Saúde

Unidade de Nefrologia da Fundhacre realiza visita domiciliar multiprofissional aos pacientes

Publicados

Saúde

Assessoria – A Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), por meio do serviço de Nefrologia, realizou na quarta-feira, 20, uma visita multidisciplinar aos pacientes da unidade. A programação de visita domiciliar é uma das ferramentas utilizadas pela equipe para conhecer de perto a realidade destes pacientes, possibilitando um contato direto com a vida deles.

“Esse trabalho nos permite conhecer de modo mais apurado suas dificuldades, angústias, suas relações intrafamiliares, como se estabelece a convivência comunitária, seu modo de vida em casa e sua rotina”, destaca a psicóloga da Nefrologia, Joana D’Arc Araújo Silva.

Atualmente, o serviço de nefrologia possui aproximadamente 66 pacientes em tratamento de hemodiálise. Estes pacientes são acompanhados por uma equipe multidisciplinar, composta por médicos nefrologistas, enfermeiros, técnico de enfermagem, assistentes sociais, psicólogos, entre outros.

“O serviço de nefrologia conta com suporte que permite realização de demandas externas da unidade, o que possibilitou à equipe inserir no cronograma de atividades essas visitas domiciliares aos pacientes cadastrados no programa de hemodiálise. Isso tudo é mais uma conquista e avanço dessa gestão, onde quem ganha é a nossa população”, destaca a chefe da Nefrologia da Fundhacre, Lorena Seguel.

Leia Também:  Paciente com câncer consegue na Justiça cirurgia de reconst. mamária

Estiveram nas visitas domiciliares a psicóloga Joana D’Arc Araújo Silva, a assistente Social Charlaine Souza de Castro Lira e a enfermeira Christiane Vasconcelos Lopes.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Hospital Regional do Alto Acre, em Brasileia receberá R$ 884,7 mil para melhorias na Rede de Atenção Materna e Infantil

Publicados

em

O Hospital Regional do Alto Acre, que atende os município de Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri vai receber a quantia de R$ 884.700,00 (oitocentos e oitenta e quatro mil e setecentos reais), esses recursos são para melhorias na Rede de Atenção Materna e Infantil (Rede Cegonha).

No total, foram destinados para o estado do Acre mais de R$ 13 milhões para melhorais nos serviços de saúde oferecidos pela Rede de Atenção Materna e Infantil nas mais diversas Unidades Hospitalares, onde 12 hospitais serão contemplados com este recurso federal.

A Comissão Intergestores Bipartite (CIB-AC) divulgou a liberação do recurso no Diário Oficial do Estado (DOE) dessa sexta-feira (5). Conforme a publicação, o recurso corresponde a portaria do Ministério da Saúde de 2012 para as ações de promoção, proteção e recuperação à saúde nas Unidades Assistenciais do estado que compõem a Rede Cegonha, os valores variam de cada Unidade.

Veja baixo os Hospitais que irão receber:

Hospital Abel Pinheiro (Mâncio Lima) – R$ 306,7 mil;

Hospital João Câncio Fernandes (Sena Madureira) – R$ 933,9 mil;

Leia Também:  Câmara municipal de Brasileia realiza última sessão ordinária do primeiro semestre de 2022

Hospital Epaminondas Jácome (Xapuri) – R$ 471,8 mil;

Hospital Ary Rodrigues (Senador Guiomard) R$ 117,9 mil;

Hospital Geral de Feijó – R$ 365,7 mil;

Hospital Raimundo Chaar (Brasileia) – R$ 884,7 mil;

Maternidade Ethel Muriel Gueddes (Tarauacá) – R$ 684,2 mil;

Hospital da Mulher e da Criança do Juruá (Cruzeiro do Sul) R$ 4,4 milhões;

Hospital Manoel Marinho Monte (Plácido de Castro) – R$ 171,3 mil;

Huerb (Rio Branco) – R$ 601,6 mil;

Fundhacre (Rio Branco) – R$ 522 mil;

Maternidade Bárbara Heliodora (Rio Branco) – R$ 3,7 milhões.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA