TUDO SOBRE POLÍTICA II

Governo discute retorno das atividades escolares com representante de instituições particulares

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Rede pública e  rede particular de ensino precisam garantir o alinhamento de medidas efetivas capazes retornar as aulas com segurança Foto: Neto Lucena

Procurado pelo Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Acre, o governador em exercício, Major Rocha, reuniu-se na tarde terça-feira, 14, com a presidente da entidade, Elizabeth Costa, para uma conversa de alinhamento sobre a retomada das atividades em escolas particulares. 

Rocha iniciou o diálogo ressaltando a importância discutir sobre o assunto, tendo em vista o comportamento da doença que mais cedo ou mais tarde, permitirá a retomada gradual das atividades. Para isso, a rede pública e a rede particular de ensino precisam garantir o alinhamento de medidas efetivas capazes de assegurar a volta às aulas com segurança.

“Agradecemos a procura do sindicato, pois trata-se de um debate necessário, que precisamos de um alinhamento e para isso devemos, sim, inserir a situação do ensino particular pra que juntos possamos buscar uma saída efetiva, com responsabilidade e sem a preocupação de lá na frente lamentar consequências e sofrer com novas suspensões”, disse o governador em exercício.

Leia Também:  Deputada Perpétua Almeida, denuncia descaso do Ministério da Saúde em relação a epidemia de Dengue no Acre

Na oportunidade, a sindicalista Elizabeth Costa relatou os problemas financeiros que vem afetando as instituições privadas de ensino devido à necessidade de paralisação e apresentou o planejamento estratégico elaborado pelas instituições, como proposta para a retomada das atividades.

“Nós trouxemos aqui o nosso planejamento estratégico que pretendemos implantar para poder retomar as atividades em escolas particulares com segurança. Apresentamos a proposta ao governador em exercício e firmamos uma parceria para participarmos das próximas reuniões com demais instituições envolvidas e chegarmos num ponto comum”, disse a presidente do sindicato.

A diretora de ensino da SEE, Denise dos Santos, informou que a rede pública de ensino está fazendo um levantamento junto aos gestores das escolas, na busca de um senso comum sobre o assunto. O secretário de Planejamento, Ricardo Brandão, sugeriu que o mesmo procedimento fosse feito na rede particular.

“Nossa proposta é ter esse alinhamento e realizar uma pesquisa conjunta para que na semana que vem, possamos ter uma percepção de como a Secretaria vai tratar o assunto e nesse mesmo formato queremos tratar a rede de ensino particular. A partir daí, vamos submeter o plano a uma avaliação do Conselho Estadual de Educação e, se possível, retomar as atividades de maneira gradual, a partir da redução dos números e índices de contaminação”, explicou Ricardo Brandão.

Leia Também:  Primeira-dama do Estado visita Secretaria de Educação para tratar de projetos voltados para escolas e aldeias

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeito Sérgio Lopes assina contrato de repasse com a Caixa Econômica Federal Projeto da nova ponte

Publicados

em

Assessoria – Um dos maiores problemas de infraestrutura do Alto Acre começou a ser resolvido com a destinação de recursos para construção da nova ponte que liga Epitaciolândia e Brasiléia. O prefeito Sérgio Lopes, conhecendo a necessidade de uma ponte de via dupla entre as cidades, buscou recursos junto aos parlamentares para executar a obra. Em Brasília, junto ao Gabinete da Deputada Federal Mara Rocha, conseguiu apoio para essa ousada empreitada, tendo a Parlamentar alocado 17,5 milhões para a obra.

No entanto, uma obra desse porte passa por um procedimento rigoroso de aprovação do projeto, para que não haja riscos na sua construção. Outros projetos apresentados já haviam sido reprovados em anos anteriores, mas, graças ao trabalho conjunto da Prefeitura de Epitaciolândia e do DNIT, o projeto atual foi aprovado inicialmente pela Marinha do Brasil, quanto à infraestrutura, e agora, pela Caixa Econômica Federal, que analisou a regularidade do processo.

A nova ponte, que é um sonho prestes a ser realizado, será liberada para passar pelo processo de licitação, sendo o próximo passo a ser dado pela Prefeitura de Epitaciolândia, que submeterá a licitação feita a aprovação da Caixa Econômica Federal novamente, uma vez que este é o órgão fiscalizador de todo o processo de construção da ponte e dos recursos nela aplicados, a qual a Prefeitura de Epitaciolândia prestará contas de tudo que for realizado.

Leia Também:  Prefeitura de Plácido de Castro, através da Secretaria de Obras, recupera a rua João Sabino escavada pelo Depasa

O prefeito Sérgio Lopes, ao assinar o contrato, falou do impacto que a obra terá na região:

“Cerca de quatro mil pessoas passam diariamente pela ponte que existe hoje entre os municípios. Há dias em que o engarrafamento gera uma demora de até vinte minutos para que um veículo possa passar de um município ao outro, isso pode custar a vida de alguém, uma vez que ambulâncias do SAMU e dos Bombeiros atendem os dois municípios. Então, essa obra tem uma importância imensurável, é a realização de um sonho da população, que irá solucionar diversos problemas de trafegabilidade. É um desafio imenso, mas posso garantir que estamos prontos para executá-la.” Frisou Sérgio Lopes.

Hoje, foi feita a assinatura do contrato de repasse no valor de 17.593.358,00 (Dezessete milhões, quinhentos e noventa e três mil e trezentos e cinquenta e oito reais), com uma contrapartida da Prefeitura Epitaciolândia no valor de 18.000,00 (Dezoito mil reais). O processo está aguardando a licença ambienta que será emitida pelo IMAC, para, logo em seguida, poder iniciar o processo licitatório para contratação da empresa que realizará a edificação da obra.

Leia Também:  Deputada Perpétua Almeida, denuncia descaso do Ministério da Saúde em relação a epidemia de Dengue no Acre

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA