RIO BRANCO

Saúde

Homens que fumam maconha têm mais espermatozoides, diz estudo de Harvard

Um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Harvard, a número um do mundo, encontrou uma maior concentração de espermatozoides em homens que já experimentaram Cannabis sativa.

Publicados

Saúde

Um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Harvard, a número um do mundo, encontrou uma maior concentração de espermatozoides em homens que já experimentaram Cannabis sativa.

Pesquisas anteriores tinham sugerido que o abuso de drogas poderia estar associado a baixa fertilidade nos homens, enquanto que o estudo mais recente apontou o contrário.

De acordo com o pesquisador chefe, Dr. Jorge Chavarro, da Harvard TH Chan School of Public Health (Escola TH Chan de Saúde Pública de Harvard), “as descobertas inesperadas destacam quão pouco sabemos sobre os efeitos da maconha sobre a saúde reprodutiva e sobre os efeitos da maconha sobre a saúde em geral”.

Para o estudo, foram consideradas 1.143 amostras de sêmen de 662 homens entre os anos de 2000 e 2017. A média de idade era de 36 anos, com a maioria de homens brancos e com formação superior. As amostras eram de casais que procuravam ajuda em clínica de fertilidade no Massachusetts General Hospital. Eles foram convidados a preencher questionários detalhando seu histórico de uso de maconha.

Mais da metade (55%) relataram ter fumado em algum momento da vida. Destes, 44% afirmaram terem sido usuários no passado e 11% classificaram-se como usuários atuais e contínuos.

Leia Também:  Sesacre registra mais 12 mortes e 315 casos de infecção por coronavírus nas últimas 24 horas

A análise das amostras de sêmen mostrou que os homens que fumaram maconha tiveram concentrações médias de 62,7 milhões de espermatozoides por ml. Por outro lado, quem nunca fumou tinha uma contagem média de 45,4 milhões por ml. A diferença de contagem entre usuários e não usuários deixou os cientistas impressionados.  

Apenas 5% por cento dos usuários de Cannabis sativa tinham contagens de espermatozoides abaixo de 15 milhões por ml, que é o limiar da Organização Mundial da Saúde (OMS) para os níveis “normais”. Mas, entre os não usuários, a taxa era de 12% de homens com concentração inferior a 15 milhões por ml.

Os cientistas disseram que é possível que a exposição de baixas doses de maconha possa beneficiar a produção de espermatozoides de alguma forma – mas o mecanismo biológico para isso não foi ainda estudado ou descoberto. De fato, o Sistema Endocanabinoide, que trabalha como sinalizador entre as células e processos do corpo e é o alvo da droga, é conhecido por desempenhar um papel regulador na fertilidade.

Contudo, eles também alertaram que a associação pode não estar relacionada com os efeitos da maconha, mas sim refletindo a influência do hormônio masculino em comportamentos de risco, como fumar uma droga, por exemplo. O corpo, ao entender que está fazendo “algo de errado ou colocando-se em risco legal”, pode produzir mais testosterona.

Leia Também:  Estudantes brasileiros no exterior pedem isenção de IOF

“Uma interpretação igualmente plausível é que as nossas descobertas podem refletir o fato de que os homens com níveis mais elevados de testosterona são mais propensos a se envolver em comportamentos de busca de risco, incluindo fumar maconha”, disse Feiby Nassan, cientista membro da equipe.

Essa visão foi apoiada pelo especialista britânico Allan Pacey, professor de Andrologia na Universidade de Sheffield, que não participou do estudo. “Como os autores apontam, homens com concentrações mais altas de espermatozoides provavelmente têm mais testosterona em seus corpos e, portanto, podem ter mais probabilidade de fumar maconha porque simplesmente estão dispostos a correr mais riscos”.

Pacey acrescentou que não apoia os benefícios aparentes da maconha na questão da fertilidade. “Na minha opinião, isso deve ser evitado a todo custo em qualquer casal que tente começar uma família”.

Os resultados do estudo foram publicados na revista Human Reproduction.

[ Fonte: Daily Mail ]

[ Foto: Reprodução / World of Buzz ]

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Saúde

Secretaria de Saúde se reúne com gestores para alinhamento de protocolos sanitários nas escolas

Publicados

em

Representantes da Secretaria Municipal de Saúde de Cruzeiro do Sul e da Secretaria de Estado de Saúde se reuniram, na manhã desta quinta-feira (02), com gestores das escolas, para fazer o alinhamento dos protocolos de prevenção a Covid-19 nas unidades de ensino. Os diretores estavam preocupados e solicitaram a reunião após servidores testarem positivo em algumas escolas que, por conta disso, suspenderam as aulas presenciais recém iniciadas.

O debate ocorreu na escola de ensino médio Flodoardo Cabral, umas das unidades que está apenas com aulas remotas, por conta de casos suspeitos de Covid-19. Os diretores afirmam que, dentro das unidades de ensino, todos os cuidados estão sendo tomados para evitar a contaminação, mas é necessário redobrar a atenção para evitar que os alunos e servidores que forem contaminados possam propagar o vírus.

“Esses esclarecimentos foram dados antes de retomarmos as aulas presenciais. Nós orientamos que, se o aluno tiver sintomas de gripe, não deve se apresentar nas escolas. O pai só deve comunicar por ligação ou mensagem e essa falta vai ser justificada. Orientamos também para mandar o filho com máscara, pois temos visto que os alunos só usam as máscaras dentro das escolas, só colocam a máscara quando chegam no portão”, disse o diretor da escola Dom Henrique Ruth.

Leia Também:  Referência em tratamento de autismo, Centrin atende cerca de 80 famílias em Cruzeiro do Sul

Durante a reunião, alguns diretores sugeriram a suspensão das aulas presenciais deste ano e que os alunos concluíssem o período letivo de forma remota.

No entanto, as secretarias de saúde defendem que é preciso lidar com o “novo normal”, já que a presença do novo coronavirus deve ser uma realidade ainda nos próximos anos.

“O encaminhamento dessa reunião foi: se os gestores perceberem que esse protocolo feito pela Secretaria de Educação não está adequado, que eles solicitem uma revisão desse protocolo, pois estamos abertos para ajustarmos junto com eles, de acordo com a situação de nossa cidade”, disse a secretária municipal de saúde, Valéria Lima.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O Gefron apreendeu dentro de Van do município de Brasileia aproximadamente 150 kg de entorpecente, seria esta a maior apreensão daquela regional. De acordo com informações preliminares, o veículo da prefeitura iria realizar mais um transporte de pacientes que estão fazendo tratamento em Rio Branco quando foi surpreendido pelo policiais, após revistarem os pacientes e o veículo encontraram em uma sacola preta com todo o entorpecente.

Leia Também:  Mais 75 novos casos de infecção pelo coronavírus são confirmados, número de contaminados subiu de 658 para 733, e mortos saltou de 25 para 28

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA