Política

Vereador Jurandir é acusado de usar o mandato para barganhar cargos na prefeitura de Brasileia, sua esposa já recebeu salário de mais de R$ 5 mil

Publicados

Política

As tramas políticas para as bandas de Brasileia tem favorecido e muito parte do parlamento mirim do município, prova disso, é o vereador Jurandir Queiroz, que optou por trair a sua base de sustentação política e abrir mão de sua independência no parlamento para ficar bajulando o poder executivo.

Jurandir Queiroz (PROS) foi eleito com a ajuda de um empresário de Rio Branco, que no período eleitoral passado largou seu estabelecimento para se dedicar somente em eleger o ex-açougueiro Jurandir, que sempre almejou uma vaga na Câmara de Brasileia, depois de eleito veio as negociações, o então vereador começou a seguir rumos diferentes.

Segundo informações, ao alcançar o objetivo de ser eleito, Jurandir chutou o empresário e aqueles que mais acreditaram e lutaram por sua vitória, porém esse gostinhos de vitória só quem vai sentir é ele próprio.

Muitos usam o termo de que Jurandir se vendeu para a prefeita, onde usa seu mandato como vereador para barganhar quase 20 cargos na prefeitura de Brasileia, garantindo inclusive uma gratificação sobre o salário da esposa Srª. Ericina dos Santos Araújo Oliveira, que em ocupar um cargo de auxiliar administrativo no Setor de Cadastro chegou a receber mais de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) ao mês, valor muito superior aos seus salários que deveria ser de R$ 1.546,14 (um mil e quinhentos e quarenta e seis e quatorze centavos) mas desde que o esposo se tornou vereador, o salário de Ericina nunca mais foi o mesmo.

Leia Também:  Prefeita Fernanda reinaugura Centro de Atenção Psicossocial, em Brasileia

Mas não para por aí, além da esposa, Jurandir colocou o enteado, Gidean Araújo, que trabalha no CRAS e outros dos seus para barganhar cargos e inclusive dedicar o seu mandato na Câmara de Brasileia para ficar debaixo das asas da prefeita, deixando assim de ter um mandato voltado para o povo.

Jurandir chutou o empresário e foi ajudar a Nandinha, agora (segundo informações) Jurandir está sendo agraciado pela prefeita para ficar caladinho e dizer amém na câmara para tudo que for de vontade da gestora, independentemente de quem vá favorecer.

Após este episódio, o vereador Jurandir ficou conhecido em Brasileia como “traíra”, isso porque mesmo após o episódio lamentável envolvendo Fernanda Hassem com o casal Dêda e Maria Antônia, Jurandir que na época fazia parte do grupo político da deputada Maria Antônia permaneceu ao lado da prefeita, mesmo sabendo que ela deu uma rasteira política no Casal.

Veja o Vídeo:

Veja abaixo o histórico de recebimento da esposa do vereador Jurandir:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias – Acre 24 Horas

Leia Também:  Veja as fotos da diplomação de governo, deputados estaduais, federais e senado

Veja o Vídeo Abaixo: A vereadora Neiva Badotti fez um pequeno desabafo a respeito do desgoverno de Gladson Cameli, os inúmeros descasos vão desde a saúde até a educação na região do Alto Acre. A princípio, a parlamentar falou a respeito da irresponsabilidade com o pagamento dos servidores terceirizados que até o momento não receberam nenhum pagamento em 2022, onde na ocasião a empresa joga a culpa para o governo e o governo joga a culpa para a empresa e quem fica prejudicado com reação a sua subsistência, sem alimentação, sem poder honrar os seus compromissos.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página: Facebook 3 de Julho Notíci

Portal: 3dejulho.com.br Rio de Janeiro

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Os irmãos Hassem deram um chá de cadeira em Márcia Bittar e não compareceram em reunião na câmara de Brasileia

Publicados

em

A pré-candidata ao Senado, Márcia Bittar, esteve no município de Brasileia com o intuito de se reunir na Câmara de Brasileia, com os novos filiados do grupo do casal Bittar, os pré-candidatos Tadeu Hassem e Israel Milani, acompanhado da esposa, prefeita Fernanda Hassem, mas o problema é que na hora da reunião, os irmãos Hassem e o Primeiro Damo deram um chá de cadeira em Márcia e não apareceram.

Segundo informações repassadas a redação do site 3 de Julho Notícias com exclusividade, a reunião contou apenas com a presença de Márcia Bittar e poucos apoiadores, dentre eles a presidente da Câmara, Arlete Amaral; o ex-vereador Vagner Galli; Blandina; Zemar e outros. Já a turma dos irmãos Hassem não apareceu, comportamento este, tido com ingratidão, haja vista que, quando foi para Tadeu e Israel se filiarem aos partidos políticos sob comando de Márcio Bittar, o casal juntamente com um dos filhos se fizeram presentes no ato como forma de dar boas vindas.

Dentre as muitas especulações, a que apresenta mais força é de que o grupo não quer aparecer publicamente com os Bittar, pois isso colocaria os irmão Hassem em maus lenços pelo fato de estares iludindo outros políticos com o argumento de apoio.

Leia Também:  Prefeitura de Rodrigues Alves realiza trabalhos de pavimentação e recupera a principal rua do Centro da Cidade

Atualmente, o Casal Bittar encontra-se em situações estreitas com o governador Gladson Cameli, precisamente ambos os grupos estão rompidos, por ventura tem políticos tirando proveito desta situação e fazendo jogo triplo. As relações entre os irmão Hassem estão cada vez mais comprometedora, isto porquê a prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem e Cia, prometeu apoiar, o senador Petecão, grupo no qual a sogra está acomodada; prometeu apoiar o grupo do senador Márcio Bittar, onde o irmão Tadeu Hassem e o esposo Israel estão filiados e por último após fazer as pazes com o Governador Gladson prometeu apoio, inclusive, Fernanda já colocou boa parte da família e amidos mais próximos no governo com cargos de chefia e altas CECs.

Dentre os nomeados está a esposa de Tadeu, Higia, e uma sobrinha dos irmão Hassem esse seria um dos motivos para que os Hassem não apareçam na foto com os Bittar, para não correr o risco os altos cargos da família.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA