Política

Governo beneficia mais de 1.500 pessoas em novas casas na Cidade do Povo

Hilda Gomes já estava dentro da nova casa na Cidade do Povo quando foi visitada pelo governador Tião Viana, acompanhado do ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho, na manhã desta segunda-feira, 28.

Publicados

Política

Hilda Gomes já estava dentro da nova casa na Cidade do Povo quando foi visitada pelo governador Tião Viana, acompanhado do ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho, na manhã desta segunda-feira, 28.

Por Samuel Bryan 

Tião Viana e ministro Helder Barbalho entregaram mais 365 casas da Cidade do Povo (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Tião Viana e ministro Helder Barbalho entregaram mais 365 casas da Cidade do Povo (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Com o marido e o filho, a ex-moradora do bairro Preventório, um dos atingidos pela cheia do Rio Acre, estava emocionada: “É a realização do meu maior sonho”. A família de Hilda é uma das 365 que saíram de áreas de risco e ganharam uma casa na Cidade do Povo, numa nova entrega que beneficia mais de 1.500 pessoas.

“Já são neste governo, com todo o apoio da presidente Dilma, 12.074 casas entregues no Acre. O governo federal nos dando todo o apoio, o governo do Estado fazendo um grande esforço pela infraestrutura, as empresas participando, a população mais vulnerável sendo beneficiada, e nós temos a meta de avançar para 10.518 somente aqui na Cidade do Povo”, disse o governador Tião Viana, que realizou a entrega das novas 365 unidades habitacionais pelo programa federal Minha Casa Minha Vida.

Desde o início da Cidade do Povo, já foram entregues 2.282 moradias. Até dezembro está prevista a conclusão da primeira etapa do programa, totalizando 3.348 casas entregues a milhares de moradores de áreas de risco na capital acreana.

O ministro Helder Barbalho, em nome da presidente Dilma, demonstrou o orgulho pelo formato do programa Minha Casa Minha Vida no Acre, que não se resume a casas, mas a escolas, unidade de saúde, praças especiais e todo um projeto de assistência social. “Cada uma dessas famílias inicia hoje um novo capítulo de sua história. Tenho a honra de representar a presidente Dilma neste momento, que significa primeiramente a realização da casa própria, mas também o aquecimento econômico, tão necessário nos dias de hoje”, disse.

Leia Também:  O dirigente petista Léo Brito descarta candidatura a vice

Do tamanho de uma cidade

Quando estiver com todas as unidades habitacionais prontas, a Cidade do Povo deverá abrigar mais de 60 mil pessoas. Até agora, todos os beneficiados pelo empreendimento do Minha Casa Minha Vida na Cidade do Povo fazem parte da faixa I, com renda de até R$ 1,6 mil, recebendo investimentos na ordem de R$ 152 milhões. As casas entregues possuem área de 38,96 metros quadrados, e todas elas são compostas por dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço, com piso cerâmico em todos os ambientes. Cada casa está avaliada em R$ 62 mil.

“Hoje aqui a gente achou que estava nos abrigos da prefeitura no começo deste ano. Porque nesta gestão tivemos as piores alagações dos rios do Acre. E eu lembro isso porque, depois que passa, parece que não foi difícil. E nós tivemos que ter muito esforço e dedicação. Mas hoje é só agradecimento à presidente Dilma, ao governador Tião Viana e à prefeitura, por ajudar essas pessoas”, destacou o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre.

Já o senador Jorge Viana retratou a importância de um governo dedicado principalmente a dar dignidade a quem mais precisa. “Que outro presidente fez o que Lula e Dilma fizeram? Três milhões de pessoas não tinham moradia antes deste governo. É um governo que olha pelos que mais precisam. E o Tião, na batalha dele, na determinação dele, está dando um jeito de driblar essa crise”, ressaltou.

Vidas que mudam

Entre as pessoas que receberam as chaves da nova casa direto das mãos do governador Tião Viana estava o senhor Sebastião Silva. Muito emocionado, o ex-morador do Taquari relatou a dificuldade que era juntar pouco, para ver a alagação do Rio Acre, ainda assim, levar tudo. “A gente é da área dos alagados de todos os anos. Eu quero agradecer primeiramente a Deus, depois ao governador, que comprou a briga pelos alagados. Estou hoje recebendo a minha casa, saindo desse sofrimento. E eu peço a todos que estão cadastrados que não se desesperem, porque uma hora vocês vão vir para cá também”, conta.

Leia Também:  Ex-vereador de Epitaciolândia, Kaki, morre no Into, em Rio Branco, após complicações da covid-19

Também moradora de área de alagação, Sandra Nascimento conta como foi encarar a cheia do Rio Acre no começo do ano. “Eu fui para o abrigo com a família. Havia alimentação, médico, água. Governo e prefeitura ajudaram muito a gente, mas estávamos sofrendo. Só que hoje eu estou aqui, nessa cidade que construíram para a gente, que vai suprir as nossas necessidades. É com muito prazer que eu sou grata a esse povo.”

O que disseram

“O momento hoje é de gratidão. Nós tivemos pessoas aqui que perderam todos os seus móveis na alagação, e agora ganham uma nova casa. Temos o compromisso de um governo que não vai deixar esse projeto parar.” Jamyl Asfury, secretário de Habitação

“Dá uma alegria no coração ver parcerias do governo estadual e federal resultando num projeto como este, ainda mais num momento de crise que vivemos.” Daniel Zen, deputado estadual

“Isso é dignidade. É transformar a vida das pessoas. Fico impressionado com o projeto que temos aqui. Contem conosco e faremos muito mais.” Antonio Carlos Soares, superintendente do Banco do Brasil

“É um orgulho para a Caixa fazer parte deste momento. Quando transformamos vidas também nos transformamos como seres humanos.” Maria Claudia Sakai, superintendente regional da Caixa Econômica Federal

Tião Viana e ministro Helder Barbalho entregaram mais 365 casas da Cidade do Povo (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Tião Viana e ministro Helder Barbalho entregaram mais 365 casas da Cidade do Povo (Foto: Sérgio Vale/Secom)

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Com recurso de R$ 9 milhões indicados por Mara Rocha, Prefeito de Epitaciolândia assina ordem de serviço para asfaltamento

Publicados

em

A Deputada Federal Mara Rocha esteve em Epitaciolândia, acompanhando o prefeito Sérgio Lopes na assinatura da Ordem de Serviços para pavimentação asfáltica de ruas no município no valor de R$ 9 milhões.

Os recursos foram oriundos de indicação da Deputada Mara e irão pavimentar ao menos 9 ruas nos bairros Beira Rio e Liberdade melhorando a trafegabilidade dos moradores. A deputada Mara Rocha é a parlamentar que mais alocou recursos para a região do Alto Acre. Foram mais de R$ 50 milhões em um único mandato contemplando todos os municípios.

Estiveram presentes na solenidade o vice-governador Major Rocha, Primeira-dama, Alliny Saldanha, as Vereadoras Lucimar Monteiro (Preta), Seliene Lima, Secretário de Obras, Wenderson Phelipe, equipe municipal e comunidade em geral.

“Estou extremamente feliz com a assinatura dessa Ordem de Serviço. É importante ver que nosso trabalho parlamentar pode, verdadeiramente, fazer a diferença na vida da população de Epitaciolândia, que terá uma melhora na qualidade de vida e na infraestrutura”, afirmou a Deputada.

O Vice-Governador Major Rocha fez questão de lembrar do trabalho da Deputada Mara Rocha para Epitaciolândia e o Vale do Acre: “A Deputada Mara Rocha tem lutado para garantir o desenvolvimento da região. É importante lembrar que ela garantiu os recursos para a construção da nova ponte, que ligará Epitaciolândia a Brasiléia e melhorará a trafegabilidade na região”.

Leia Também:  Jenilson Leite é escolhido um dos melhores deputados em pesquisa encomenda pela Fecomércio

“Tenho compromisso com o desenvolvimento do Acre e tenho trabalhado nesse objetivo a partir das prefeituras. Melhor infraestrutura, melhores obras estruturantes, tudo isso significa desenvolvimento para a população”, finalizou Mara Rocha

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA