Política

Vereador Rogério Pontes participa de arraial na zona rural de Brasileia

Presidente da Câmara de Brasiléia, Rogério Pontes participa de arraial na comunidade Santa Helena.

Publicados

Política

Presidente da Câmara de Brasiléia, Rogério Pontes participa de arraial na comunidade Santa Helena.

Rogerio Pontes

Durante este sábado, 19 de agosto, o presidente da Câmara Municipal de Brasiléia, vereador Rogério Pontes participou de um arraial que aconteceu na comunidade Santa Helena localizada no ramal do km 60 da Estrada do Pacífico.

O evento foi organizado pela própria comunidade do Santa Helena, onde contou com apresentações culturais de quadrilhas que se apresentaram durante o evento, além da quadrilha formada por alguns moradores da localidade, houve também a apresentação da quadrilha do Ramal do Ponto Carlos no km 67 e também de uma quadrilha do município de Assis Brasil que vieram para se apresentar.

Além das apresentações, o evento contou com a vendas de comidas típicas, vendas de artesanatos e muito mais. Um bingo também foi realizado, onde muitos dos moradores participaram, as premiações eram: Novilhas, bolsas, galinhas e muito mais, o arraial de teve início às hs 20:00 não teve hora pra acabar.

Leia Também:  Leila Galvão destaca ações de saúde para mulheres que vivem no Alto Acre

Rogerio Pontes 3

Rogerio Pontes 2

Rogerio Pontes 1

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Vereadora Neiva levará a denúncia do tráfico de órgão para o MP/AC e PF para que envolvidos sejam punidos; Hospital se manifesta por meio de nota

Publicados

em

Devido a gravidade da denúncia feita na tribuna da Câmara de vereadores de Brasileia sobre o possível tráfico de órgão que estaria acontecendo na regional do Alto Acre, a vereadora Neiva Badotti decidiu que irá levar o caso para o Ministério Público e Polícia Federal, pois segundo Badotti esta situação não pode continuar e que os autores devem ser responsabilizados rigorosamente, de acordo com os princípios da lei.

A gravidade da denúncia foi tamanha que deixou a população dos município de: Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil e Xapuri (que são os municípios que fazem parte desta Regional), assustada e com medo de se dirigirem aos setores de saúde de competência do estado.

Neiva Badotti, além de vereadora é servidora do quadro efetivo da saúde estadual, onde atua no Hospital Regional do Alto Acre. A mesma ressalta ainda que o caso do tráfico de órgão é só um dos muitos casos graves que vem acontecendo na gestão do governador Gladson Cameli.

Neiva enquanto vereadora têm adotado uma linha muito dura com o que ela caracteriza como “caos na saúde” e a falta de capacidade de alguns gestores colocados a dedo pelo próprio governador Gladson, para administrar uma pasta tão complexa como a saúde pública.

Leia Também:  Brasiléia está sediando, no CEDUP, o encontro com profissionais da saúde

Neiva tem insistindo e deixado claro que Gladson não está preparado para administrar o estado do Acre, pois foi em seus primeiros anos de governo que segundo apuração da Policia Federal foram desviados mais de R$ 800.000.000,00 (oitocentos milhões de reais) da saúde e educação e hoje ambas as pastas sofre com a falta deste recurso.

O outro Lado

Diante de tamanha repercussão, a direção do Hospital Regional do Alto Acre, por meio de seu gerente geral, Janildo Morais Bezerra, emitiu uma nota de esclarecimento a respeito desta situação, onde afirma desconhecer tal acontecimento, pois o referido hospital não desempenha qualquer atividade relacionada a doação ou transplante de órgãos e pede que a parlamentar se dirija a ouvidoria da pasta, para a realização de uma denúncia formal.

A nota trata ainda sobre a apuração dos fatos e caso seja comprovado a veracidade, os responsáveis serão devidamente responsabilizados e punidos de acordo com o rigor da lei.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA