RIO BRANCO

Política

Vídeo-Professor é Humilhado Pela gestão de André Hassem

O professor afirma que está sendo perseguido pela prefeitura por ter participado da paralisação

Publicados

Política

O professor afirma que está sendo perseguido pela prefeitura por ter participado da paralisação

veja o vídeo com a palavra do professor

Na manhã dessa quarta-feira (11) durante reunião de pais e mestre da Escola Santa Fé, localizada na comunidade do Guajará, o professor Sebastião “MACUAPA” foi humilhado por funcionários da prefeitura de Epitaciolândia. Ele foi obrigado a pedir desculpas os Coordenadores: Francineide dos Santos Costa e Jose Rodrigues Furtado, por ter usado um termo pejorativo para classificar a conduta dos coordenadores.

O professor afirma que está sendo perseguido pela prefeitura por ter participado da paralisação dos funcionários da educação no mês de agosto, e de lá pra cá as perseguições não pararam. E por ter denunciado professores que recebem dobra sem trabalhar: “Há professores que tem dobra sem trabalhar só porque é puxa saco do prefeito”.

professorSebastião lecionava na Escola Castelo Branco, localizado no km 20, como represália foi lotado em outra escola contra a sua vontade, tendo que percorrer 72 km diariamente, e gastar parte de seu salário com combustível e manutenção de seu veiculo (moto).

Leia Também:  Com a presença do Prefeito Jerry Correia, Projeto Cidadão é realizado em Assis Brasil pelo Tribunal de Justiça do Acre

Em uma audiência na Delegacia de Policia Civil de Epitaciolândia o professor Sebastião pediu desculpas aos coordenadores Francineide dos Santos Costa e Jose Rodrigues Furtado, os mesmo não aceitaram, disseram que só aceitaria perante reunião com a presença dos pais de alunos.

A Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, Graça Rocha, foi até a escola para ver de perto a situação. Ao presenciar o ato, ela classificou como uma forma de humilhar o professor, haja vista, que tentou pedir desculpas na Delegacia e não foi aceito. “Estou estarrecida com que estou vendo aqui, isso é abuso de poder, isso não vai ficar assim”.

“È um ato de grandeza a pessoa admitir que errou.O fato de querer que ele pedisse desculpas perante aos pais, foi porque ele ofendeu em uma reunião de pais. Disse o coordenador Jose Rodrigues.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Política

Com apenas um veículo na câmara de Brasileia, presidente Arlete Amaral já gastou mais de 52 mil em combustível em 2021

Publicados

em

Presidente da Câmara Arlete gastou R$ 2 mil  em maio e em outubro R$ 8 mil para resolver os problemas da Câmara – Foto: Assessoria Câmara de Brasileia / Arte Alemão Monteiro

Em acompanhamento ao Portal da Transparências da Câmara de Vereadores de Brasileia, nota-se que está havendo uma grande diferença no consumo de combustível do Poder Legislativo, representado pela atual presidente Arlete Amaral, entre um mês e outro sempre com a mesma justificativa, aquisição de combustível para atender as demandas da Câmara.

No mês de maio de 2021, a Câmara de Brasileia gastou R$ 2.802,04 (dois mil oitocentos e dois reais e quatro centavos) com aquisição de combustível para atender as demandas da Câmara Municipal. Já no mês de junho, esse consumo aumentou significativamente saltando para R$ 5.296,42 (cinco mil duzentos e noventa e seis reais e quarenta e dois centavos) também com a mesma justificativa.

Nos meses seguintes o valor continuou subindo para valores superiores a R$ 6.000,00 (seis mil reais), mas foi no mês de outubro que se surpreendeu muito e desde já pedimos que o Ministério Público investigue os motivos que levaram a Câmara saltar de 2 mil reais para R$ 8.410,38 (oito mil quatrocentos e dez reais e trinta e oito centavos) usando os mesmos argumentos referente a outubro, atender as demandas da Câmara de Vereadores de Brasileia, até para nos certificarmos de que não está havendo irregularidades.

Leia Também:  Veja o Vídeo: Máquina da prefeitura de Brasiléia é encontrada nas terra de Aldemir Lopes.

Por que ao longo dos meses a presidente Arlete Amaral aumentou significativamente a despesa com aquisição de combustível para atender estas demandas, sendo que aa Câmara dispõe de apenas um veículo que segundo informações encontra-se mais tempo parado do que circulando na cidade.

Além do gasto com combustível, notou-se também que a presidente Arlete recebeu em diárias o valor de R$ 3.770, 05 (três mil setecentos e setenta reais e cinco centavos) com a justificativa de sempre que é tratar de assunto da Câmara Municipal de Brasileia. 

O outro lado

A redação do portal 3 de Julho Notícias entrou em contato com a assessora Samara Hassem que tentou justificar o aumento do gasto com combustível afirmando que a presidente toda semana da uma quantidade para alguns vereadores e por esse motivo deu-se o aumento no gasto e também o preço que quase todo mês tem aumento.

E Veja Também no 3 de Julho Brasil 24 Horas

Veja o Vídeo Abaixo: A leseira dessa turma da potoca parece não ter limites e também falta a eles conhecimento da minha história no Amapá. No contra-ataque de hoje, vai uma aula sobre minha vida no Amapá. Do Santina Rioli, passando pelo CCA e pela UNIFAP até os dias como professor e parlamentar. Criei raízes no antigo bairro da Favela, hoje Santa Rita, onde moro até hoje. Mas essas e tantas outras coisas são ignoradas pelos que vivem da mentira. Já a gente, compartilha a verdade.

Leia Também:  Presidente Rogério Pontes pede providencia aos Bancos com a falta de dinheiro nos caixas eletrônicos

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA