RIO BRANCO

Saúde

O raro caso de argentina que se livrou do HIV sem tratamento e que anima cientistas

Publicados

Saúde

Células do vírus HIV (viriões), em imagem microscópica produzida em 2011 — Foto: Maureen Metcalfe, Tom Hodge/CDC/AP

BBC – Uma mulher da Argentina parece ter se livrado do HIV sem drogas ou tratamento, o segundo caso documentado desse tipo no mundo. Os médicos acreditam que o sistema imunológico da paciente eliminou o vírus por conta própria.

Testes em mais de 1 bilhão de suas células não encontraram nenhum traço viável da infecção, segundo a revista científica Archives of Internal Medicine.

Se esse processo fosse capaz de ser controlado, poderia oferecer uma maneira de eliminar ou curar efetivamente o HIV, dizem os especialistas.

Eliminando o HIV

As descobertas são mais uma prova de que algumas pessoas nascem com resistência natural ao HIV. Alguns têm genes que evitam a infecção.

Outros, incluindo “a paciente Esperanza”, que deseja permanecer anônima, parecem contrair, mas depois erradicam o vírus.

Mas a maioria das pessoas com HIV precisa de terapia antirretroviral (TARV) para o restante da vida. Se elas pararem de tomar essas drogas, o vírus dormente pode despertar e causar problemas novamente.
Nos últimos anos, entretanto, houve relatos de “controladores de elite” que podem suprimir o vírus, com ajuda, mas sem medicação para o HIV.

Essas pessoas continuam tendo o diagnóstico positivo para o vírus, mas não realizam tratamento para controlar sua carga viral, que é indetectável. Portanto, não podem infectar outras.

Esquema de prevenção do HIV com injeções é mais eficaz do que comprimidos em mulheres, aponta estudo com 3 mil voluntárias

Adam Castillejo, de Londres, conseguiu parar de tomar seus comprimidos diários para o HIV depois de receber um tratamento com células-tronco de um doador para um câncer que ele também tinha.

Suas células infectadas pelo HIV foram eliminadas e substituídas durante a terapia do câncer.

Leia Também:  Butantan entra com pedido de certificação da Coronavac, que apresentou 100% de eficácia em casos graves

E, felizmente, seu doador fazia parte do minúsculo grupo de 1% das pessoas que nasceram com genes que impedem o HIV de entrar e infectar as células.

Não está claro quanto tempo essa vantagem pode durar para Castillejo, no entanto.

‘Cura esterilizante’

Mas a paciente Esperanza não teve HIV detectável por mais de oito anos.

Loreen Willenberg, de San Francisco, nos Estados Unidos, também parece estar funcionalmente curada do HIV por seu próprio sistema imunológico.

E isso oferece esperança de uma “cura esterilizante” para outros pacientes.

A responsável pelo estudo, Xu Yu, do Instituto Ragon do Hospital Geral de Massachusetts, ligado ao Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) e da Universidade de Harvard, nos EUA, disse: “Pode haver um caminho prático para uma cura esterilizante para pessoas que não são capazes de fazer isso por conta própria”.

“Estamos agora observando a possibilidade de induzir este tipo de imunidade em pessoas em TARV (terapia antirretroviral), por meio da vacinação, com o objetivo de educar seus sistemas imunológicos para serem capazes de controlar o vírus sem TARV.”

‘Infecção abortiva’

O professor John Frater, da Universidade de Oxford, no Reino Unido, disse à BBC News que embora seja quase impossível dizer se alguém foi realmente curado do HIV, os pesquisadores fizeram “tudo o que poderia ser pedido a eles com a tecnologia atual” para provar isso.

“A questão chave é se esta paciente realmente se curou ou, por outro lado, teve alguma forma de infecção abortiva, que tentou progredir, mas foi eliminada precocemente”, disse ele.

“Seu sistema imunológico mostra claramente uma lembrança de ter sido infectado, então não parece haver dúvida de que ela contraiu o vírus.”

Leia Também:  Com apoio do Estado, implantação de agroindústria de banana é debatida em Acrelândia

“Apesar de tudo, pode haver pacientes semelhantes por aí, e ainda há muito a se aprender na busca pela cura do HIV.”

A professora Sarah Fidler, especialista em medicina de HIV na Universidade Imperial College London, disse que o trabalho contribui com as terapias imunológicas atualmente em desenvolvimento.

Mas Andrew Freedman, da Escola de Medicina da Universidade de Cardiff, no País de Gales, disse que os medicamentos atuais para o HIV são extremamente eficazes e, embora olhar para os tratamentos futuros seja importante, melhorar o acesso à terapia antirretroviral em todo o mundo é uma prioridade urgente.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: “Nós não podemos nos curvar diante disso [possível interferência de Bolsonaro no INEP]. Por isso que estamos tomando todas as medidas cabíveis para que o INEP seja preservado, sobretudo, a juventude brasileira, que precisa que o Enem seja realizado com muita lisura”, disse Leo de Brito durante entrevista coletiva, no salão verde da Câmara dos Deputados. A coletiva reuniu os líderes da oposição ao governo Bolsonaro para anunciar ações de proteção ao Enem, entre elas, o afastamento do presidente do INEP, acusado de assédio moral.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Secretaria de Saúde se reúne com gestores para alinhamento de protocolos sanitários nas escolas

Publicados

em

Representantes da Secretaria Municipal de Saúde de Cruzeiro do Sul e da Secretaria de Estado de Saúde se reuniram, na manhã desta quinta-feira (02), com gestores das escolas, para fazer o alinhamento dos protocolos de prevenção a Covid-19 nas unidades de ensino. Os diretores estavam preocupados e solicitaram a reunião após servidores testarem positivo em algumas escolas que, por conta disso, suspenderam as aulas presenciais recém iniciadas.

O debate ocorreu na escola de ensino médio Flodoardo Cabral, umas das unidades que está apenas com aulas remotas, por conta de casos suspeitos de Covid-19. Os diretores afirmam que, dentro das unidades de ensino, todos os cuidados estão sendo tomados para evitar a contaminação, mas é necessário redobrar a atenção para evitar que os alunos e servidores que forem contaminados possam propagar o vírus.

“Esses esclarecimentos foram dados antes de retomarmos as aulas presenciais. Nós orientamos que, se o aluno tiver sintomas de gripe, não deve se apresentar nas escolas. O pai só deve comunicar por ligação ou mensagem e essa falta vai ser justificada. Orientamos também para mandar o filho com máscara, pois temos visto que os alunos só usam as máscaras dentro das escolas, só colocam a máscara quando chegam no portão”, disse o diretor da escola Dom Henrique Ruth.

Leia Também:  Atenta à saúde do sistema prisional, Sesacre emite recomendações sobre Covid-19 nas penitenciárias

Durante a reunião, alguns diretores sugeriram a suspensão das aulas presenciais deste ano e que os alunos concluíssem o período letivo de forma remota.

No entanto, as secretarias de saúde defendem que é preciso lidar com o “novo normal”, já que a presença do novo coronavirus deve ser uma realidade ainda nos próximos anos.

“O encaminhamento dessa reunião foi: se os gestores perceberem que esse protocolo feito pela Secretaria de Educação não está adequado, que eles solicitem uma revisão desse protocolo, pois estamos abertos para ajustarmos junto com eles, de acordo com a situação de nossa cidade”, disse a secretária municipal de saúde, Valéria Lima.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O Gefron apreendeu dentro de Van do município de Brasileia aproximadamente 150 kg de entorpecente, seria esta a maior apreensão daquela regional. De acordo com informações preliminares, o veículo da prefeitura iria realizar mais um transporte de pacientes que estão fazendo tratamento em Rio Branco quando foi surpreendido pelo policiais, após revistarem os pacientes e o veículo encontraram em uma sacola preta com todo o entorpecente.

Leia Também:  Aprende Brasil: Argentina quer taxar grandes fortunas para ajudar saúde e mais pobres

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA