RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Governo do Estado inicia instalação de equipamentos no hospital de campanha de Cruzeiro do Sul

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Assessoria – O maior hospital de campanha do Acre, na região do Vale do Juruá, começa a receber os primeiros equipamentos para a montagem de 90 novos leitos que serão exclusivos para pacientes com Covid-19. É mais um passo importante na luta contra a pandemia do coronavírus e uma clara demonstração de que a principal prioridade da gestão Gladson Cameli é salvaguardar vidas.

Devidamente higienizados, os materiais hospitalares estão sendo distribuídos em todas as alas da unidade. Profissionais dedicados correm contra o tempo para que tudo fique organizado e pronto até o dia da inauguração.

“Estamos nos ajustes finais do hospital de campanha. Já iniciamos a montagem dos leitos, a dispensação em cada enfermaria, de acordo com sua capacidade, e também aguardamos a chegada de todos os equipamentos para que no dia da inauguração esteja tudo concluído’’, explicou a coordenadora da secretaria de Estado de Saúde no Juruá, Muana Araújo.

Dividida em dois pavimentos, a estrutura edificada em Cruzeiro do Sul está inserida no plano de contingência do Governo do Estado do Acre no enfrentamento à doença. Prevista para ser inaugurada nos próximos dias, a unidade de 1,4 mil metros quadrados contará com 10 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI), 20 leitos semi-intensivos e 60 leitos de enfermaria.

Leia Também:  Prefeitura de Rio Branco leva programação da Semana do Bebê ao Belo Jardim

O hospital de campanha foi concluído em pouco mais de mês em um pavilhão que estava abandonado há 30 anos. Com recursos específicos do Ministério da Saúde para combate ao coronavírus, o investimento na moderna unidade foi de R$ 4,1 milhões. Sua estrutura permanente será integrada ao Hospital do Juruá após à pandemia e ampliará a oferta de leitos na segunda região mais populosa do Acre.

“A construção dessa estrutura fixa deixa muito claro o compromisso do governador Gladson Cameli com a região do Juruá, levando em consideração que a maioria dos hospitais de campanha em outros estados é provisória. Essa obra vai dobrar a capacidade quer tínhamos antes no Hospital do Juruá e garantir melhor suporte e atendimento de qualidade para mais de 240 mil pessoas que vivem nessa região”, argumentou.

Unidade passa por inspeções e testes de segurança

Os hospitais de campanha construídos pelo governo acreano são um verdadeiro legado para a saúde pública. E sua construção também deverá se tornar memorável como grande desafio na área da engenharia civil, devido à complexidade da obra e curto prazo de execução.

Leia Também:  Professora demitida pelo Governador Gladson Cameli representará o Acre na fase regional das Olimpíadas de Língua Portuguesa

Para evitar imprevistos, a Secretaria de Infraestrutra (Seinfra) intensificou a realização dos últimos ajustes antes da inauguração do hospital. Minuciosas inspeções estão sendo feitas nos equipamentos e redes elétrica e hidráulica do prédio.

“Ao longo da semana, a equipe da Seinfra está realizando vários testes de funcionalidade. Estamos verificando se todas as lâmpadas, condicionadores de ar e torneiras estão realmente funcionando. Além disso, vamos simular panes para constatar se o gerador de energia está sendo acionado da maneira correta. Este período de testes é fundamental para que possamos corrigir as falhas e garantir que tudo esteja pronto até a chegada do primeiro paciente”, afirmou o titular da pasta, Ítalo César de Medeiros.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Vereadores de Epitaciolândia aprovam projeto para que seletivo da Saúde e Educação sejam através de provas

Publicados

em

A Câmara municipal de Epitaciolândia realizou na manhã desta terça-feira 18, a primeira sessão extraordinária de 2022 para apreciação e votação dos projetos de leis do executivo municipal que pede autorização da Câmara Municipal para realizar processo seletivo para saúde e para Educação.

No pedido encaminhado aos vereadores, a prefeitura de Epitaciolândia solicitava que o processo seletivo para as duas maiores pastas da gestão municipal fossem através de análise curricular com o argumento de que agilizaria as contratações.

Contudo, o vereador Messias Lopes (PT), elaborou emenda modificativa para que os referidos processos fossem através de provas escritas, como forma de nivelar a participação de todos os concorrentes.

Ao que se comenta nos bastidores, os processos seletivos a base de analise curricular tendem a beneficiar apadrinhados políticos e deixa quase que sempre uma gama de profissionais recém formados disputando apenas para “cumprir tabela”, pois já se imagina pelos candidatos postulantes, quem é quem da disputas pelas vagas.

Após uma breve conversa com vereadores da base do Prefeito Sérgio Lopes, o vereador Marco Ribeiro, líder do prefeito argumentou que tanto ele, quanto  Lucimar Monteiro (Preta), Seliene Lima e Nego, iriam votar na íntegra, conforme o encaminhado pela prefeitura que era através de analise curricular.

Leia Também:  Professora demitida pelo Governador Gladson Cameli representará o Acre na fase regional das Olimpíadas de Língua Portuguesa

Os demais vereadores Messias Lopes, Pantico da Água, Rubens Rodrigues, José Maria e o presidente Diojino Guimarães votaram para que os dois seletivos aconteçam através de PROVAS ESCRITAS. Proposta aprovada por maioria dos parlamentares mirins.

A proposta vencedora, também foi bastante aclamada nas redes sociais, onde muitos internautas compartilham do mesmo pensamentos dos cinco vereadores, que concurso, mesmo que seja simplificado tem que acontecer de forma que não beneficie ninguém, muito menos apadrinhados de políticos.

Acompanhe abaixo a entrevista do vereador presidente Diojino Guimarães, sobre essa primeira Sessão Extraordinária do segundo ano da oitava legislatura.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA