Política

Presidente da Câmara de Tarauacá nomeia aluno de medicina que mora na Bolívia com salário de R$ 2,3 mil

Publicados

Política

Nesta segunda-feira, 24, o presidente da Câmara de Vereadores de Tarauacá, Francisco Feitoza Batista (PDT), nomeou Alexandre da Silva Oliveira, conhecido por “Dico”, para o cargo de Gerente de Departamento da Câmara Municipal.

A nomeação chamou atenção, porque “Dico”, que já foi candidato à vereador pelo mesmo partido de Chico Batista, reside em Pando, Cobija, na Bolívia, onde é estudante de medicina na Universidad Amazónica de Pando FP, conforme informação do próprio estudante em sua rede social.

A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado do Acre – DOE, edição nº. 13.209, fls. 41/42, desta segunda-feira, 24.01.2022 (veja a nomeação aqui), e o salário é de R$ 2.300 mil.

A Lei Municipal nº 1.008, de 27/12/2021, sancionada pela prefeita Maria Lucineia Nery de Lima Menezes (PDT), além de criar cargos e aumentar salários dos servidores da Câmara Municipal, criou cinco cargos de gerente de departamento. “Dico” já é o terceiro nomeado até hoje. Semana passada havia sido nomeadas Tâmara da Silva Basgal e Maria Simone Moura das Chagas, para o mesmo cargo.

Leia Também:  Deputado Jesus Sérgio destina R$13 milhões para pavimentação das ruas da cidade de Tarauacá

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

“Governador Gladson está cancelando cirurgias na Fundação Hospitalar por falta de material esterilizado”, denúncia Jenilson

Publicados

em

O deputado estadual Jenilson Leite (PSB), que é médico infectologista, usou a tribuna da Aleac para cobrar providências sobre a situação da saúde pública do Acre, especialmente, na Fundação Hospitalar, onde o tem sido cancelado cirurgias dos pacientes por falta de material esterilizado.

Segundo Jenilson, o governo anunciou tardiamente um mutirão de cirurgias, mas na Fundhacre, têm pacientes que por duas vezes teve a cirurgia remarcada devido a falta de material esterilizado. “Deixo minha crítica e cobro providências urgentes do governo, porque foi feito o anúncio de um grande mutirão de cirurgias, inclusive fora de tempo. E é o mesmo governo que está remacarcando as cirurgias na Fundação Hospitalar. Isso ocorre diariamente na Fundação Hospitalar. Tem pacientes que são internados e depois quando chegam no centro cirúrgico não tem material estilizado, aí voltam para a casa “, afirma o deputado.

” Isso não pode acontecer. Para além de ser um problema para a saúde do paciente, é um desrespeito com o cidadão, com a saúde mental e física. São muitos problemas e tenho certeza que no pese nossas divergências entre os deputados da base, nós estamos percebendo que o Acre precisa de novos rumos”, disse Leite.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Morte de traficante na Bolívia volta a intensificar guerra de facção em Brasileia e Epitaciolândia, diz Segurança
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA