RIO BRANCO

Política

Jarude protocola ação contra Gladson e empresa de Manaus por licitação de jatinho de R$ 5 milhões

O anúncio de protocolar uma Ação Civil Pública contra a decisão do Executivo de licitar um jatinho para que o governador Gladson Cameli foi feito na tribuna pelo parlamentar.

Publicados

Política

O anúncio de protocolar uma Ação Civil Pública contra a decisão do Executivo de licitar um jatinho para que o governador Gladson Cameli foi feito na tribuna pelo parlamentar.

O vereador Emerson Jarurde (sem partido) usou a tribuna da Câmara de Vereadores na manhã de quinta-feira (11) para afirmar que protocolou uma Ação Civil Pública contra a decisão do Executivo de licitar um jatinho para que o governador Gladson Cameli realize viagens. A ação foi protocolada contra a Manaus Táxi Aéreo, empresa que venceu a licitação e contra o próprio governador.

Jarude afirmou que protocolou a ação como instrumento jurídico legítimo para a defesa dos direitos dos acreanos. O vereador que também é advogado afirma que o governador feriu os princípios básicos da administração pública, lesando economicamente o erário público gastando dinheiro de forma desnecessária e violou os princípios da moralidade ou a legalidade.

“Enquanto o Acre enfrenta uma crise econômica, inclusive com a saúde pública em estado de calamidade com decreto vigente, o governador licita um jatinho de R$ 5 milhões de reais. Não é justo que os acreanos paguem por essas despesas”, diz.

Leia Também:  Cruzeiro do Sul realiza Semana de Homenagem ao ex-governador Orleir Cameli

Jarude afirmou ainda que fez uma rápida conta e constatou que com o valor licitado, R$ 5 milhões de reais, o governador poderia realizar cerca de 8 viagens por dia em voo comercial.

“Não podemos mais onerar o Estado com besteiras. Gente, isso é luxo. Esse dinheiro ai é o suficiente para ele realizar 8 viagens por dia em voo comercial. Ele tem mesmo, assim como todas as outras pessoas, usar voo comercial”, diz.

Por folhadoacre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Morador grava vídeo denunciando as péssimas condições de rua na atual gestão de Fernanda Hassem

Publicados

em

Um morador da rua Rondônia gravou um vídeo denunciando as péssimas condições da referida Via, segundo ele, os moradores que precisam trafegar pela rua não aguentam mais o abandono por parte da atual gestão de Fernanda Hassem, segundo ele há pelo menos 6 anos que a localidade não recebe manutenção da prefeitura de Brasileia.

Os moradores, revoltados com a situação resolveram tornar público essa situação para que o Poder Público tome providências quanto a esta situação específica. Vale destacar que não só a rua Rondônia encontra-se nesta condição, mas a maioria das vias do município encontra-se em péssimas condições.

Por se tratar de uma rua que dá acesso a escola infantil Menino Jesus e a uma distribuidora de gás os moradores almejam ainda mais uma melhoria, pois segundo eles, no período do inverno, os alunos enfrentam grande dificuldades para chegar a escola, onde saem de casa limpos e chegam na escolas sujos de lama por conta da falta de dignidade no tráfego.

“A cada chuva que cai o açude aumenta mais se jogar tambaqui aqui se cria porque a situação está cada vez pior, tá com mais de 6 anos que essa rua não recebe um tapa buracos, aqui quando as crianças estão indo para a escola elas sofrem”, concluiu um morador.

Leia Também:  Prefeita Fernanda Hassem inaugura Unidade Básica de Saúde na área rural de Brasileia

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA