Política

Presidente da Aleac, Nicolau Júnior, defende reajuste para servidores durante evento em Brasileia

Publicados

Política

Assessoria – O Instituto de Meio Ambiente do Acre (IMAC) e a Secretaria de Meio Ambiente e dos Povos Indígenas( SEMAPI), entraram nesta quinta feira (24), em Brasiléia, o Centro Integrado de Meio Ambiente (CIMA) unidade que vai agregar oito secretarias do Estado.

Convidado para participar do evento, o presidente da Assembleia Legislativa, Nicolau Júnior, enfatizou que o governo vem executando no Meio Ambiente todas as ações previstas no plano de governo, e destacou que a entrega do espaço vai facilitar a vida do homem do campo na região do Alto Acre.

“ Isso vai facilitar a vida dos produtores que terão em um só lugar os serviços que antes eles precisavam ir à Rio Branco e peregrinar por vários órgãos. Parabenizo os gestores que atuaram para que essa obra saísse do papel”, disse o presidente.

Nicolau aproveitou a ocasião para defender o reajuste salarial que o governo, segundo ele, deve anunciar nos próximos dias. O deputado lembrou que hoje o Acre tem 32.811 servidores ativos e uma folha salarial de R$ 283 milhões. Ele disse ser favorável a concessão de um auxílio de forma linear, contemplando assim, principalmente, os servidores que recebem menores salários.

Leia Também:  Prefeitura de Assis Brasil não pagou o salário dos professores e nem os toyoteiros

“Defendo a ideia da concessão de um auxílio que possa contemplar todos os servidores. Tenho certeza que o governador não irá tomar uma atitude irresponsável de colocar a folha em risco. Agradeço pela receptividade aqui no Alto Acre e deixo meu fraterno abraços a todos vocês”, colocou o presidente.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Os irmãos Hassem deram um chá de cadeira em Márcia Bittar e não compareceram em reunião na câmara de Brasileia

Publicados

em

A pré-candidata ao Senado, Márcia Bittar, esteve no município de Brasileia com o intuito de se reunir na Câmara de Brasileia, com os novos filiados do grupo do casal Bittar, os pré-candidatos Tadeu Hassem e Israel Milani, acompanhado da esposa, prefeita Fernanda Hassem, mas o problema é que na hora da reunião, os irmãos Hassem e o Primeiro Damo deram um chá de cadeira em Márcia e não apareceram.

Segundo informações repassadas a redação do site 3 de Julho Notícias com exclusividade, a reunião contou apenas com a presença de Márcia Bittar e poucos apoiadores, dentre eles a presidente da Câmara, Arlete Amaral; o ex-vereador Vagner Galli; Blandina; Zemar e outros. Já a turma dos irmãos Hassem não apareceu, comportamento este, tido com ingratidão, haja vista que, quando foi para Tadeu e Israel se filiarem aos partidos políticos sob comando de Márcio Bittar, o casal juntamente com um dos filhos se fizeram presentes no ato como forma de dar boas vindas.

Dentre as muitas especulações, a que apresenta mais força é de que o grupo não quer aparecer publicamente com os Bittar, pois isso colocaria os irmão Hassem em maus lenços pelo fato de estares iludindo outros políticos com o argumento de apoio.

Leia Também:  Decisão da ONU reforça recurso de Lula no Supremo Tribunal Federal

Atualmente, o Casal Bittar encontra-se em situações estreitas com o governador Gladson Cameli, precisamente ambos os grupos estão rompidos, por ventura tem políticos tirando proveito desta situação e fazendo jogo triplo. As relações entre os irmão Hassem estão cada vez mais comprometedora, isto porquê a prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem e Cia, prometeu apoiar, o senador Petecão, grupo no qual a sogra está acomodada; prometeu apoiar o grupo do senador Márcio Bittar, onde o irmão Tadeu Hassem e o esposo Israel estão filiados e por último após fazer as pazes com o Governador Gladson prometeu apoio, inclusive, Fernanda já colocou boa parte da família e amidos mais próximos no governo com cargos de chefia e altas CECs.

Dentre os nomeados está a esposa de Tadeu, Higia, e uma sobrinha dos irmão Hassem esse seria um dos motivos para que os Hassem não apareçam na foto com os Bittar, para não correr o risco os altos cargos da família.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA