RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Governo anuncia fim das filas de TFD e internautas não perdoam, a matéria recebe enxurradas de questionamentos de pacientes desmentindo a informação

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

O TFD – Tratamento Fora de Domicílio é um dos maiores gargalos na saúde pública, por ser complexo e exigir recursos para deslocamentos do paciente até seu destino, torna este serviço um dos mais questionados pela população acreana.

O governo por meio da agência de Notícias do Acre, anunciou que a SESACRE – Secretaria de Estado de Saúde, teria zerado as filas de atendimentos Fora de Domicílio. A matéria tão logo foi compartilhada por secretários, assessores e militância do governo Gladson, que comemoravam tal feito.

Em sua página de Facebook, a Porta Voz do Governo do estado Mirla Miranda, postou o link da notícia e logo foi rebatida por dezenas de pessoas. Alguns eram parentes de pessoas à espera de passagens, outros de cirurgias o que prova a infelicidade de quem teve a ideia de fazer essa afirmação.

Alguns pacientes reclamam da demora nas passagens, outros falam que estão há anos aguardando a cirurgia e até são respondidos pela Porta Voz que, de imediato pede mais informações sobre cada caso e se mostra disposta para ajudar aos mesmos.

Leia Também:  Prefeitura de Natal aprova ivermectina contra coronavírus: “Vamos para cima; estamos só apanhando”, diz o prefeito

Em grupos de WhatsApp a matéria rendeu muito debate e também foi questionada por dezenas de pessoas, que chagam a questionar afirmando ser FakeNews a referida informação dada pela Agência de Notícias do Governo.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Cruzeiro do Sul já está vacinando crianças, abaixo de 12 anos, contra covid-19

Publicados

em

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deu início nesta segunda-feira,17, a vacinação contra a covid-19, de crianças abaixo de doze anos.

Nesta primeira etapa a secretaria recebeu, no último sábado, 740 doses do imunizante e adotou a estratégia de começar a vacinação em escolas que estão com atividades presenciais. As escolas são: Escola São José, Hugo Carneiro, Presbiteriana e Antônio de Barros Freire. O público destinado nesta ação é o de crianças entre 10 e 11 anos, que devem comparecer acompanhadas de um responsável, levando sua carteira de vacinação. Esta etapa alcança uma parte deste público, e a vacinação terá continuidade conforme a chegada de novas doses, que serão enviadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

“Esta estratégia adotada visa direcionar as vacinas para este público de maneira mais ordenada, uma vez que ainda não dispomos das doses para todos, e assim temos maior controle sobre a vacinação. Mas já avisamos que, tão logo recebamos novas doses, faremos novas etapas de vacinação para abranger todo este público. A vacina sempre foi uma prioridade da gestão e iremos elaborar as estratégias de acordo com o total enviado a cada remessa”, explicou a secretária municipal de saúde Valéria Lima.

Leia Também:  Segunda-dama da Pensilvânia diz que sofre constante racismo e xenofobia nos EUA: "sempre foi assim"

“Eu estava muito ansioso e nervoso também, pela vacina, mas nem doeu tanto”, disse Herbert Enes Martins, de 11 anos.

O ato de vacinação contou com a presença de muitos pais que estavam ansiosos para imunizarem seus filhos.
“Havia uma expectativa muito grande dessas crianças e dos pais, para que eles também tivessem a oportunidade de serem imunizados. Esse momento chegou. A quantidade de vacinas que recebemos não foi grande, mas a gente acredita que vamos receber essa quantidade toda semana e, de acordo com as doses que forem chegando, nós também vamos avançando para o público de nove, de oito e assim por diante”, explicou o prefeito Zequinha Lima.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA