RIO BRANCO

Política

Na disputa pelo governo, Jenilson Leite empata com Mara Rocha e Petecão; deputado tem a menor rejeição

Publicados

Política

A Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac) divulgou nesta segunda-feira, 13, uma pesquisa de opinião pública realizada pelo Instituto Perfil Pesquisas, que mostra a tendência do eleitor para as próximas eleições. Foram ouvidos 1.482 eleitores nos municípios de Rio Branco (58,70%), Cruzeiro do Sul (12,62%), Sena Madureira, Tarauacá, Feijó, Brasileia, Xapuri e Epitaciolândia.

Na nova pesquisa o governador Gladson Cameli segue liderando, mas releva  um novo quadro na disputa entre os demais candidatos. Na pesquisa espontânea quando o eleitor opina livremente em quem votaria na próxima eleição, o deputado estadual Jenilson Leite (PSB) empata numericamente com o senador Sérgio Petecão (PSD) e com a deputada federal Mara Rocha (PSDB). Gladson é lembrado por 42,5%, segundo por Jorge Viana 13,4%, Petecão 2,6%, Mara Rocha 2,1, e Jenilson Leite 2%. Os indecisos somam 23% dos entrevistados.

Quando o assunto é rejeição, o petista Jorge Viana dispara na liderança. 27,1% dos 1.480 entrevistados disseram “não votar de jeito nenhum no ex-senador”. Também chega a assustar a rejeição do senador Sérgio Petecão. 19,2% desponderam que não votam no senador 100 por cento popular. Gladson é rejeitado por 13,2%, e Jenilson Leite é quem tem mais empatia com o eleitor, apresentando uma rejeição de apenas 4,0%.

Leia Também:  Estado do Acre recebe mais 6.400 doses de vacina contra a Covid-19 nesta segunda

A  pesquisa  além confirmar o crescimento do deputado nas pesquisas, segue a tendências das anteriores, que releva  a empatia do eleitor acreano pelo nome de Jenilson Leite. Em todas as pesquisas ele aparece sempre com a menor rejeição. O que para uma disputa eleitoral é muito valioso.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A Assembleia Legislativa do Estado do Acre tem se preocupado em proporcionar mais dignidade para a população acreana, aprovou a lei 3.795 de 27 de outubro de 2021 que trata da obrigatoriedade de incluir os absorventes aos itens de higiene das Unidades de ensino e disponibilizar, gratuitamente , nos banheiros das Escolas públicas Estaduais.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo Abaixo: Em consonância com a Lei Nº 3.7757, de 13 de julho de 2021, a Assembleia Legislativa do Estado do Acre traz uma campanha de conscientização “Dezembro Verde”, há toda a população com relação aos animas, principalmente os que estão em situação de rua, pois os pets são o símbolo de amor ao próximo e o melhor amigo do homem, então ame-o!!

Leia Também:  A corrupção dos livros de quase R$ 15 milhões: Governo ocupa o centro de investigações com supostos esquemas de corrupção

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Deputado Leo de Brito, diz que vale-gás começa a ser pago e deve beneficiar 51 mil famílias no Acre

Publicados

em

A partir desta terça-feira, 18, começa a ser pago o “vale-gás”, auxílio que garante aos beneficiados o recebimento de 50% do valor de uma botija de gás de 13 quilos.

A lei do vale-gás se tornou possível depois que o deputado federal Leo de Brito (PT-AC) e os demais parlamentares que compõem a bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara dos Deputados apresentaram o Projeto de Lei 1374/21 para que se instituísse o benefício para famílias de baixa renda, tendo em vista que o país registra no último ano altas consecutivas no valor da botija de gás, levando milhões de pessoas a buscar meios alternativos e em muitos casos, que colocam suas vidas em risco, para cozinhar alimentos.

“Estou muito feliz que o auxílio gás, que foi criado por meio de um projeto de lei de minha autoria, esteja chegando agora na casa de cinco milhões e meio de brasileiros. Só no Acre, são 51 mil famílias atendidas por esse auxílio. São famílias que precisam dessa ajuda diante da grave situação de insegurança alimentar registrada no Estado atualmente. Dados apontam que cerca de 60% das famílias acreanas enfrentam a insegurança alimentar atualmente”, afirma Leo de Brito.

Leia Também:  Incra e Seaprof entrega implementos agrícolas no Altoacre

Como ter acesso ao vale-gás

O deputado federal acreano destaca que para ter acesso ao auxílio para compra do gás de cozinha, as famílias devem procurar a unidade de Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência e realizar o cadastro.

Têm direito ao benefício às famílias inscritas no CadÚnico com renda familiar mensal, por pessoa da família, menor ou igual a meio salário mínimo. Também têm direito as famílias com integrantes do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Mulheres chefes de família têm prioridade para receber o benefício, assim como as mulheres vítimas de violência. Para isso, foi feito convênio com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“Esse meu projeto é uma ação no combate à fome que assola nosso país e, principalmente, milhares de famílias do Acre. As pessoas estão sofrendo com a alta inflação que eleva todos os dias os preços do alimentos, dos combustíveis, na conta de luz e eu, pelo nosso mandato, sigo trabalhando para buscar alternativas para ajudar quem mais precisa, que sofre com a falta de emprego, de oportunidades”, acrescenta Leo de Brito.

Leia Também:  Enquanto recursos da saúde é desviado no governo Cameli, falta leitos no Pronto Socorro de Rio Branco

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA