RIO BRANCO

Política

Produtores de recebem equipamentos e bônus de certificação

Publicados

Política

Produtora se emociona ao receber roçadeira das mãos do governador Tião Viana

Tatiana Campos

Michele recebe as chaves do trator e do carro utilitário financiados por meio do crédito rural (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Michele recebe as chaves do trator e do carro utilitário financiados por meio do crédito rural (Foto: Sérgio Vale/Secom)

A microeconomia no campo é libertadora. A frase, do governador Tião Viana, expressa uma aposta do governo do Estado que se traduz em investimento, apoio e incentivo ao homem do campo, que diversificando a produção e tendo acesso aos mercados, pode ingressar na sonhada classe média rural. E ela já existe em Manoel Urbano, onde o governador Tião Viana esteve mais uma vez, nesta quinta-feira, 19, para entregar roçadeiras e bônus de certificação aos produtores.

“A agricultura familiar é feita por gente trabalhadora, que acorda cedo e não mede esforços para vencer na vida. O que precisavam era de um apoio, uma mecanização na terra, uma roçadeira que ‘faz’, como um produtor disse, o trabalho de cinco anos. Nós ficamos felizes quando encontramos pessoas que estão conseguindo vencer e ter uma renda de classe média rural”, disse o governador.

Equipamentos foram adquiridos com recursos da parceria entre o governo do Estado e SKY Reino Unido (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Equipamentos foram adquiridos com recursos da parceria entre o governo do Estado e SKY Reino Unido (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Há alguns anos um produtor familiar não tinha condições de acessar uma instituição financeira e ser beneficiado pelo crédito rural, que não se destinava aos pequenos agricultores. Hoje a realidade é outra. Michele Soares Maia financiou R$ 130 mil e comprou um trator agrícola e uma saveiro. As chaves foram entregues pelo governador Tião Viana durante a solenidade, simbolizando a vitória do homem do campo. Além de mecanizar a produção, Michele terá facilidade em transportar os produtos para a cidade. Em três anos de governo, só no setor de crédito, foram contratados R$ 144 milhões em financiamentos rurais graças ao apoio da assistência técnica, que faz a ponte com as instituições financeiras e elabora os projetos.

Leia Também:  Leo de Brito cobra fiscalização em superfaturamento de obra feita por construtora da família Cameli

Dentro do Programa de Certificação das Propriedades 236 produtores rurais receberam bônus de apoio à produção rural, no valor de R$ 250, que incentiva o uso de roçados sustentáveis em detrimento da prática do uso do fogo. O secretário de Produção, Lourival Marques, explica que as roçadeiras e os bônus resultam da parceria com a SKY Reino Unido, que tem apoiado o governo do Estado na preservação da floresta e desenvolvimento das populações tradicionais.

“Pobre é quem não tem fé e não trabalha, porque quem trabalha muda de vida. Eu nunca vi um governador que anda no meio do povo e pergunta o que é preciso para melhorar de vida como ele faz e oferece as condições necessárias para que essa mudança aconteça”, disse a deputada Marileide Serafim.

Produtora se emociona ao receber roçadeira das mãos do governador Tião Viana (Foto: Sérgio Vale/Secom)

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Política

Deputado Leo de Brito, diz que vale-gás começa a ser pago e deve beneficiar 51 mil famílias no Acre

Publicados

em

A partir desta terça-feira, 18, começa a ser pago o “vale-gás”, auxílio que garante aos beneficiados o recebimento de 50% do valor de uma botija de gás de 13 quilos.

A lei do vale-gás se tornou possível depois que o deputado federal Leo de Brito (PT-AC) e os demais parlamentares que compõem a bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara dos Deputados apresentaram o Projeto de Lei 1374/21 para que se instituísse o benefício para famílias de baixa renda, tendo em vista que o país registra no último ano altas consecutivas no valor da botija de gás, levando milhões de pessoas a buscar meios alternativos e em muitos casos, que colocam suas vidas em risco, para cozinhar alimentos.

“Estou muito feliz que o auxílio gás, que foi criado por meio de um projeto de lei de minha autoria, esteja chegando agora na casa de cinco milhões e meio de brasileiros. Só no Acre, são 51 mil famílias atendidas por esse auxílio. São famílias que precisam dessa ajuda diante da grave situação de insegurança alimentar registrada no Estado atualmente. Dados apontam que cerca de 60% das famílias acreanas enfrentam a insegurança alimentar atualmente”, afirma Leo de Brito.

Leia Também:  Vice-governador Major Rocha, até o momento, é o maior derrotado nestas eleições

Como ter acesso ao vale-gás

O deputado federal acreano destaca que para ter acesso ao auxílio para compra do gás de cozinha, as famílias devem procurar a unidade de Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência e realizar o cadastro.

Têm direito ao benefício às famílias inscritas no CadÚnico com renda familiar mensal, por pessoa da família, menor ou igual a meio salário mínimo. Também têm direito as famílias com integrantes do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Mulheres chefes de família têm prioridade para receber o benefício, assim como as mulheres vítimas de violência. Para isso, foi feito convênio com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“Esse meu projeto é uma ação no combate à fome que assola nosso país e, principalmente, milhares de famílias do Acre. As pessoas estão sofrendo com a alta inflação que eleva todos os dias os preços do alimentos, dos combustíveis, na conta de luz e eu, pelo nosso mandato, sigo trabalhando para buscar alternativas para ajudar quem mais precisa, que sofre com a falta de emprego, de oportunidades”, acrescenta Leo de Brito.

Leia Também:  Prefeitura de Brasiléia realiza Atendimento Itinerante na comunidade do Tojal no km 84

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA