RIO BRANCO

Política

Nicolau acompanha caravana do ministro Occhi no alto acre

Nicolau acompanha caravana do ministro Occhi em apoio às vitimas da enchente no alto Acre Brasiléia, Epitaciolândia, Xapuri

Publicados

Política

Nicolau acompanha caravana do ministro Occhi em apoio às vitimas da enchente no alto Acre Brasiléia, Epitaciolândia, Xapuri

Por Jairo carioca Da Assessoria

Nicolau

O deputado Nicolau Junior acompanhou a caravana do ministro Gilberto Occhi que durante toda o dia de hoje (27)inspecionou os estragos causados pelas enchentes nos municípios de Xapuri, Epitaciolândia e Brasileia. 

Occhi veio acompanhado de técnicos dos ministérios da Defesa, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, da Educação, da Saúde e da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa (Sedec) do MI.

“A vinda do ministro foi trabalhada através da bancada federal com o esforço do senador Gladson Cameli. Graças a Deus essa união deu certo e as famílias já terão acesso a kits emergenciais que amenizam o sofrimento” citou o deputado.

O parlamentar participou da reunião com o governador Sebastião Viana e equipes da Defesa Civil no aeroporto Internacional de Rio Branco. Semana que vem o progressista acompanha o senador Gladson Cameli em audiências nos ministérios, vai solicitar mais recursos para ajudar na recuperação das cidades atingidas pelas cheias e projetos voltados para a região do Juruá.

Leia Também:  Urgente: Bebê de 8 meses morre com Covid-19 no Acre; Sesacre registra mais de 300 casos em 24h

“Nossa luta está apenas começando. Vamos tratar em Brasília de assuntos relacionados as cheias, como a construção de casas populares para as famílias atingidas – projeto já garantido pelo ministro – mas também de assuntos importantes para a região do Juruá,” garantiu Nicolau.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Deputado Leo de Brito, diz que vale-gás começa a ser pago e deve beneficiar 51 mil famílias no Acre

Publicados

em

A partir desta terça-feira, 18, começa a ser pago o “vale-gás”, auxílio que garante aos beneficiados o recebimento de 50% do valor de uma botija de gás de 13 quilos.

A lei do vale-gás se tornou possível depois que o deputado federal Leo de Brito (PT-AC) e os demais parlamentares que compõem a bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara dos Deputados apresentaram o Projeto de Lei 1374/21 para que se instituísse o benefício para famílias de baixa renda, tendo em vista que o país registra no último ano altas consecutivas no valor da botija de gás, levando milhões de pessoas a buscar meios alternativos e em muitos casos, que colocam suas vidas em risco, para cozinhar alimentos.

“Estou muito feliz que o auxílio gás, que foi criado por meio de um projeto de lei de minha autoria, esteja chegando agora na casa de cinco milhões e meio de brasileiros. Só no Acre, são 51 mil famílias atendidas por esse auxílio. São famílias que precisam dessa ajuda diante da grave situação de insegurança alimentar registrada no Estado atualmente. Dados apontam que cerca de 60% das famílias acreanas enfrentam a insegurança alimentar atualmente”, afirma Leo de Brito.

Leia Também:  Acorda Brasiléia, ta na hora de mudar.

Como ter acesso ao vale-gás

O deputado federal acreano destaca que para ter acesso ao auxílio para compra do gás de cozinha, as famílias devem procurar a unidade de Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência e realizar o cadastro.

Têm direito ao benefício às famílias inscritas no CadÚnico com renda familiar mensal, por pessoa da família, menor ou igual a meio salário mínimo. Também têm direito as famílias com integrantes do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Mulheres chefes de família têm prioridade para receber o benefício, assim como as mulheres vítimas de violência. Para isso, foi feito convênio com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“Esse meu projeto é uma ação no combate à fome que assola nosso país e, principalmente, milhares de famílias do Acre. As pessoas estão sofrendo com a alta inflação que eleva todos os dias os preços do alimentos, dos combustíveis, na conta de luz e eu, pelo nosso mandato, sigo trabalhando para buscar alternativas para ajudar quem mais precisa, que sofre com a falta de emprego, de oportunidades”, acrescenta Leo de Brito.

Leia Também:  Em Cruzeiro do Sul, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Prefeitura fortalecem parcerias e apresentar os avanços

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA