RIO BRANCO

Saúde

Governo e ONU prospectam exportação de preservativos

A parceria vai viabilizar a abertura de novos postos de trabalho. A equipe técnica avaliou a qualidade do produto e instalações da fábrica. 

Publicados

Saúde

A parceria vai viabilizar a abertura de novos postos de trabalho. A equipe técnica avaliou a qualidade do produto e instalações da fábrica. 

Com intuito de fortalecer e expandir a produção e comercialização da Fábrica de Preservativos Natex, o governador Tião Viana tem buscado consolidar novas parcerias. Na última sexta-feira, 25, uma comitiva composta por representantes do Fundo de Populações das Nações Unidas (UFNPA/ONU) e do Ministério da Saúde (MS) estiveram na indústria para prospectar negócios.

A cooperação entre as instituições e a Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac) prevê a inclusão da Natex no catálogo da UFNPA que distribui preservativos para outros países. A fábrica, localizada em Xapuri, seria a primeira da América do Sul a compor a lista referendada pela ONU.

A visita técnica da equipe composta por um farmacêutico, engenheiro mecânico e químico já é um segundo passo para consolidação dessa parceria.

“Logo após a primeira visita da UFNPA/ONU, nós enviamos todos os documentos da gestão da qualidade para uma tradução juramentada, que foi financiada por eles. Esse novo encontro é para que a equipe nos aponte os ajustes que precisamos fazer para que possamos ser certificados”, explica a diretora técnica da Funtac e Natex, Silvia Basso.

A negociação conta com apoio do Ministério da Saúde. “Nós temos apoiado essas iniciativas de internacionalização da produção dos laboratórios oficiais brasileiros, pois compreendemos que esses empreendimentos precisam de uma escala mínima para operar de forma eficiente”, ressaltou o assessor do Departamento do Complexo Industrial em Inovação e Saúde do MS, Flávio Gonçalves.

Leia Também:  UPA do 2º Distrito de Rio Branco deixa de atender pacientes de Covid-19; Into passar a ser referência

Segundo o analista da UFNPA, Bill Poter, o empreendimento chama atenção. “É a primeira vez que vejo uma integração completa até o produto final. Estou muito impressionado pela fábrica prover suporte à comunidade local. Gerando não apenas empregos para trabalhar na indústria, mas também para as pessoas que colhem o látex na floresta”, afirmou.

Emprego e renda

Responsável pelo fornecimento de 15% dos preservativos distribuídos pelo MS, a Natex é a única fábrica do mundo, nesse segmento, que utiliza em seu processo industrial borracha nativa como matéria-prima, garantindo assim a manutenção da floresta, ao mesmo tempo em que gera renda, emprego e qualidade para as famílias de extrativistas da região.

A indústria, que gera mais de 120 empregos diretos, possui 700 famílias cadastradas e envolvidas na venda do látex à fábrica. Com a certificação da UNFPA, a Natex visa ampliar sua escala de produção, o que vai refletir no aumento da renda dos extrativistas.

“Essa parceria vai garantir a continuidade da política de base ambiental, econômica e social do nosso estado”, salientou o diretor-presidente da Funtac, Carlos Barbosa.

UFNPA/ONU

O Fundo de População das Nações Unidas é a agência de desenvolvimento internacional da ONU que trata de questões populacionais, sendo responsável por ampliar as possibilidades de mulheres e jovens levarem uma vida sexual e reprodutiva saudável.

Leia Também:  Campanha de vacinação contra a gripe começa dia 18 de abril

Atua para acelerar o acesso universal à saúde sexual e reprodutiva, incluindo o planejamento familiar voluntário e a maternidade segura; e busca a efetivação dos direitos e oportunidades para as pessoas jovens.

O que disseram

“Este empreendimento é diferenciado, pois além de tratar das questões da saúde pública, nós estamos falando aqui de benefícios sociais para as famílias que garantem sua renda daqui; benefícios econômicos e ao mesmo tempo em preservação do meio ambiente, em um momento de mudanças climáticas. O Acre é um grande exemplo. Esta fábrica é um grande exemplo e nós queremos que ela seja a primeira na América do Sul a ser certificada pela UNFPA”, Leo de Brito – deputado federal.

“A Natex tem um papel importante na vida dos xapurienses e na história de luta de preservação ambiental do Acre. Portanto, toda parceria que venha para fortalecer esse empreendimento é muito bem-vinda, pois a fábrica é responsável pela melhoria da qualidade de vida dos extrativistas”, Raimundo Mendes, conhecido como Raimundão, seringueiro.

“Vejo a Natex como um projeto dos mais completos na questão do desenvolvimento sustentável, pois os empregos gerados atendem as populações da floresta e da cidade. São quase 150 famílias trabalham diretamente na fábrica. Para um município como Xapuri, que vive um momento delicado, essa geração de emprego é fundamental”, Bira Vasconcelos.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Saúde

Vacina contra a Covid é aplicada em 9 unidades de saúde e na Vigilância Epidemiológica de Rio Branco

Publicados

em

Vacinação contra a Covid é feita em uraps e no prédio da Vigilância Epidemiológica de Rio Branco — Foto: Paulo Eduardo Campos / Prefeitura de Bauru

A 1ª, 2ª e dose de reforço contra a Covid-19 são aplicadas em Rio Branco em oito Uraps e na Vigilância Epidemiológica, na Avenida Ceára, nesta segunda-feira (17). O atendimento é feito das 8h às 16h com a 1ª, 2ª e dose de reforço na capital. (Veja pontos abaixo).

Quem tomou a primeira dose da Janssen há 2 meses ou mais deve comparecer à Urap Vila Ivonete e tomar a dose de reforço. É necessário apresentar a carteirinha de vacinação comprovando que tomou a 1ª dose da Janssen há mais de 60 dias.

A segunda dose do imunizante da CoronaVac é aplicada no prédio da Vigilância Epidemiológica Municipal, que fica na Avenida Ceará. A aplicação é feita por agendamento pelo telefone (68) 3227-3165.

A 1ª e 2ª dose são disponibilizadas para pessoas com mais de 12 anos. Adolescentes precisam comparecer acompanhados dos pais ou responsáveis e apresentarem RG e CPF ou o RG e o cartão do SUS na hora da vacinação.

Já a dose de reforço de outros laboratórios é aplicada em adultos acima dos 18 anos que tenham completado 4 meses desde a última dose e pessoas com baixa imunidade (imunossuprimidos).

Vacinação infantil

A vacinação contra a Covid-19 em crianças de 11 anos começa nesta segunda-feira (17) no Acre. Na capital do estado, Rio Branco, cinco unidades de saúde vão estar abertas com atendimento exclusivo para esse público. O atendimento é feito das 8h às 12h e das 14h às 16h. (Veja locais abaixo)

Leia Também:  Curso atualiza enfermeiros sobre procedimentos no pré-natal

Segundo a Saúde municipal, a vacinação deve começar com crianças de 11 anos e seguir de forma decrescente, conforme a chegada de mais lotes.

As crianças precisam estar acompanhadas do pai ou da mãe ou de outro responsável legal na hora da imunização. Essa pessoa precisa assinar um Termo de Autorização e receber as informações referente a possíveis reações da vacina, como por exemplo: inchaço, vermelhidão no local da injeção, febre, fadiga, dor de cabeça e outros

A vacinação em crianças vai ser feita nas seguintes unidades de saúde:

USF Maria Áurea Vilela Santos – bairro Cadeia Velha;

USF Dr. Mario Maia – bairro Cidade Nova;

USF Gentil Perdomo da Rocha – Conjunto Esperança;

USF Vitória – bairro Vitória;

USF Manoel Alves Bezerra – Conjunto habitacional Cidade do Povo.

Vacinação em adultos e adolescentes

Reforço para pessoas que tomaram a 1ª dose da Janssen há 2 meses ou mais

Urap Vila Ivonete

12 anos ou mais 1ª e 2ª dose da Pfizer (antecipação 21 dias) e dose de reforço

Urap Eduardo Assmar

Urap Rozangela Pimentel

Urap São Francisco

Urap Vila Ivonete

Urap Hidalgo de Lima

Urap Ary Rodrigues

Urap Valdeisa Valdez

Urap Bacurau

Policlínica Barral Y Barral

Segunda dose Astrazeneca com 60 dias ou +

Urap São Francisco

Urap Bacurau

Urap Valdeisa Valdez

Urap Vila Ivonete

Policlínica Barral Y Barral

Segunda dose Coronavac

Vigilância Epidemiológica – por agendamento pelo número 3227-3165

Atendimento exclusivo síndrome gripal

Urap Maria Barroso

Urap Cláudia Vitorino

Vacinação no Acre

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre já recebeu 1.015.363 doses de vacinas e foram aplicadas 1.021.379 doses na população até o dia 9 de dezembro, data da última atualização. Das doses, 566.240 pessoas tomaram a primeira dose, 420.673 a segunda, 12.193 a dose única e 18.411 a de reforço.

Leia Também:  UPA do 2º Distrito de Rio Branco deixa de atender pacientes de Covid-19; Into passar a ser referência

No último domingo (9) completou um mês desde que os dados do painel de vacinação do Acre estão sem ser atualizados após falha no ConectSUS.

O aplicativo e o site do ConecteSUS ficaram indisponíveis para a emissão do Certificado Nacional de Vacinação Covid-19, que é exigido para acessar órgãos públicos e outros estabelecimentos entre os dias 10 a 23 de dezembro quando voltou, mas com instabilidade, após 13 dias fora do ar.

Ministério da Saúde rebate

O Ministério da Saúde informou que a integração entre os sistemas locais e a rede nacional de dados foi restabelecida na última sexta-feira (7). Destacou ainda que isso não deveria ter interferido nos dados da vigilância epidemiológica de síndromes agudas respiratórias, incluindo a Covid-19.

“Desde então, as informações inseridas pelos estados e municípios nos sistemas estão retornando gradualmente às plataformas nacionais, possibilitando que os dados de saúde possam ser acessados por todos os usuários. A pasta esclarece que a instabilidade nos sistemas não interferiu na vigilância epidemiológica de síndromes agudas respiratórias, incluindo a Covid-19. O Ministério da Saúde continua realizando o monitoramento no Brasil para tomada de decisões frente ao atual cenário”, destaca. Veja mais no G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA