RIO BRANCO

Política

Siglas menores não aceitando ninguém com mandato: PP e MDB abrem portas para deputados disputarem a reeleição

Publicados

Política

A corrida pela reeleição dos atuais deputados estaduais e federais já começou. O MDB e o Progressista estão de portas escancaradas para todos aqueles que precisam de legenda. Isto porque siglas menores estão negando espaços em suas chapas, não aceitando ninguém com mandato. 

A janela para a debandada estará aberta durante o mês de abril de 2022. Os partidos oferecem gratuitamente salvos condutos agora para quem quiser deixar as siglas, já que a presença de um parlamentar impede a formação das chapas. Ninguém quer disputar eleição com deputado nadando em estrutura e dinheiro.

O líder do governo, deputado Pedro Longo, está de malas prontas para trocar o PV pelo Progressistas onde acredita ter chance de reeleição. Chico Viga, André da Farmácia, Whendy Lima também devem mudar de partido.

Além de deputados, o Progressista e o MDB pretendem filiar secretários, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores para engrossar a chapa de deputado estadual. O mesmo deve ocorrer para deputado federal. Apesar do esforço, cinco, seis ou sete deputados estaduais em uma só chapa, seja no PP e PMDB, estarão criando as chamadas “chapas da morte”. Impossível todos se reeleger.

Leia Também:  Prefeito do Bujari presta contas das ações de governo

Enquanto a situação briga pela única vaga ao Senado na chapa com o governador Gladson Cameli, o PT vai comendo pela borda com a candidatura de Jorge Viana.

A verdade é que ninguém é dono de votos, a população faz movimentos diferentes a cada eleição.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Seringal urbano – Localizado no bairro Seis de Agosto, região central de Rio Branco, o Parque Capitão Ciríaco é o único seringal urbano do mundo. Pertenceu ao capitão Ciríaco Joaquim de Almeida, que esteve envolvido no movimento político conhecido como Revolução Acreana (1899 – 1903). Por seu valor histórico e ambiental, o espaço foi transformado em atração turística de Rio Branco em agosto de 1994. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Com expectativa de ampliação da cadeia produtiva do açaí no Estado, comitiva acreana vai ao Pará conhecer produção

Publicados

em

Na manhã desta quarta-feira, 1, o deputado Jenilson Leite (PSB), usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre para falar sobre a visita técnica que fará ao estado do Pará, onde visita a cadeia de produção do açaí na região. Na comitiva liderada pelo parlamentar, estão ainda outros parlamentares da Aleac, Prefeitos, Vereadores, Secretários e técnicos.

“O açaí no Pará se tornou um dos principais contribuintes na economia paraense, gerando mais de 5 bilhões para o PIB do estado e movimentando mais de 300 empresas”, disse Jenilson. O deputado ainda destacou que houve uma revolução agroindustrial na região, saindo do extrativismo e implementando cultivos do açaí no estado.

“Houve uma ousadia dos paraenses em sair do cultivo extrativista e iniciar plantios em várias regiões, sendo 90% do açaí produzido sendo de cultivo, ao contrário do nosso estado que é 98% sendo extrativista e nisso, os exemplos que estamos vendo devem ser implementados na vida dos acreanos”, destacou.

Jenilson ainda lembrou que o PIB do Acre é composto por 40% sendo de serviço público, agricultura e pecuária apenas com 10% e 2,3% sendo da indústria.

Leia Também:  Prefeito do Bujari presta contas das ações de governo

“Essa agenda de trabalho que está sendo conduzida pela Aleac, trará para o Acre a implementação de um forte programa que possa criar trabalho e renda para a população”, finalizou o deputado.

Projetos de Lei

O parlamentar já apresentou na Assembleia Legislativa do Acre projetos de lei voltados à certificação e incentivo. O primeiro PL apresentando foi o Selo do Açaí, instituindo o selo de qualidade do açaí.

E o segundo projeto é o Programa de Incentivo à Cultura do Açaí, que prevê assistência técnica para o plantio, colheita, transporte, comercialização e coleta dos caroços para a destinação de reuso dos resíduos.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A presidente do SINTEAC Rosana Nascimento, falando sobre o Abono da rede municipal de Rio Branco.. “É o governador Gladson Cameli e suas presepadas…ele não respeita a Educação do Estado, não respeita os professores…ele nem sabe os valores que serão pagos.. nós estamos pedindo esse abano e o governo e a secretaria não nos recebe”, diz presidente do SINTEAC Rosana Nascimento.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Leia Também:  Se passaram 15 dias da aprovação da lei que garante insalubridade dos servidores da saúde e o governo ainda não publicou, questiona Edvaldo Magalhães

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA