RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Marinete alerta sobre o problema do piso salarial: Com o orçamento aumentado em 30% Fernanda Hassem não pagou os precatórios da Educação

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Em 2020, vereadores aprovaram 30% do orçamente para pagar precatórios. Não pagou! Foi aprovados mais créditos adicionais e daqui a pouco vem o orçamento com inclusão orçamentária para 2022, para onde está indo tanto dinheiro?

Durante o uso da tribuna, a vereadora Marinete Mesquita fez uma breve explanação sobre a situação em que se encontra o orçamento anual que em 2020 tem um aumento significativo para que a prefeitura se preparasse e pagasse os precatórios da educação, mas não o fez.

De acordo com a vereadora, o processo com as requisições de pagamento da educação teve início em 2019, onde o município foi condenado a pagar para a classe R$ 3.723.000,00 (três milhões setecentos e vinte e três mil reais). Em 2020, os vereadores aprovaram 30% da lei de remanejamento que possibilitou ao município a quantia de R$ 20.000.000,00 (vinte milhões de reais) para que esta dívida fosse sanada em 2021, mas a prefeita Fernanda decidiu que não queria pagar e não pagou.

Vale ressaltar que no primeiro semestre de 2021 foram aprovados, mais créditos adicionais que até agora não se sabe aonde foram aplicados e para o ano seguinte devem ser incluído no orçamento de 2022 dos precatórios a listagem consolidada, o que significa que independente que qualquer dificuldade, a prefeitura terá que pagar os servidores da educação já que demonstrou que respeito não se teve e muito menos a humildade para negociar com a classe.

Leia Também:  Caso Marielle: inquérito da Polícia Civil contradiz MP-RJ sobre registros de entrada no condomínio de Bolsonaro

A vereadora Marinete ainda alerta para um outro problema que é o piso salarial, pois quem recorreu à justiça para receber, recebeu em defasagem e que agora receberão novamente com o valor atualizado.

“Os senhores já pararam para analisar sobre esses créditos adicionais? Como estará a prefeitura mais a frente? Inviável! É muito fácil vir com este discurso de que Eu amo eu cuido, estamos trabalhando. Estamos! Precisamos trabalhar, mas precisamos ser respeitosos e honestos sobretudo, verdadeiros, temos que ter cuidado com o que nós levamos, pois ainda tem uma dúzia, meia dúzia que lê e consegue entender, que é capaz de sentar com o jurídico e entender o que está se passando no município e acreditem, não é essa lua de mel que vocês estão pensando não!!”, concluiu a parlamentar.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O município de Bujari se Limita ao norte com o Amazonas, ao sul com o município de Rio Branco, a leste com o município de Porto Acre e a oeste com o município de Sena Madureira. Sua área é de 3.467,681 km², com uma densidade demográfica (hab/km²) de 3,00 , sendo que em 2010 possuía um IDHM de 0,589.

Leia Também:  Vereadora Lene Petecão fala sobre a falta de segurança nas unidades de saúde e faz duras críticas ao governador Gladson, não tem sensibilidade

O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Cruzeiro do Sul realiza ações de saúde e assistência social na BR-307

Publicados

em

Uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde e outra da Secretaria de Assistência Social realizaram juntas um dia de atendimento na comunidade Santa Bárbara na BR 307. O prefeito Zequinha Lima esteve presente nas ações.

A ação do Programa Saúde na Comunidade tem sido uma rotina desde o início da gestão. Toda sexta-feira uma comunidade da zona rural recebe a equipe de atendimento que inclui médicos, dentistas, enfermeiros e técnicos, realizando atendimentos médicos e odontológicos, agendamento de exames, dispensação de medicamentos, testes rápidos de hepatites, sífilis e HIV, vacinação de rotina e contra a COVID-19.

Já a equipe da Caravana da Alegria, da Secretaria de Assistência Social, tem buscado realizar o cadastramento para o programa Auxílio Brasil, além de promover palestras e interação lúdica com a comunidade para informar sobre os direitos do idoso, dos adolescentes e outros.

Francisco Liberman, subprefeito da Vila Santa Bárbara e 307, destacou a importância do atendimento, que é inédito para a população.
“É a primeira vez que está tendo atendimento. Tenho certeza que a comunidade está satisfeita, é muito difícil se deslocar nessa época com a chuva, por isso, a importância de o médico vir até a comunidade e, para nós, isso é algo inédito”, disse o subprefeito.

Leia Também:  Em viagem à Brasília, governador Gladson Cameli busca recursos e apoios para o estado do Acre

“Esse atendimento é inédito. Nunca tinha acontecido antes, ainda mais com a presença do prefeito, secretários e vereadores. Para nós é um exemplo de que a gestão se importa com nossa comunidade. É muito importante ter o prefeito nesse contato direto com a gente”, disse Eucélia Barbosa do Nascimento, funcionária de uma empresa de mineração de areia da região.

Eucélia destaca ainda a dificuldade que os moradores da região têm em se deslocar especialmente nos dias de chuva.
“Nesse tempo é muito difícil. Para quem não tem um transporte, ou muitas vezes quando tem é só uma moto para ir até o posto de saúde debaixo de chuva, é muito difícil”, concluiu.

Para o prefeito Zequinha Lima, o resultado das ações itinerantes motivam a gestão a continuar e, se possível, ampliar o programa.
“A gente olha e vê no semblante das pessoas a felicidade e a alegria de ver a equipe da prefeitura trabalhando. É um programa que está dando muito certo e que vamos continuar até o final do mandato. A gente vê que a comunidade participa, busca o atendimento e sai com o remédio. É a gestão chegando até quem mais precisa. Onde pudermos ampliar, nós vamos ampliar, porque sabemos que é mais fácil a equipe de saúde chegar até a comunidade do que a comunidade buscar o atendimento na cidade”, declarou o prefeito.

Leia Também:  Núcleo Socioambiental Permanente promove práticas sustentáveis e economia de gastos

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Muitas são as dúvidas, e eu esclareço algumas. Quem tem direito a receber o abono pago com a sobra do recurso do Fundeb, anunciado pelo Governo do Acre? Uma grande manifestação foi realizada durante todo dia pela manhã em frente à casa civil e a tarde na sede da PGE – Procuradoria Geral do Estado.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA