Política

“Olha o trabalho do cretino do Bocalom, prefeito dessa capital. Rio Branco está virando uma favela graças a cretinice da prefeitura”, diz Joana D’Arc

Publicados

Política

A gestão do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, tem dado o que falar após o gestor querer caracterizar a Capital do Acre com as cores do seu partido e destruir parte das belezas de Rio Branco que é a arborização da Cidade.

Recentemente, a Prefeitura de Rio Branco iniciou as obras de revitalização da AC–40, na via Chico Mendes, região do Segundo Distrito da capital, onde foram retirados todos os canteiros onde ficam as plantas que embelezam e separam a rodovia da ciclovia, vale lembrar que a AC-40 é uma das vias mais movimentadas da cidade.

A ação causou revoltas nos munícipes que não viram com bons olhos essa “obra” da prefeitura, como é o caso da moradora Joana D’Arc Valente Santana que transmitiu uma live em sua página do facebook fazendo duras críticas ao prefeito e sua gestão.

Na transmissão, Joana chama Bocalom de cretino e afirma que Rio Branco está virando uma favela graças a cretinice da prefeitura, a mesma faz referencia a expoacre que terá início com a AC-40 nas piores condições.

Leia Também:  Vereadora Ivelina foi quem buscou a vinda da SEPN, à Assis Brasil

Com a demolição de toda jardineira em tijolos maciços, a Seinfra deve instalar balizadores e barreiras intercaladas, além de meio-fio e sinalizações vertical e horizontal ao longo da ciclovia.

A previsão é que as obras sejam concluídas em um prazo de 180 dias. Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra), são cerca de quatro quilômetros devem ser revitalizados, com um investimento de mais de R$ 1,5 milhão, pagos com recursos próprios da prefeitura. 

Veja o Vídeo:

Prefeitura de Rio Branco inicia obra de revitalização da Via Chico Mendes e retira canteiros de ciclovia – Foto: Andryo Amaral / Rede Amazônica e Reprodução

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Fernanda Hassem teve o orçamento de quase 120 milhões aprovado na câmara, não fez nada até agora e vai receber mais R$ 6 mil de recurso federal

Publicados

em

Programa contribui para o processo de aprimoramento, implementação e integração sistêmica das atividades da assistência farmacêutica – Foto: Assessoria PMB

A prefeita do município de Brasileia, Fernanda Hassem, conseguiu a aprovação que tanto queria onde o orçamento anual chega a quase R$120.000.000,00 para serem aplicado nas mais diversas áreas do município, mas o que chama a atenção é que durante esse primeiro semestre não se viu estes milhões serem aplicados no município, muito pelo contrário, a população hoje enfrenta grandes problemas em virtude da falta de investimento.

A quem diga que, Brasileia hoje era para estar vivendo um dos melhores momentos de sua história, pois dinheiro tem o que falta é uma boa gestão. E em se tratando de dinheiro, mesmo com os quase R$120 milhões, a sua disposição e sem fazer nada, Brasileia está entre as Cidades que receberam do Governo Federal o valor de R$ 6.000,00 (seis mil reais).

As nove cidades do Acre receberam R$ 54 mil de recurso federal para monitoramento de 2022 do Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica. Segundo as diretrizes, o programa não só financia a aquisição e distribuição de medicamentos, como também ajuda no desenvolvimento do Sistema Nacional de Gestão da Assistência Farmacêutica, oferecendo cursos de capacitação de profissionais farmacêuticos.

Leia Também:  Detento de 40 anos é encontrado morto dentro do presídio FOC em Rio Branco

Tem então, por finalidade, contribuir para o processo de aprimoramento, implementação e integração sistêmica das atividades da assistência farmacêutica nas ações e nos serviços de saúde, visando a uma atenção contínua, integral, segura, responsável e humanizada.

A liberação do recurso foi divulgada na quarta-feira (3) no Diário Oficial da União. Vamos ver se agora, com a destinação do recursos para este fim, se quando a população procurar remédio na farmácia municipal, se encontrarão.

Cada cidade vai receber R$ 6 mil e são elas:

Acrelândia

Brasileia

Bujari

Mâncio Lima

Marechal Thaumaturgo

Porto Walter

Rio Branco

Rodrigues Alves

Xapuri

Nove cidades do Acre recebem R$ 54 mil de recurso federal para assistência farmacêutica – Foto: Ana Paula Xavier / Rede Amazônica Acre

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A vereadora do município de Brasileia, Neiva Badotti, afirma que o mensalinho, agora na atual gestão o feito é praticado via pix, o que antes era mensalinho por meio de folhinha agora, na gestão de Fernanda Hassem foi informatizado, ou seja, modernizaram a possível prática de lavagem de dinheiro.

Leia Também:  Lixão há 9 dias pega fogo em Brasiléia. Morador clama por socorro ao ministério público

Acompanhe nossas Redes Sociais

Veja-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na Página do Instagram 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA