RIO BRANCO

Educação

Prefeitura De Assis Brasil Não Paga Piso Nacional Da Educação

Prefeitura De Assis Brasil Não Paga Piso Nacional Da Educação E Sindicato Decide Entrar Com Ação Judicial

Publicados

Educação

Prefeitura De Assis Brasil Não Paga Piso Nacional Da Educação E Sindicato Decide Entrar Com Ação Judicial

Prefeitura De Assis Brasil

Prefeitura De Assis Brasil

Jerry Correia-Assis Agora

O Sindicato dos Profissionais da Educação – Núcleo de Assis Brasil decidiu na noite desta quarta-feira (04), ingressar com Ação Judicial contra a Prefeitura Municipal de Assis Brasil que deixou de pagar os salários dos professores de acordo com o Piso Nacional que em 2013 sofreu reajuste de 7,97%.

A presidente do Sinteac de Assis Brasil, professora Tânia Maria, revelou que todas as negociações com a Prefeitura foram esgotadas e que diversos documentos foram encaminhados e até o momento nenhuma resposta obtida. “Desde o início do ano estamos tentando dialogar com a Prefeitura, mas não tivemos nenhum posicionamento da gestão municipal. Agora o que nos resta fazer é procurar nossos direitos na Justiça”, disse.
 
A presidente do Sinteac em todo o estado do Acre, professora Rosana, também participou da reunião e deu total apoio aos profissionais de Assis Brasil. Segundo ela, não há mais o que esperar e o sindicato deve ingressar com uma Ação Judicial imediatamente. “A Prefeitura simplesmente está descumprindo o que diz a Lei e trazendo prejuízo ao bolso dos professores desta cidade. Casos como este a Justiça resolve rapidamente, por isso mesmo vamos dá todo apoio jurídico para o Sinteac de Assis Brasil ingressar com uma Ação Judicial que vai garantir o pagamento destas percas”, afirmou.
 
O sindicato decidiu encaminhar documento ao gabinete do prefeito informando o conteúdo da reunião e noticiando a possível Ação Judicial. Os profissionais ameaçam ainda não iniciar o ano letivo de 2014 caso o impasse não seja resolvido.
Presidente do Sinteac garantiu total apoio aos profissionais/imagem assisagora

Presidente do Sinteac garantiu total apoio aos profissionais/imagem assisagora

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Deputada Maria Antônia solicita implantação de unidade do IML em Brasileia

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Educação

Escola infantil de Rio Branco é desativada por falta de saída de emergência; alunos são transferidos

Publicados

em

Alunos do pré I têm vaga garantida na Escola Menino Jesus — Foto: Prefeitura de Vilhena/Reprodução

A Secretaria de Educação de Rio Branco (Seme) precisou transferir cerca de 140 alunos para outros colégios após a desativação do prédio onde funcionava a Escola Alexandre dos Santos Leitão, no Centro da capital.

É que o local não tem saída de emergência e não atende os padrões de projeto exigidos pelo Corpo de Bombeiros do Acre.

A Educação informou que, ao longo dos anos, fez algumas intervenções no prédio para tentar melhorar o acesso, porém, as limitações do espaço impossibilitaram ‘a implementação de uma rota de fuga que atenda os padrões de projeto exigidos pelo CBM/AC’.

Com o fechamento, a Seme fez as seguintes transferências: Alunos que concluíram o pré I serão encaminhados para a Escola Municipal Menino Jesus, no Centro de Rio Branco; Alunos que concluíram o pré II serão encaminhados às escolas estaduais para o 1º ano do Ensino fundamental; A pasta destacou ainda que os alunos do pré I já têm vaga garantida na Escola Menino Jesus. O prédio onde funcionava a escola é cedido ao Poder Público e, por isso, a prefeitura não pode investir recursos públicos. Com informações do G1 Acre.

Leia Também:  Prefeito interino de Brasiléia Jorge da Fazenda tomou posse na tarde desta sexta-feira

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O ex-deputado federal, Sibá Machado, gravou um vídeo polêmico onde fez um desabafo contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, o Juiz Sérgio Moro e o governador do Acre, Gladson Cameli. Sibá não perdeu a oportunidade de alfinetar o gestor em se tratando do escândalo de corrupção no qual para a Polícia Federal, Cameli é tido como o chefe de uma organização Criminosa que desviou quase R$ 1 bilhão de reais dos cofres públicos do Estado.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA