RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Deputado Leo de Brito quer explicações do Ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre empresas em paraísos fiscais

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

O deputado federal Leo de Brito (PT) quer explicações do ministro da Economia, Paulo Guedes acerca da manutenção de empresas offshores, citadas no escândalo Pandora Papers, divulgado na última semana na imprensa. Para isso, o parlamentar acreano apresentou requerimento à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC), da Câmara dos Deputados.

“Paulo Guedes vai ter que nos explicar isso. Pelo que foi divulgado, ele mantém empresas offshores em paraísos fiscais mesmo após ter entrado para o governo Jair Bolsonaro, segundo a série de reportagens Pandora Papers. De acordo com a reportagem, Guedes não respondeu se fez investimentos após assumir o cargo, algo que desrespeitaria normas do serviço público e da Lei de Conflito de Interesses. Sua empresa segue em funcionamento”, afirma o parlamentar.

Leo de Brito completa: “Enquanto Paulo Guedes ganha milhões com o aumento do dólar, a população brasileira sofre com a fome, aumento da inflação e o desemprego. Isso é um desrespeito com o povo que está sofrendo”.

Além de Guedes, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto também está na lista das autoridades cujo nome aparece na lista de documentos vazados que têm empresas offshores, ou seja, empresas localizadas em regiões insulares e costeiras, localizadas em outros países.

Leia Também:  Olha a rasteira! Vice-prefeito Carlinhos do Pelado e leal escudeiro de Fernanda Hassem quer tomar a presidência do PSB do Prof. Jacks Aroldo

“Paulo Guedes e Campos Neto fazem parte do Conselho Monetário Nacional [CMN], órgão responsável por emitir resoluções sobre temas relacionados a ativos mantidos no exterior. Além disso, os dois têm acesso a informações sensíveis relacionadas a flutuações nas taxas de câmbio e variação nas taxas de juros”, pontua.

As revelações divulgadas até o momento restringem-se a contas operadas nas Ilhas Virgens Britânicas, situadas no Caribe, território conhecido como peça chave no sistema offshore.

Entenda o caso

A série Pandora Papers, está sendo considerada a maior investigação da história do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos. Por meio desse consórcio, jornalistas encontraram offshores ligadas a 133 bilionários, de mais de 40 países, listados no ranking da revista Forbes, segundo informa o portal Poder360.

Ainda de acordo com a reportagem do Poder360, o Brasil é o 2º país em número de pessoas do ranking ligadas a empresas em paraísos fiscais nesta investigação.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O líder do Movimento Social Pró Ponte, Ralf Luiz, frisou que a obra da ponte de Rodrigues Alves é salutar mas, que o governador Gladson Cameli precisa fazer o ‘dever de casa’ primeiro. “Essa Interligação é importante mas, o debate precisa ser mais bem amadurecida pelos dois países. O governador não fez nem o dever de casa. Rodrigues Alves por exemplo, está precisando de uma ponte há anos. A nossa BR-364 até hoje não foi concluída. Portanto, discutir sobre a Interligação de Cruzeiro do Sul com Pucallpa é uma discrepância sem fim”, Concluiu.

Leia Também:  Metas do Programa de Ajuste Fiscal são apresentadas ao governador Gladson Cameli

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Cruzeiro do Sul realiza ações de saúde e assistência social na BR-307

Publicados

em

Uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde e outra da Secretaria de Assistência Social realizaram juntas um dia de atendimento na comunidade Santa Bárbara na BR 307. O prefeito Zequinha Lima esteve presente nas ações.

A ação do Programa Saúde na Comunidade tem sido uma rotina desde o início da gestão. Toda sexta-feira uma comunidade da zona rural recebe a equipe de atendimento que inclui médicos, dentistas, enfermeiros e técnicos, realizando atendimentos médicos e odontológicos, agendamento de exames, dispensação de medicamentos, testes rápidos de hepatites, sífilis e HIV, vacinação de rotina e contra a COVID-19.

Já a equipe da Caravana da Alegria, da Secretaria de Assistência Social, tem buscado realizar o cadastramento para o programa Auxílio Brasil, além de promover palestras e interação lúdica com a comunidade para informar sobre os direitos do idoso, dos adolescentes e outros.

Francisco Liberman, subprefeito da Vila Santa Bárbara e 307, destacou a importância do atendimento, que é inédito para a população.
“É a primeira vez que está tendo atendimento. Tenho certeza que a comunidade está satisfeita, é muito difícil se deslocar nessa época com a chuva, por isso, a importância de o médico vir até a comunidade e, para nós, isso é algo inédito”, disse o subprefeito.

Leia Também:  Veja o Vídeo: Vereador Jurandir Queiroz considera extremamente imoral as atitudes abusivas do governo Gladson incluindo a denúncia das diárias

“Esse atendimento é inédito. Nunca tinha acontecido antes, ainda mais com a presença do prefeito, secretários e vereadores. Para nós é um exemplo de que a gestão se importa com nossa comunidade. É muito importante ter o prefeito nesse contato direto com a gente”, disse Eucélia Barbosa do Nascimento, funcionária de uma empresa de mineração de areia da região.

Eucélia destaca ainda a dificuldade que os moradores da região têm em se deslocar especialmente nos dias de chuva.
“Nesse tempo é muito difícil. Para quem não tem um transporte, ou muitas vezes quando tem é só uma moto para ir até o posto de saúde debaixo de chuva, é muito difícil”, concluiu.

Para o prefeito Zequinha Lima, o resultado das ações itinerantes motivam a gestão a continuar e, se possível, ampliar o programa.
“A gente olha e vê no semblante das pessoas a felicidade e a alegria de ver a equipe da prefeitura trabalhando. É um programa que está dando muito certo e que vamos continuar até o final do mandato. A gente vê que a comunidade participa, busca o atendimento e sai com o remédio. É a gestão chegando até quem mais precisa. Onde pudermos ampliar, nós vamos ampliar, porque sabemos que é mais fácil a equipe de saúde chegar até a comunidade do que a comunidade buscar o atendimento na cidade”, declarou o prefeito.

Leia Também:  General perder o foro: Posse de Queiroga pode ser adiada porque Bolsonaro não sabe o que fazer com Pazuello

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Muitas são as dúvidas, e eu esclareço algumas. Quem tem direito a receber o abono pago com a sobra do recurso do Fundeb, anunciado pelo Governo do Acre? Uma grande manifestação foi realizada durante todo dia pela manhã em frente à casa civil e a tarde na sede da PGE – Procuradoria Geral do Estado.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA