RIO BRANCO

Política

Prefeitura não agua Marinho Monte e população respira poeira e espira tijolo

A prefeitura de Brasiléia através da secretaria de obras não agua a Av. Marinho Monte (Costela de Vaca) e população faz o trabalho que é do gestor municipal.

Publicados

Política

A prefeitura de Brasiléia através da secretaria de obras não agua a Av. Marinho Monte (Costela de Vaca) e população faz o trabalho que é do gestor municipal.

Por Alemão Monteiro 3 de Julho Noticias

Marinho Monte em Brasiléia

A situação da Avenida Marinho Montes está se tornando a mais difícil possível, nos últimos três anos a prefeitura através da secretaria de obras tem deixado a desejar com relação ao aguamento na Avenida.

Moradores da localidade e aqueles que tem comércio na avenida ficam tendo que aguar por conta própria em frente de seu estabelecimento, à tempos que os moradores vem sofrendo com o abandono e o desrespeito por parte da prefeitura de Brasiléia que por sua vem fazendo algumas tarefas que são essenciais.

Marinho Monte

Já não tendo à quem apelar a situação dos moradores com relação a avenida Marinho Monte só vem piorando, e os mesmo sofrendo com tanta poeira, esperamos que providências sejam tomadas para amenizar o sofrimento dos moradores.

Triste e sem perspectiva de melhora, moradores fazem um trabalho que não é obrigação deles fazer e a secretaria de obras está dormindo no ponto quando se trata de aguar a Avenida Dr. Manoel Marinho Montes.

Leia Também:  Verª Tereza com certeza denuncia sucateamento de pontes na zona rural de Brasiléia

Marinho

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Morador grava vídeo denunciando as péssimas condições de rua na atual gestão de Fernanda Hassem

Publicados

em

Um morador da rua Rondônia gravou um vídeo denunciando as péssimas condições da referida Via, segundo ele, os moradores que precisam trafegar pela rua não aguentam mais o abandono por parte da atual gestão de Fernanda Hassem, segundo ele há pelo menos 6 anos que a localidade não recebe manutenção da prefeitura de Brasileia.

Os moradores, revoltados com a situação resolveram tornar público essa situação para que o Poder Público tome providências quanto a esta situação específica. Vale destacar que não só a rua Rondônia encontra-se nesta condição, mas a maioria das vias do município encontra-se em péssimas condições.

Por se tratar de uma rua que dá acesso a escola infantil Menino Jesus e a uma distribuidora de gás os moradores almejam ainda mais uma melhoria, pois segundo eles, no período do inverno, os alunos enfrentam grande dificuldades para chegar a escola, onde saem de casa limpos e chegam na escolas sujos de lama por conta da falta de dignidade no tráfego.

“A cada chuva que cai o açude aumenta mais se jogar tambaqui aqui se cria porque a situação está cada vez pior, tá com mais de 6 anos que essa rua não recebe um tapa buracos, aqui quando as crianças estão indo para a escola elas sofrem”, concluiu um morador.

Leia Também:  Tião Viana conhece experiência em usina de energia solar na Bolívia

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA