Política

Vereador é preso em Feijó acusado de posse ilegal de documentos da prefeitura

Um irmão de José Maria, que é advogado, está na cidade de Feijó e teria conseguido uma liminar para libertar o vereador, mas o delegado Alex Dani viajou para Tarauacá.

Publicados

Política

Um irmão de José Maria, que é advogado, está na cidade de Feijó e teria conseguido uma liminar para libertar o vereador, mas o delegado Alex Dani viajou para Tarauacá.

Da Redação da Agência ContilNet

O Primeiro Secretário da Câmara de Vereadores de Feijó, José Maria Ferreira (PSDB), foi preso na tarde desta terça-feira (27) pela Polícia Civil acusado de posse ilegal de documentos e equipamentos da prefeitura do município.

 

O vereador José Maria foi conduzido à Delegacia de Polícia de Feijó/Fotos: Site Cultural de Feijó

O vereador José Maria foi conduzido à Delegacia de Polícia de Feijó/Fotos: Site Cultural de Feijó

José Maria estava em sua residência, localizada na rua Benjamin Constant, quando foi surpreendido pelo delegado Alex Dani e dois policiais que apresentaram um mandado de busca e apreensão assinado pelo juiz Kalil Shesma.
Na casa do vereador a polícia encontrou várias pastas contendo notas de compras, editais de concursos e outros documentos da Prefeitura de Feijó, e ainda uma impressora.

 
Um irmão de José Maria, que é advogado, está na cidade de Feijó e teria conseguido uma liminar para libertar o vereador, mas o delegado Alex Dani viajou para Tarauacá.
 
“Achei essa viajem apressada do delegado muito estranha. Falam na cidade que a prisão do vereador do PSDB pode ter sido um golpe de seus adversários políticos. Hoje pela manhã ele esteve na Rádio FM Feijó e fez duras críticas a atual administração do município e também ao governo estadual. Inclusive, o governador estava em Feijó nesta terça-feira”, disse o radialista Antonio Messias.
O delegado Alex Dani e mais dois policiais entraram na casa de José Maria após apresentarem um mandado de busca e apreensão

O delegado Alex Dani e mais dois policiais entraram na casa de José Maria após apresentarem um mandado de busca e apreensão

O delegado Alex Dani e mais dois policiais entraram na casa de José Maria após apresentarem um mandado de busca e apreensão

O delegado Alex Dani e mais dois policiais entraram na casa de José Maria após apresentarem um mandado de busca e apreensão

 

O delegado Alex Dani e mais dois policiais entraram na casa de José Maria após apresentarem um mandado de busca e apreensão

O delegado Alex Dani e mais dois policiais entraram na casa de José Maria após apresentarem um mandado de busca e apreensão

 

Leia Também:  Emenda do deputado Jesus Sérgio vai ampliar hospital e construir o centro de parto normal em Tarauacá
COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Política

Os irmãos Hassem deram um chá de cadeira em Márcia Bittar e não compareceram em reunião na câmara de Brasileia

Publicados

em

A pré-candidata ao Senado, Márcia Bittar, esteve no município de Brasileia com o intuito de se reunir na Câmara de Brasileia, com os novos filiados do grupo do casal Bittar, os pré-candidatos Tadeu Hassem e Israel Milani, acompanhado da esposa, prefeita Fernanda Hassem, mas o problema é que na hora da reunião, os irmãos Hassem e o Primeiro Damo deram um chá de cadeira em Márcia e não apareceram.

Segundo informações repassadas a redação do site 3 de Julho Notícias com exclusividade, a reunião contou apenas com a presença de Márcia Bittar e poucos apoiadores, dentre eles a presidente da Câmara, Arlete Amaral; o ex-vereador Vagner Galli; Blandina; Zemar e outros. Já a turma dos irmãos Hassem não apareceu, comportamento este, tido com ingratidão, haja vista que, quando foi para Tadeu e Israel se filiarem aos partidos políticos sob comando de Márcio Bittar, o casal juntamente com um dos filhos se fizeram presentes no ato como forma de dar boas vindas.

Dentre as muitas especulações, a que apresenta mais força é de que o grupo não quer aparecer publicamente com os Bittar, pois isso colocaria os irmão Hassem em maus lenços pelo fato de estares iludindo outros políticos com o argumento de apoio.

Leia Também:  VER. de Sena Madureira Matroiane Furtado não irar renunciar o cargo

Atualmente, o Casal Bittar encontra-se em situações estreitas com o governador Gladson Cameli, precisamente ambos os grupos estão rompidos, por ventura tem políticos tirando proveito desta situação e fazendo jogo triplo. As relações entre os irmão Hassem estão cada vez mais comprometedora, isto porquê a prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem e Cia, prometeu apoiar, o senador Petecão, grupo no qual a sogra está acomodada; prometeu apoiar o grupo do senador Márcio Bittar, onde o irmão Tadeu Hassem e o esposo Israel estão filiados e por último após fazer as pazes com o Governador Gladson prometeu apoio, inclusive, Fernanda já colocou boa parte da família e amidos mais próximos no governo com cargos de chefia e altas CECs.

Dentre os nomeados está a esposa de Tadeu, Higia, e uma sobrinha dos irmão Hassem esse seria um dos motivos para que os Hassem não apareçam na foto com os Bittar, para não correr o risco os altos cargos da família.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA