RIO BRANCO

Política

SEPA/AC e Prefeitura de Rodrigues Alves entregam alimentos do PAA a famílias vulneráveis

Publicados

Política

Nesta quarta-feira, 06, a Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (SEPA/AC) e a prefeitura de Rodrigues Alves realizaram a entrega de mais de 300 kits alimentares do Programa de Subvenção à Aquisição de Alimentos (PAA) do governo do Acre. O programa se tornou alternativa de minimização dos impactos do Covid-19 no Acre e beneficia famílias em situação de vulnerabilidade social.

O evento foi realizado na fábrica de derivados de banana e contou as presenças do prefeito em exercício, Pr. Nilson Magalhães, do Secretário de Produção e Agronegócio do Acre, Nenê Junqueira e da secretária municipal de Assistência Social, Rosimeire Teixeira, bem como de representantes de outras secretarias da área social do governo estadual.

O titular da SEPA/AC ressaltou que Rodrigues Alves é mais um município a ser contemplado pelo PAA, em parceria com as cooperativas e os próprios municípios. “Hoje fazemos essa entrega que beneficiará mais de 300 famílias. O objetivo do governo é o de dar assistência e apoio às famílias que mais necessitam e aos produtores da agricultura familiar”, ressaltou Nenê Junqueira.

Leia Também:  Deputada Jandira desabafa sobre Cunha: “Chapa avulsa é inconstitucional”

Já o prefeito em exercício agradeceu ao governo do estado pela execução do programa. “Não precisamos dizer muito para afirmarmos o quanto este programa se faz importante, especialmente por se tratar desse momento de dificuldades que ora enfrentamos. Obrigado, secretário Nenê Junqueira”, afirmou.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O líder do Movimento Social Pró Ponte, Ralf Luiz, frisou que a obra da ponte de Rodrigues Alves é salutar mas, que o governador Gladson Cameli precisa fazer o ‘dever de casa’ primeiro. “Essa Interligação é importante mas, o debate precisa ser mais bem amadurecida pelos dois países. O governador não fez nem o dever de casa. Rodrigues Alves por exemplo, está precisando de uma ponte há anos. A nossa BR-364 até hoje não foi concluída. Portanto, discutir sobre a Interligação de Cruzeiro do Sul com Pucallpa é uma discrepância sem fim”, Concluiu.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Leia Também:  Justiça aceita denúncia contra a prefeita Marilete Vitorino por improbidade administrativa

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Policiais penais não aceitam proposta do governo Gladson para Lei Orgânica e mantêm paralisação

Publicados

em

Policiais penais não aceitam proposta do governo para Lei Orgânica e mantém paralisação no AC — Foto: Arquivo/Asspen

Os policiais penais do Acre não aceitaram a nova proposta entregue pelo governo com relação à Lei Orgânica que regulamenta a categoria e continuam com protesto. Um grupo segue acampado na frente da Assembleia Legislativa do estado (Aleac) neste sexta-feira (3).

Após assembleia geral, a Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário do Acre (Asspen) emitiu uma nota dizendo que a categoria não aceitou a proposta sobre o enquadramento da carreira para o nível superior.

É que os policiais penais querem ser elevados de nível médio para superior e o governo diz que não existe lei que ampare essa solicitação.

“Sobre a carreira de nível superior informamos que não é possível fazer um concurso público em nível médio e ascender para nível superior sem passar por outro concurso. Não existe lei que ampare esse requisito”, diz a porta-voz do governo, Mirla Miranda.

A nova proposta apresentada pela equipe do governo era de que ficaria assegurado o nível superior aos policiais penais que, por ventura, venha a ingressar na instituição em concursos futuros.

Leia Também:  Vereador E Vice Prefeito De Brasiléia Mudam De Partido

“A referida proposta visa assegura o nível superior apenas para os policiais penais que eventualmente ingressarão nas fileiras da instituição, deixando aqueles que já são parte, órfãos e em um quadro de cargos em extinção. A associação reitera que o parecer jurídico apresentado pela PGE está baseado em uma decisão inter partes, que não guarda relação com a realidade da Polícia Penal do Acre, servindo, portanto e tão somente, para justificar a falta de vontade política do governo em atender nosso pleito”, afirmou a associação em nota.

A categoria tem pressionado o governo a incluir no projeto de lei enviado pelo governo do estado à Aleac a equiparação de salários com as outras forças de Segurança, a incorporação da gratificação aos salários e mudança do contrato de nível médio para superior. Por G1 Acre.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O Gefron apreendeu dentro de Van do município de Brasileia aproximadamente 150 kg de entorpecente, seria esta a maior apreensão daquela regional. De acordo com informações preliminares, o veículo da prefeitura iria realizar mais um transporte de pacientes que estão fazendo tratamento em Rio Branco quando foi surpreendido pelo policiais, após revistarem os pacientes e o veículo encontraram em uma sacola preta com todo o entorpecente.

Leia Também:  Câmara Municipal de Brasileia realiza 11ª Sessão Ordinária

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA