RIO BRANCO

Saúde

Tabagismo é principal causa de mortes evitáveis

O cigarro causa a mutação das células e pode produzir câncer, doenças pulmonares, cardiorrespiratórias e cardiovasculares

Publicados

Saúde

O cigarro causa a mutação das células e pode produzir câncer, doenças pulmonares, cardiorrespiratórias e cardiovasculares

Por Naliny Arantes

O cigarro causa a mutação das células e pode produzir câncer, doenças pulmonares, cardiorrespiratórias e cardiovasculares (Foto: internet)

O cigarro causa a mutação das células e pode produzir câncer, doenças pulmonares, cardiorrespiratórias e cardiovasculares (Foto: internet)

A Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2012) revela que a população de Rio Branco é composta por 15% de fumantes. O tabagismo é um importante fator de risco para o desenvolvimento de diversas doenças, como câncer, enfermidades pulmonares e cardiovasculares, de modo que o uso do tabaco continua sendo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a principal causa de morte evitável em todo o mundo.

Com base nesses dados, o governo federal oferece, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), tratamento gratuito para as pessoas que queiram parar de fumar. O programa está presente em todos os estados brasileiros. No Acre, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), em parceria com as secretarias municipais, está trabalhando e capacitando profissionais para implantar o serviço em todos os municípios. Por enquanto, o tratamento está sendo ofertado em Rio Branco, Brasileia e Cruzeiro do Sul.

Leia Também:  Mais um mutirão de limpeza de lentes intraocular é realizado no HC

Nas cidades onde existe o tratamento, há, nos centros de saúde, profissionais especializados em ajudar o paciente que deseja largar o vício. As equipes são compostas de médicos, enfermeiros e psicólogos que promovem reuniões de grupo com os fumantes para ajudá-los a deixar de fumar.

O cigarro tem mais de 4,7 mil substâncias tóxicas e é um fator de risco para o desenvolvimento de doenças pulmonares, cardiovasculares e cancerígenas. O médico Cléber Aguiar afirma que os fumantes têm mais monóxido de carbono saturado na corrente sanguínea e menos quantidade de oxigênio. Ocorre que a nicotina endurece as artérias e a fumaça quente ingerida queima os pulmões, causando problemas.

O médico explica, ainda, que, com o enrijecimento das artérias dos fumantes, o sangue e o oxigênio circulam com dificuldade, causando a hipertensão. Então, a pessoa inspira o ar, mas não consegue expirar, devido aos elementos tóxicos do cigarro, causando enfisema pulmonar.

De acordo com Aguiar, o hábito de fumar altera, ainda, o paladar. O cigarro vai diminuindo a sensibilidade das papilas gustativas, responsáveis pelo gosto dos alimentos por causa da fumaça quente do cigarro. “O indivíduo perde a sensibilidade na língua e coloca mais quantidade de sal e condimento nos alimentos. O que acarreta também no aumento da pressão arterial”, relata.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Saúde

Criança testa positivo para Covid-19 ao dar entrada em abrigo de Rio Branco e está em isolamento

Publicados

em

Criança testa positivo para Covid-19 ao dar entrada em abrigo de Rio Branco e está em isolamento – Foto: Quelyson Souza/Arquivo pessoal

Um menino de 10 anos testou positivo para Covid-19 ao dar entrada no Educandário Santa Margarida, que acolhe vítimas de abandono, maus-tratos, prostituição infantil e todos os tipos de violência, em Rio Branco.

Conforme o coordenador-geral do abrigo, Eduardo Vieira, a criança deu entrada na unidade na última sexta-feira (22) e, seguindo protocolo adotado desde o início da pandemia, passou por teste de Covid-19, que confirmou a infecção.

Vieira disse que toda criança que chega no abrigo é colocada em quarentena e passa pela testagem. Após testar positivo, o menino foi deixado em isolamento nessa sala.

“Assim que ele deu entrada, já fez o teste na sala de quarentena e ficou lá, não teve contato com as outras crianças. Desde o início da pandemia adotamos esse protocolo e esta foi a primeira vez que uma criança testou positivo. Ele está sendo acompanhado pela equipe e está bem, apenas com sintomas leves da doença”, disse o coordenador.

Leia Também:  Com estoque baixo, hemonúcleo de Cruzeiro do Sul faz campanha para doação de sangue

Com uma capacidade para atender 32 crianças e adolescentes, atualmente o abrigo possui 39 menores. Em julho deste ano, a unidade chegou a abrigar mais de 50 crianças.

O abrigo é mantido, em sua maior parte, por aporte da prefeitura e do governo, mas são recursos exclusivos para o pagamento de mão de obra. Com outras fontes como aluguel da escola, eles garantem a manutenção do local, mas são as doações da população que ajudam nos cuidados às crianças.  Veja mais no G1 Acre

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Erro médico deixa mulher com rosto paralisado para o resto de sua vida

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA