Política

Maior indústria de máquinas pesadas da China estuda negócios no Acre

A XCMG é uma empresa estatal, a maior fabricante de máquinas para construção civil da China e a quinta no mundo

Publicados

Política

A XCMG é uma empresa estatal, a maior fabricante de máquinas para construção civil da China e a quinta no mundo

 Por Samuel Bryan 

Comitiva da montadora XCMG esteve com o governador Tião Viana estreitando relações diplomáticas (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Comitiva da montadora XCMG esteve com o governador Tião Viana estreitando relações diplomáticas (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O governador Tião Viana recebeu na tarde desta quinta-feira, 11, representantes da indústria estatal de máquinas pesadas da China, XCMG. A comitiva da empresa foi formada pelo presidente mundial da montadora, Yansong Wang, e o presidente da indústria no Brasil, Jinshing Cui, que vieram ao Acre para conhecer as potencialidades da região, além de demonstrar interesse em instalações próprias no Estado para poderem negociar com o mercado andino.

A XCMG é uma empresa estatal, a maior fabricante de máquinas para construção civil da China e a quinta no mundo. A empresa conta com mais de 35 mil funcionários, distribuídos em 22 fábricas em sua cidade sede, Xuzhou, além de outras instalações em Shanghai e Beijing, também na China. Possui uma montadora em Pouso Alegre (MG), num investimento de 500 milhões de dólares.

Leia Também:  Diap mostra que Jorge Viana, Leo de Brito, Raimundo Angelim e César Messias votam a favor da sociedade e dos trabalhadores

“Vivemos um momento em que podemos transformar o Acre num portal para o Pacífico. Por 500 anos o Oceano Atlântico foi nossa maior rota comercial, mas nos próximos séculos será o Pacífico”, disse o governador Tião Viana ao apresentar as potencialidades do Estado. Ele também falou que esteve recentemente no Peru – em viagem por terra – e encontrou a Rodovia Interoceânica em perfeitas condições. Segundo o governador, utilizando-a em vez do Canal do Panamá, pode-se economizar até 14 dias para a China.

O presidente mundial da XCMG, Yansong Wang, conta que sua visita também tem um caráter diplomático entre o Acre e a China. Ele conheceu de perto empreendimentos do Estado voltados à área de alimentos, madeira, criação de animais e plantio, e convidou o governador para uma visita à China.

Wang destacou ainda que tentará agendar uma nova visita do embaixador chinês ao Acre e ressaltou a importância do projeto da Ferrovia Interoceânica, que tem parceria entre Brasil e China.

“O Acre é um estado estratégico para alcançar os países andinos. A XCMG tem estabelecido um fundo de investimentos de R$ 30 milhões para o Brasil. E até maio deste ano finalizaremos o projeto da ferrovia, e esperamos que o governo do Brasil dê prioridade”, explicou Yansong Wang.

Leia Também:  Prefeitura de Rodrigues Alves realiza ação voltada para os cuidados com os profissionais da saúde do município

Tião Viana também relatou as vantagens da instalação de uma indústria da XCMG na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) acreana, e o presidente Wang prometeu um estudo de viabilidade. O deputado federal Leo de Brito acompanhou a reunião e garantiu apoio nos interesses da indústria no Acre.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Vereadora Neiva levará a denúncia do tráfico de órgão para o MP/AC e PF para que envolvidos sejam punidos; Hospital se manifesta por meio de nota

Publicados

em

Devido a gravidade da denúncia feita na tribuna da Câmara de vereadores de Brasileia sobre o possível tráfico de órgão que estaria acontecendo na regional do Alto Acre, a vereadora Neiva Badotti decidiu que irá levar o caso para o Ministério Público e Polícia Federal, pois segundo Badotti esta situação não pode continuar e que os autores devem ser responsabilizados rigorosamente, de acordo com os princípios da lei.

A gravidade da denúncia foi tamanha que deixou a população dos município de: Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil e Xapuri (que são os municípios que fazem parte desta Regional), assustada e com medo de se dirigirem aos setores de saúde de competência do estado.

Neiva Badotti, além de vereadora é servidora do quadro efetivo da saúde estadual, onde atua no Hospital Regional do Alto Acre. A mesma ressalta ainda que o caso do tráfico de órgão é só um dos muitos casos graves que vem acontecendo na gestão do governador Gladson Cameli.

Neiva enquanto vereadora têm adotado uma linha muito dura com o que ela caracteriza como “caos na saúde” e a falta de capacidade de alguns gestores colocados a dedo pelo próprio governador Gladson, para administrar uma pasta tão complexa como a saúde pública.

Leia Também:  Prefeitura de Rodrigues Alves realiza ação voltada para os cuidados com os profissionais da saúde do município

Neiva tem insistindo e deixado claro que Gladson não está preparado para administrar o estado do Acre, pois foi em seus primeiros anos de governo que segundo apuração da Policia Federal foram desviados mais de R$ 800.000.000,00 (oitocentos milhões de reais) da saúde e educação e hoje ambas as pastas sofre com a falta deste recurso.

O outro Lado

Diante de tamanha repercussão, a direção do Hospital Regional do Alto Acre, por meio de seu gerente geral, Janildo Morais Bezerra, emitiu uma nota de esclarecimento a respeito desta situação, onde afirma desconhecer tal acontecimento, pois o referido hospital não desempenha qualquer atividade relacionada a doação ou transplante de órgãos e pede que a parlamentar se dirija a ouvidoria da pasta, para a realização de uma denúncia formal.

A nota trata ainda sobre a apuração dos fatos e caso seja comprovado a veracidade, os responsáveis serão devidamente responsabilizados e punidos de acordo com o rigor da lei.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA