Política

Vereador Messias Lopes repudia as atitudes de Gladson Cameli sobre o caso do secretário de saúde, Sérgio Mesquita, de Epitaciolândia

Publicados

Política

O vereador Messias Lopes aproveitou o seu momento na tribuna da Câmara de vereadores de Epitaciolândia para repudiar as atitudes que o governador Gladson Cameli vem tomando com o município, sobretudo, decisão que estão e irão prejudicar de forma direta os moradores da cidade.

Na oportunidade, Messias citou o caso do secretário municipal de saúde, Sérgio Mesquita, que por estar cedido, teve que deixar a referida secretaria para se apresentar ao seu posto de onde estava ausente. Para o vereador Messias, sem dúvidas é uma grande perda para a saúde do município, levando em consideração o excelente trabalho desenvolvido por Mesquita.

Messias em seu pronunciamento, destacou o prêmio que a saúde municipal, sob o comando de Sérgio, recebeu por conta do excelente trabalho, sobretudo os itinerantes que foram desenvolvidos na zona rural, nas comunidades que mais precisam. Com ações como esta, o vereador enfatiza que esse trabalho fez grande diferença no município, inclusive fez Sergio Mesquita entrar para a história da cidade.

“Esperamos que essa situação seja revertida, a pressão está sendo grande por parte das nossas autoridades, pois nós precisamos de pessoas competentes e quando tem pessoas querendo trabalhar existe esta ordem de perseguição política. As pessoas tem que trabalhar em prol do nosso país, do nosso estado e pelo nosso município e não perseguir por conta de politicagem quem está no lado A ou lado B. Nós temos que aprovar quem faz um bom trabalho e apoiar”, concluiu o parlamentar.

Leia Também:  Gladson Cameli e Márcio Bittar usam a máquina para cooptar MDBistas; Zezinho Barbary foi mais um que caiu aos encantos

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Vereadora Marinete “taca fogo” e fala das 500 vacas que foram compradas com dinheiro na bolsa, e estão em áreas de reserva

Publicados

em

Veja o Vídeo:

A vereadora Marinete Mesquita usou a tribuna na manhã desta terça-feira (09) para falar das denúncias que a mesma tem recebido enquanto parlamentar com relação ao assédio moral que está acontecendo no Poder executivo para que os servidores votem em determinados candidatos.

A mesma relata que foi procurada por servidores que necessitam do emprego e ouviu com atenção a humilhação que lhe fora relatada. Na oportunidade, a parlamentar não hesitou em orientar esses servidores a colherem provas para que efetivem a devida denúncia nos órgãos competentes para que essas práticas imorais e desrespeitosas sejam banidas do funcionalismo público.

Marinete falou ainda sobre a denúncia sobre mensalinho via pix que vem acontecendo na gestão da prefeita Fernanda Hassem. Mesquita destaca que essa situação é falta de esperteza, ou burrice mesmo. A nobre edil destaca que as pessoas que estão cometendo isso, deveriam aprender com a patroa: “se vão comprar alguma coisa, leva o dinheiro na mão, na bolsa, não faz pix. As 500 vacas que foram compradas com dinheiro na bolsa, isso é ser inteligente, não deixou nenhum rastro”, destacou.

Leia Também:  "Não é grave o Bocalom pintar faixas de azul, grave é um governo desviar 800 milhões do estado", diz Petecão

Dando continuidade em sua manifestação, Marinete foi bem incisiva quando solicitou a investigação por parte dos órgão competentes, para que investiguem o laranjal que tem no município de Brasileia e Epitaciolândia, e em se tratando das 500 vacas muitas delas estão em áreas de reservas e dentro de terras de colegas que são autoridades e que a falta de fiscalização tem facilitado, pois se confia porque parente é quem comanda os órgão que deveria fiscalizar.

“Fica aqui o nosso pedido também para que os órgãos competentes comecem a fiscalizar de fato e investigar o verdadeiro laranjal que existe nos municípios de Brasileia e Epitaciolândia. Um verdadeiro laranjal!!!”, concluiu a parlamentar.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA