RIO BRANCO

Política

Ministro da Integração trará recursos e soluções para enchentes no Acre

Bancada federal do Acre pediu auxílio para cidades que sofrem com as enchentes no Acre

Publicados

Política

Bancada federal do Acre pediu auxílio para cidades que sofrem com as enchentes no Acre

Por Romerito Aquino – De Brasília

ministro

O ministro da Integração, Gilberto Occhi, chega nesta sexta-feira, 27, ao Acre com a proposta de liberar recursos para o governo e as prefeituras bancarem os prejuízos das enchentes dos rios acreanos, mas também de contribuir para evitar que os períodos de cheias e secas no Acre deixem de ocorrer quase todos os anos.

Bancada-11-300x169Em entrevista que concedeu logo depois de receber, na terça-feira, 24, a bancada federal do Acre, que fora lhe pedir pressa para ajudar os milhares de desabrigados de Brasileia, Epitaciolândia, Xapuri, Assis Brasil e Rio Branco, o ministro disse pensar em construir obras estruturantes, como barragens, para evitar as cheias e a falta de água nos cursos dos rios acreanos.

“Na minha ida ao Acre, estarei levando também o secretário de Infraestrutura Hídrica, porque, ao visitar as áreas alagadas, gostaria de começar a fazer uma avaliação por que as cheias e os desastres têm sido tão recorrentes”, assinalou o ministro.

Leia Também:  Vereador Eduardo Farias diz que Gladson Cameli precisa mudar o discurso

Segundo Occhi, que chega ao estado acompanhado do comando da Defesa Civil Nacional, a quem caberá reconhecer os estados de calamidade pública no Acre, a ideia inicial é construir barragens que podem servir de anteparo para evitar as enchentes e também para armazenar água nos rios na época das secas amazônicas.

“É necessário que a gente pense numa solução definitiva de construirmos algumas barragens, que servirão primeiro para conter essas cheias que sempre ocorrem nesse mesmo período do ano. E depois, quando os rios secam, você pode fazer um represamento de água para a manutenção dela em favor das cidades”, afirmou o ministro.

O ministro da Integração disse considerar que as cidades têm de ser mais bem organizadas e planejadas. “Como nós não vamos mudar as cidades de lugar, temos que encontrar alternativas de obras que minimizem o impacto das cheias”, completou o ministro.

E concluiu: “Nós temos absoluta certeza de que a variação média das cheias na região amazônica, tanto no Rio Madeira quanto no Rio Acre, é de 15 metros. Por isso, temos que trabalhar uma obra maior, para que possamos evitar que as famílias tenham esses sustos permanentes de enchentes”.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Cultura

Casa do Artesão do Vale do Juruá Luiz de Melo é reinaugurada em Cruzeiro do Sul

Publicados

em

Por

Na noite de sexta-feira, 15, foi realizada a reinauguração da Casa do Artesão do Vale do Juruá Luiz de Melo. O Projeto de revitalização contou com o apoio da Prefeitura de Cruzeiro do Sul, da Associação dos Artesãos do Vale do Juruá (ASSAVAJ), da Master Ideias, do Sebrae e a execução ocorreu por meio da Fundação do Banco do Brasil “Reciclar para Viver”.

O espaço cultural é administrado pela Associação dos Artesãos do Vale do Juruá, que tem 42 associados, sendo uma marca de referência nacional e internacional.

A presidente da associação, Nilma Nascimento, e a vice presidente, Rosa Ribeiro, contaram durante o evento sobre o trabalho que é desenvolvido e endossaram sobre a sua felicidade em ver o local sendo revitalizado.

A secretária de turismo e empreendedorismo Gleiciane Cruz relatou que esse projeto surgiu para proporcionar um destaque ainda maior para o trabalho que já é realizado.

“Esse é um trabalho que ficou muito bonito, destacando o trabalho dos nossos artesãos e também a forma estrutural. Aqui tem pinturas que trazem a imagem dos nossos pontos turísticos e só temos a agradecer o apoio de todos que nos ajudaram para tornar isso possível,” disse a secretária.

Leia Também:  Para quem perdeu as alfinetadas do CRICA sobre Alto Acre

O Gerente do Banco do Brasil Sérgio Miranda relatou que foi uma honra poder participar do projeto.

“Através do Banco do Brasil e Fundação conseguimos incentivar essa integração social que é almejada por muitos, sendo um projeto que pode ser feito por diversos lugares no país, desde que obedeçam aos requisitos,” frisou Sérgio.

O Deputado Nicolau Júnior, que também esteve presente no evento parabenizou a ação. “Esse é um projeto muito bonito, que vem a ajudar os nossos artesãos a ganharem cada vez mais destaque, parabéns a todos pela iniciativa”, pontuou ele.

O prefeito Zequinha Lima agradeceu o apoio das instituições parceiras.

“Hoje não conseguimos realizar nada sozinhos, sempre precisamos das instituições parceiras, então esse projeto é a junção de esforços que deu um excelente resultado para os nossos artesãos com esse espaço para exporem seu trabalho”, destacou ele.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Choro dos Gadelha: Everaldo e Aldemir deram míseros 940 votos à Carlos Gadelha

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA