RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Governo troca plataforma de gerenciamento de empréstimos gerando benefícios aos servidores

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

O secretário de Planejamento e Gestão, coronel Ricardo Brandão, participou de uma reunião por videoconferência com a Comissão de Serviço Público da Assembleia Legislativa (Aleac), nesta quarta, 8. Ele foi sabatinado sobre a nova empresa que irá gerenciar os contratos de margem de empréstimos consignados dos servidores estaduais. O objetivo do encontro foi esclarecer sobre os motivos da troca de empresas.

Durante mais de duas horas os membros titulares da Comissão, deputados Edvaldo Magalhães (PC do B), Cadmiel Bomfim (PSDB), Fagner Calegário (PR) e Chico Viga debateram o tema com o gestor da Seplag. As dúvidas principais dos parlamentares foram em relação a possíveis prejuízos que a mudança poderia trazer para o funcionalismo. Ricardo Brandão mostrou que haverá, na verdade, diversos benefícios aos servidores.

“Os funcionários não terão nenhum prejuízo. A plataforma da empresa contratada por comodato, a Fênix Soft, tem um sistema confiável. Mas agora qualquer demanda dos servidores ou sindicatos que têm empréstimos consignados poderá ser resolvida aqui, pois haverá um escritório presencial em Rio Branco para resolver os problemas dos usuários Às vezes, o servidor não consegue o contato com as financiadoras para renegociar as suas dívidas. O escritório presencial, portanto, é uma vantagem. Nos preocupamos com a questão de confiabilidade operacional para fazer a mudança”, explicou o gestor.

Leia Também:  Após ficar cinco dias parado, falha em armazenamento faz Laboratório Charles Mérieux perder 200 exames de Coronavírus

Uma outra questão importante, segundo Brandão, para que o governo optasse pela troca da Zetra Soft pela Fênix Soft foi a disposição da nova empresa investir no aprimoramento dos funcionários. “A Fênix Soft fará um depósito de R$ 100 mil por mês para o governo, que será usado a favor dos servidores. Isso representa R$ 1,2 milhão por ano sem custo adicional ao servidor e nem onerar a relação com as instituições financeiras em relação aos juros das dívidas. O repasse será feito ao Fundo Estadual de Desenvolvimento de Recursos Humanos e investido na capacitação dos servidores. A decisão de destinação desses valores será avaliada pelo Conselho Deliberativo do Fundo que conduzirá os processos de maneira límpida e transparente”, salientou o secretário.

Será disponibilizado treinamento para quem irá operar os sistemas. Assim não haverá prejuízo ao erário público e nem aos servidores. A estrutura de capacitação disponibilizada proporcionará uma melhor prestação de serviços. A operação da transferência do banco de dados de uma empresa para outra será concluído até o final de julho. O gestor da Seplag destacou ainda que todo o processo de mudança foi absolutamente transparente acompanhado de assessoria tecnológica e jurídica.

Leia Também:  Ministério Público diz que porteiro mentiu sobre suspeito da morte de Marielle citar Bolsonaro

O deputado Cadmiel Bonfim, membro titular da Comissão que, inclusive, já trabalhou com empréstimos consignados, há alguns anos, avaliou a mudança como positiva.

“A mudança da empresa que faz as averbações de empréstimos da Zetra para a Fenix incluiu uma doação em benefício aos servidores para cursos de capacitação. A empresa anterior operava no Acre desde 2001 e nunca deu nenhuma vantagem ao Estado e funcionários. A Seplag propôs um prazo de cinco dias para a Zetra apresentar uma contraproposta e a sua resposta foi retirar o sistema do ar. Teve que haver uma ação na Justiça para a sua liberação. Certamente operando 19 anos, essa empresa ganhou muito dinheiro porque os bancos, as financeiras, os sindicatos, todos pagam para poderem utilizar o sistema, mas isso não era revertido em nada. Assim vejo essa mudança como positiva e quem vai ganhar é o servidor”, disse o deputado.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Cruzeiro do Sul realiza abertura Ramal do Tico, no Projeto de Assentamento Santa Luzia

Publicados

em

Uma antiga reivindicação dos moradores do Ramal do Tico, no Projeto de Assentamento (PA) Santa Luzia, foi atendida neste final de semana, pela equipe da secretaria municipal de obras, da prefeitura de Cruzeiro do Sul.

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, fez questão de comparecer pessoalmente à comunidade para prestigiar os moradores. Também esteve presente o secretário Elenildo Souza, da agricultura, além de vereadores e representantes sindicais.

Nessa primeira etapa foram abertos os primeiros 10 km do ramal, que vai garantir melhoria no tráfego mesmo durante o período chuvoso. A intenção da prefeitura é continuar a abertura nos próximos anos.

“Quero lhe parabenizar pelo cumprimento de sua palavra, pelo compromisso que foi verdadeiro, que honrou e fez o que prometeu”, disse a professora Leonarda da Silva Monteiro, do Anexo Ceará, da Escola Municipal Airton Sena. A escola atende crianças do primeiro ao quinto ano e é uma importante referência na comunidade.

“Sabemos que são apenas dez quilômetros, mas é um começo. É apenas um ano de mandato e já estamos vendo muita coisa acontecer”, disse o professor Antônio Silva.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Chagas, citou todos os ramais que já receberam alguma ação da prefeitura este ano.

Leia Também:  Governo do Estado entrega ônibus, mobiliário e kits pedagógicos para escolas de Assis Brasil

“Quero agradecer ao prefeito pelas ações principalmente em ramais, ações que alcançam os beneficiários do programa Luz para Todos: Ramal do Centrinho, Ramal do Escondido, Boca do Moa, Olivença, Praia Grande, Passo Fundo, Cinturão Verde, Igarapé da Onça, Badejos – de cima do meio e de baixo – Canela Fina, Ramal do Lorinho, Ramal do Cunha, todos estes tem ações dessa gestão da prefeitura”, disse.

“Tem que pôr o pé na lama. Eu acho importante estar presente nos locais, conhecendo de perto a situação da população”, disse o prefeito Zequinha Lima na ocasião.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereador diz que o prefeito Kiefer Cavalcante paga mais de 5 mil para dono de empresa que faz faculdade em Rio Branco – Vereador Ronaldo Reis de Feijó, gravou um vídeo onde fez graves denúncias contra a atual gestão do prefeito Kiefer Cavalcante a quem acusa de perseguição política e possível pagamentos irregulares em sua gestão. De acordo com o vereador, o prefeito demitiu a sua esposa só aconteceu depois que trouxe a tona um pagamento supostas irregularidades o que confirma a perseguição política que vem sofrendo por parte do gestor.

Leia Também:  Governador Gladson reúne equipe de governo para debater planejamento estratégico 2021-2022

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA