RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Bolsonaro: Amigo de miliciano, linguajar de miliciano, comportamento de miliciano

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Istoe – O aloprado travestido de presidente da República escreveu mais uma página (em papel higiênico sujo) de sua funesta passagem pela presidência. Este sujeito não conhece os limites do decoro e da infâmia.

Enquanto o País assiste atônito a mais de 900 mortes por Covid-19, em apenas 24hs, o arruaceiro do Planalto resolveu inaugurar um relógio na Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns de São Paulo). Na absoluta incapacidade de fazer o que deve ser feito, o jeito é passar o tempo animando a tigrada.

Como sempre, promoveu aglomeração, incentivou o não-uso de máscaras, discursou contra as vacinas e, num linguajar típico de miliciano bêbado em botequim de morro dominado pelo tráfico, atacou o governador João Doria. Ah! Colocou em risco uma criança ao pedir para que retirasse a máscara. Depois reclama quando lhe chamam de genocida.

Jair Bolsonaro disse que “está no finalzinho” a “gripezinha”. Já havia dito o mesmo em abril passado. Disse que não tomará qualquer vacina. Disse que será obrigatória a assinatura de um termo de responsabilidade. Disse que está “desratizando” o Brasil. Sério? Com quem? Com o Queiroz ou com o Centrão?

Leia Também:  “Ao invés de destilar machismo e fazer politicagem, Governador Gladson Cameli deveria combater a pandemia”, diz Vereador

O vendedor de cloroquina às emas do Alvorada chamou Doria de “calça apertadinha”; Doria é simplesmente o governador do estado mais rico do País. O pai do senador das rachadinhas ainda não reconheceu Joe Biden como presidente eleito dos EUA; além dele, apenas o ditador norte coreano. O maridão da “Micheque” continua sua sanha suicida contra a China; o nosso maior parceiro comercial.

Se há algo inadequado e contraproducente, lá estará Bolsonaro a praticar. E lá estarão seus cabeças de jiló a aplaudir. Resta saber se o Brasil aguentará – e se aguentar, por mais quanto tempo – este lunático no comando da nação, enquanto afundamos em uma crise econômica e sanitária sem precedentes.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Cruzeiro do Sul realiza ações de saúde e assistência social na BR-307

Publicados

em

Uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde e outra da Secretaria de Assistência Social realizaram juntas um dia de atendimento na comunidade Santa Bárbara na BR 307. O prefeito Zequinha Lima esteve presente nas ações.

A ação do Programa Saúde na Comunidade tem sido uma rotina desde o início da gestão. Toda sexta-feira uma comunidade da zona rural recebe a equipe de atendimento que inclui médicos, dentistas, enfermeiros e técnicos, realizando atendimentos médicos e odontológicos, agendamento de exames, dispensação de medicamentos, testes rápidos de hepatites, sífilis e HIV, vacinação de rotina e contra a COVID-19.

Já a equipe da Caravana da Alegria, da Secretaria de Assistência Social, tem buscado realizar o cadastramento para o programa Auxílio Brasil, além de promover palestras e interação lúdica com a comunidade para informar sobre os direitos do idoso, dos adolescentes e outros.

Francisco Liberman, subprefeito da Vila Santa Bárbara e 307, destacou a importância do atendimento, que é inédito para a população.
“É a primeira vez que está tendo atendimento. Tenho certeza que a comunidade está satisfeita, é muito difícil se deslocar nessa época com a chuva, por isso, a importância de o médico vir até a comunidade e, para nós, isso é algo inédito”, disse o subprefeito.

Leia Também:  Em meio a pandemia deputados aprovam aumento de fundo eleitoral de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões

“Esse atendimento é inédito. Nunca tinha acontecido antes, ainda mais com a presença do prefeito, secretários e vereadores. Para nós é um exemplo de que a gestão se importa com nossa comunidade. É muito importante ter o prefeito nesse contato direto com a gente”, disse Eucélia Barbosa do Nascimento, funcionária de uma empresa de mineração de areia da região.

Eucélia destaca ainda a dificuldade que os moradores da região têm em se deslocar especialmente nos dias de chuva.
“Nesse tempo é muito difícil. Para quem não tem um transporte, ou muitas vezes quando tem é só uma moto para ir até o posto de saúde debaixo de chuva, é muito difícil”, concluiu.

Para o prefeito Zequinha Lima, o resultado das ações itinerantes motivam a gestão a continuar e, se possível, ampliar o programa.
“A gente olha e vê no semblante das pessoas a felicidade e a alegria de ver a equipe da prefeitura trabalhando. É um programa que está dando muito certo e que vamos continuar até o final do mandato. A gente vê que a comunidade participa, busca o atendimento e sai com o remédio. É a gestão chegando até quem mais precisa. Onde pudermos ampliar, nós vamos ampliar, porque sabemos que é mais fácil a equipe de saúde chegar até a comunidade do que a comunidade buscar o atendimento na cidade”, declarou o prefeito.

Leia Também:  Enquanto Bolsonaro e seus comparsas aprovaram PEC da Chantagem, o povo morre à míngua nos hospitais por falta de UTIs

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Muitas são as dúvidas, e eu esclareço algumas. Quem tem direito a receber o abono pago com a sobra do recurso do Fundeb, anunciado pelo Governo do Acre? Uma grande manifestação foi realizada durante todo dia pela manhã em frente à casa civil e a tarde na sede da PGE – Procuradoria Geral do Estado.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA