RIO BRANCO

Geral

Em seis meses, médico acreano conquista população de Santa Albertina

O médico Josyelker Aragão da Silva veio do Acre e conquistou a confiança e o carinho dos moradores de Santa Albertina.

Publicados

Geral

O médico Josyelker Aragão da Silva veio do Acre e conquistou a confiança e o carinho dos moradores de Santa Albertina.

 Por Valdir José Cardozo 

o-medico-josyelker-aragao-da-silva

Quando deixou Aracaju (SE) para desembarcar em Santa Albertina, o médico acreano Josyelker Aragão da Silva não imaginou que iria se adaptar com tanta facilidade ao ritmo do pequeno município. Mas a adaptação foi tão rápida que Josyelker logo tratou de convidar uma irmã – também médica – e o cunhado, que está cursando Medicina em Fernandópolis, para também vir para o interior paulista. Antes de trabalhar em Aracaju, Josyelker já tinha passado por Tocantins, quase na divisa com o Maranhão, e pela pequena Santo Antonio de Jesus, na Bahia.

Filho de família humilde, Josyelker aproveitou a proximidade do seu estado natal com a Bolívia, para cursar Medicina em uma faculdade boliviana, onde se formou em 2010. “Não foi fácil, mas as coisas conquistadas com dificuldade são mais valorizadas”. Em 2011, ele fez o Revalida – um exame criado pelos ministérios da Educação e da Saúde para reconhecimento do diploma de profissionais formados em instituições estrangeiras. Josyelker fez o Revalida na Universidade Federal do Rio Grande do Norte e foi aprovado já na primeira oportunidade. Ele conta por que decidiu vir para São Paulo.

Leia Também:  Audiências de carga e lacre das urnas iniciaram em Brasileia.

“Lá em Aracaju, eu fazia plantões. Durante o dia não tinha nenhum problema, pois os nordestinos, em geral, são muito educados e receptivos. À noite, porém, o plantão era complicado, pois sempre aparecia gente baleada ou esfaqueada, exigindo atendimento rápido. Eu atendi pessoas baleadas que carregavam um revólver na cintura e faziam questão que a gente visse a arma, como querendo dizer que, se o atendimento não fosse bom… Além disso tem a questão do custo de vida. Por ser uma cidade turística, tudo em Aracaju é mais caro”.

Josyelker diz que o próximo passo é trazer a esposa. “Ela está terminando os estudos e, no ano que vem já poderá vir pra junto da gente. Pretendo ter filhos e assim à distância fica difícil…”, brinca o médico. Ele atende entre 35 e 40 pessoas por dia. “O doutor Josyelker é um excelente profissional e já conquistou a confiança da população de Santa Albertina. Ele caiu do céu!”, garante o secretário de Saúde do Município, Geraldo Azevedo, o Lalinho. Segundo Lalinho, a contratação do médico está permitindo que o município dê mais atenção à prevenção do que à emergência. 

Leia Também:  Pai Vende Rifas Para Ajudar Filho Com Paralisia Cerebral.

“O doutor resolve muitos problemas e evita que tenhamos que levar pacientes para Jales ou para outras cidades. É bom para a população e é bom também para o município, que economiza com viagens”, diz o secretário. Essa não é, no entanto, a única economia, já que o médico é pago pelo governo federal. “Olha, eu posso garantir que a economia, para o município, passa de R$ 17 mil por mês. O nosso único gasto com o doutor são os R$ 800,00 das refeições”, diz Lalinho 

Na recepção do Posto de Saúde, várias pessoas esperavam o atendimento e algumas delas confirmaram a aprovação ao trabalho do médico. “Eu tomo remédio de uso contínuo e tinha que, de vez em quando, passar pelo AME, em Jales. Agora, o doutor Josyelker resolve tudo aqui mesmo”, disse uma das pacientes. “Acho que não temos do que reclamar da Saúde aqui em Santa Albertina. O Posto de Saúde já prestava um bom serviço e melhorou mais ainda com a chegada do doutor Josyelker. Tomara que o “Mais Médicos” continue e que o doutor fique aqui por muito tempo”, concluiu outro paciente.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Moradora acha jiboia de 2,5 metros dentro de quarto; bombeiros resgataram animal

Publicados

em

Uma mulher de 42 anos moradora do município de Tarauacá, interior do Acre, chamou os bombeiros para retirarem uma cobra jiboia com mais de mais de 2 metros de dentro da casa dela. O animal foi achado dentro de um dos quartos da casa atrás de uma geladeira que não é usada.

O caso ocorreu na manhã da última sexta-feira (7) na Rua Elpídio de Andrade. A mulher ligou para o 193 e pediu ajuda dos bombeiros para retirar o animal de dentro da casa dela.

Uma equipe do 7º Batalhão do Corpo de Bombeiros foi até o local. Segundo os bombeiros, a cobra tinha 2,5 metros e foi levada para o habitat natural. Por G1 Acre.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O ex-deputado federal, Sibá Machado, gravou um vídeo polêmico onde fez um desabafo contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, o Juiz Sérgio Moro e o governador do Acre, Gladson Cameli. Sibá não perdeu a oportunidade de alfinetar o gestor em se tratando do escândalo de corrupção no qual para a Polícia Federal, Cameli é tido como o chefe de uma organização Criminosa que desviou quase R$ 1 bilhão de reais dos cofres públicos do Estado.

Leia Também:  Jornal Bolíviano destaca o Acreem desenvolvimento da Amazônia

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA