolsonaro, responde: “Tá, pode liberar aí”.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Rodrigues Alves e Funasa dão continuidade ao monitoramento das unidades do Programa SALTA-Z

Publicados

em

Nesta terça-feira, 30, o prefeito de Rodrigues Alves, Jailson Amorim, se reuniu com a equipe do Serviço de Saúde Ambiental (Sesam) da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), representada pelos servidores Francisco Valente e Shirlene Azevedo.

O objetivo da reunião foi discutir as ações e logísticas a serem desenvolvidas no decorrer de duas semanas para o monitoramento das 09 (nove) unidades de tratamento e distribuição de água potável através do Programa SALTA-Z, além da instalação de mais uma unidade cuja localização ficará a critério da administração municipal.

O SALTA-Z (Solução Alternativa Coletiva Simplificada de Tratamento de Água) é um programa do âmbito dos serviços de saúde ambiental mantido pelo Governo Federal cujo objetivo está voltado à produção, tratamento e distribuição de água potável a baixo custo para comunidades ribeirinhas e rurais que contam com a assistência da EMATER.

Também participaram da reunião o Vice – prefeito, pastor Nilson Magalhães, o Procurador Jurídico do município, Dr. Jonathan Donadoni, o secretário municipal de Administração, Salatiel

Magalhães, e a técnica em Agroecologia, Marnilda Souza, da secretaria municipal de Meio Ambiente.
Prefeitura de Rodrigues Alves

Leia Também:  Em Rio Branco, mais de 500 famílias são beneficiadas com a entrega de títulos definitivos de propriedade

Compromisso com o nosso povo

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Com o intuito de ajudar na manutenção do espaço do Educandário Santa Margarida, que atende crianças de zero a 12 anos de idade, o deputado Leo de Brito está destinando R$ 350 mil, por meio de emenda, à instituição. A emenda será viabilizada por meio de convênio com o Tribunal de Justiça. “O Educandário Santa Margarida é uma instituição que representa a única esperança para crianças que precisam de acolhimento”.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA