Saúde

Programa Saúde na Comunidade atende Passo Fundo em Cruzeiro do Sul

Publicados

Saúde

A prefeitura de Cruzeiro do Sul, por meio da secretaria municipal de saúde atendeu à comunidade Passo Fundo com o Programa Saúde na Comunidade.

No total houveram 77 atendimentos médicos, 17 atendimentos odontológicos, cinco atendimentos de enfermagem, 76 testes rápidos de hepatites, sífilis e HIV, 30 vacinações contra Covid 19, 33 vacinas de rotina, 53 exames laboratoriais agendados , 03 pesquisas de malária e 68 dispensas de medicamentos mediante apresentação de receita médica.

Segundo Mariazinha Francisca, presidente da Associação de Moradores do Passo Fundo, o atendimento itinerante da secretaria de saúde é de grande importância para a comunidade, uma vez que há dificuldade dos moradores em se deslocar até o posto de saúde mais próximo para receber os cuidados da atenção básica do município. O acesso da comunidade à área urbana se dá por um ramal que, dependendo das condições de chuva, se torna intrafegável.

“Tirar uma pessoa daqui para levar para o posto e ainda conseguir ficha para ser atendida é muito difícil. Para pagar um carro para tirar uma pessoa doente daqui é 100 reais”, explica.

A ação do município foi solicitada pela própria comunidade através de sua presidente. “Quando a secretaria de saúde me ligou falando que ia trazer vacina, pedi que trouxesse também e médicos, dentistas, remédios, e a secretaria atendeu ao nosso pedido. Só temos a agradecer, primeiramente a Deus, depois à secretária e ao prefeito.

Leia Também:  Unidades de saúde serão fortalecidas com emendas parlamentares

Manoel Ribeiro da Silva, morador há 20 anos do Passo Fundo, disse que nunca havia visto uma ação de saúde deste porte na comunidade.

“Desse jeito: com médico, dentista, remédio, foi a primeira vez que eu vi. É tudo o que a população humilde daqui precisa. Acho que vai ficar pra história. O prefeito colocou pessoas dispostas a fazer este trabalho para nós. Ir pra cidade é caro e as vezes não se consegue atendimento. Desse jeito ficou ótimo para nós”, disse.

Desde o início da gestão, o Programa Saúde na Comunidade vem buscando atender, toda sexta-feira, uma comunidade diferente. O objetivo é alcançar os moradores com menos acesso, com os serviços da atenção básica, buscando ampliar este alcance.

“Estamos dando muita ênfase à vacinação especialmente da segunda dose, e vimos aqui uma oportunidade de trazer também outros serviços que ajudam sobretudo na prevenção de doenças na comunidade, mas na saúde das pessoas de um modo geral. A intenção é continuar este atendimento toda sexta-feira”, disse a secretária de saúde Valéria Lima.

“Este programa, bem como outros que estamos implantando nessa modalidade itinerante tem apresentado bons resultados. Isso porque a característica de nosso município é que parte significativa da população está em locais de mais difícil acesso. Então não podemos esperar que essas pessoas procurem os serviços somente quando há problemas graves, temos que levar antes, todo conjunto de serviços e programas da atenção básica até as pessoas. Com isso quero também agradecer aos nossos servidores que tem sido incansáveis em realizar este atendimento”, disse o prefeito Zequinha Lima.

Leia Também:  Mulher descobre câncer no útero durante gravidez e resolve vender o cabelo para se manter em Rio Branco

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: “Nós não podemos nos curvar diante disso [possível interferência de Bolsonaro no INEP]. Por isso que estamos tomando todas as medidas cabíveis para que o INEP seja preservado, sobretudo, a juventude brasileira, que precisa que o Enem seja realizado com muita lisura”, disse Leo de Brito durante entrevista coletiva, no salão verde da Câmara dos Deputados. A coletiva reuniu os líderes da oposição ao governo Bolsonaro para anunciar ações de proteção ao Enem, entre elas, o afastamento do presidente do INEP, acusado de assédio moral.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Hospital Regional do Alto Acre, em Brasileia receberá R$ 884,7 mil para melhorias na Rede de Atenção Materna e Infantil

Publicados

em

O Hospital Regional do Alto Acre, que atende os município de Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri vai receber a quantia de R$ 884.700,00 (oitocentos e oitenta e quatro mil e setecentos reais), esses recursos são para melhorias na Rede de Atenção Materna e Infantil (Rede Cegonha).

No total, foram destinados para o estado do Acre mais de R$ 13 milhões para melhorais nos serviços de saúde oferecidos pela Rede de Atenção Materna e Infantil nas mais diversas Unidades Hospitalares, onde 12 hospitais serão contemplados com este recurso federal.

A Comissão Intergestores Bipartite (CIB-AC) divulgou a liberação do recurso no Diário Oficial do Estado (DOE) dessa sexta-feira (5). Conforme a publicação, o recurso corresponde a portaria do Ministério da Saúde de 2012 para as ações de promoção, proteção e recuperação à saúde nas Unidades Assistenciais do estado que compõem a Rede Cegonha, os valores variam de cada Unidade.

Veja baixo os Hospitais que irão receber:

Hospital Abel Pinheiro (Mâncio Lima) – R$ 306,7 mil;

Hospital João Câncio Fernandes (Sena Madureira) – R$ 933,9 mil;

Leia Também:  Em busca de mais parcerias, Programa Acre pela Vida é apresentado a instituições em Rio Branco

Hospital Epaminondas Jácome (Xapuri) – R$ 471,8 mil;

Hospital Ary Rodrigues (Senador Guiomard) R$ 117,9 mil;

Hospital Geral de Feijó – R$ 365,7 mil;

Hospital Raimundo Chaar (Brasileia) – R$ 884,7 mil;

Maternidade Ethel Muriel Gueddes (Tarauacá) – R$ 684,2 mil;

Hospital da Mulher e da Criança do Juruá (Cruzeiro do Sul) R$ 4,4 milhões;

Hospital Manoel Marinho Monte (Plácido de Castro) – R$ 171,3 mil;

Huerb (Rio Branco) – R$ 601,6 mil;

Fundhacre (Rio Branco) – R$ 522 mil;

Maternidade Bárbara Heliodora (Rio Branco) – R$ 3,7 milhões.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA