RIO BRANCO

Política

Tonheiro do (PT) é um dos 100 melhores prefeitos do Brasil

Satisfeito com a indicação feita pela UBD, Tonheiro dedicou o prêmio à população bujariense.

Publicados

Política

Satisfeito com a indicação feita pela UBD, Tonheiro dedicou o prêmio à população bujariense.

 Tonheiro Ramos (PT)

Tonheiro Ramos (PT)

Por Joabes Guedes

O prefeito de Bujari, Tonheiro Ramos (PT), foi considerado um dos 100 melhores gestores de municípios do Brasil pela União Brasileira de Divulgação (UBD), na categoria “Satisfação e Aprovação”. O programa “Os Melhores Prefeitos do Brasil por um Brasil Melhor” premia os 100 gestores mais bem avaliados nos primeiros oito meses de gestão.

Satisfeito com a indicação feita pela UBD, Tonheiro dedicou o prêmio à população bujariense. “Trabalhamos para a comunidade, nossa gestão foi pensada para atender as demandas da população. Nessa primeira etapa da nossa gestão, fizemos o melhor com o que dispúnhamos, considerando, é claro, a situação em que encontramos a prefeitura em janeiro”, enfatizou o prefeito.

Prefeitos de todos os estados foram avaliados. A avaliação feita pela UBD é criteriosa e leva em consideração uma série de fatores como boa gestão e transparência na aplicação do dinheiro público, boas práticas administrativas nas áreas de saúde, educação, merenda escolar e infraestrutura, enfim, a qualidade nos serviços prestados à população.

Leia Também:  No governo Gladson, paciente de Brasileia espera há mais de 13 dias por cirurgia com perna esfarela no pronto socorro de Rio Branco

Tonheiro foi convidado a receber o Troféu e o Certificado de Qualidade Total Brasil-Suíça em evento que será realizado no dia 12 de dezembro, em Recife – PE. Todos os 100 prefeitos que se destacaram na pesquisa da UBD receberão as Comendas.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Política

Mesmo com intervenção, Prefeitura não assumirá salários atrasados dos trabalhadores do sistema de transporte de Rio Branco

Publicados

em

Como diz no ditado popular, a corda só arrebenta do lado mais fraco – Foto: Reprodução

Em meio a maior crise do sistema de transporte coletivo dos últimos tempos, a população de Rio Branco vive um dilema e acorda todo dia sem saber se terá ônibus passando em sua região.

O prefeito Tião Bocalom (PP) tentou amenizar o problema repassando R$ 2 milhões e quatrocentos mil para as empresas quitar os débitos com empregados, acordo não cumprido e que foi um dos motivos para a intervenção no setor.

Diante da negligência de não colocar os coletivos para rodar desde domingo, o prefeito resolveu assumir o sistema, desde o abastecimento a parte gerencial como todo enquanto aguarda a nova empresa que chegará para assumir a responsabilidade de transportar cerca de 15 mil usuários dia.

O diretor da RBTRANS Vilas Boas, gravou um vídeo na noite de segunda-feira (18), para pedir o retorno dos motoristas ao trabalho e afirmando que eles terão os empregos mantidos, mas que não a gestão não pode assumir a dívida dos passivos em atraso. Trocando em miúdos, os empregados que tem de um a três salários em atrasos, alguns férias, outros sem FGTS, INSS que estava sendo deixado de ser depositado pelos patrões, não terão a garantia de recebimento.

Leia Também:  Acabou o leite, mais tem bananas: Acrelândia passa por situação delicada

O movimento sindical promete mais uma manifestação na manhã desta terça-feira (19), para pedir uma solução imediata para o transporte coletivo da capital e também defender os direitos dos trabalhadores, abandonados pelas empresas.

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA