Política

Fernanda Hassem só pensava no carnaval: imagens mostram enormes filas nos corredores do hospital de Brasileia. ”O surto é gripe ou Covid?”

Publicados

Política

Prefeita de Brasileia Fernanda Hassem – Foto: Assessoria PMB / Foto: Cedida

As consequências da aglomeração no carnaval fora de época de Brasileia começam a aparecer, como é o caso das grandes filas no Hospital Regional do Alto Acre de pacientes em busca de atendimento médico, o uso de máscaras em todos significa uma única coisa, sintomas gripais ou covid-19, era de se esperar que a procura por atendimento aumentasse após tamanha folia.

Mesmo após os alertas feitos por médicos, a prefeitura de Brasileia sob o comando de Fernanda Hassem não tomou nenhuma providência para que o contato entre as pessoas fossem evitado, muito pelo contrário, Fernanda Hassem enquanto prefeita foi a responsável por arrastar uma multidão para o tal do carnaval, consequentemente a prefeita é uma das responsáveis pelo crescimento do vírus em Brasileia. 

A gestora e sua equipe da prefeitura chegaram inclusive negar o surto de Covid-19 que Brasileia vinha enfrentando, para que a aglomeração do carnaval acontecesse. Fizeram a festa e agora agem como se estivesse tudo na normalidade.

Leia Também:  Vereadora Marinete vai levar ao MP o favorecimento da gestão a Tadeu Hassem, e lei nº 1.071 deve ser revogada

A prefeitura não só negou o surto, como também vem omitindo os casos positivos de covid-19, de acordo com o Portal Covid-19 do site da prefeitura de Brasileia, desde 2021 que a prefeitura deixou de informar a quantidade de casos, impedindo qualquer transparência no quantitativo de casos confirmados. Se antes já não estavam alimentando com informações, imagina após a festança.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Vereadora Marinete “taca fogo” e fala das 500 vacas que foram compradas com dinheiro na bolsa, e estão em áreas de reserva

Publicados

em

Veja o Vídeo:

A vereadora Marinete Mesquita usou a tribuna na manhã desta terça-feira (09) para falar das denúncias que a mesma tem recebido enquanto parlamentar com relação ao assédio moral que está acontecendo no Poder executivo para que os servidores votem em determinados candidatos.

A mesma relata que foi procurada por servidores que necessitam do emprego e ouviu com atenção a humilhação que lhe fora relatada. Na oportunidade, a parlamentar não hesitou em orientar esses servidores a colherem provas para que efetivem a devida denúncia nos órgãos competentes para que essas práticas imorais e desrespeitosas sejam banidas do funcionalismo público.

Marinete falou ainda sobre a denúncia sobre mensalinho via pix que vem acontecendo na gestão da prefeita Fernanda Hassem. Mesquita destaca que essa situação é falta de esperteza, ou burrice mesmo. A nobre edil destaca que as pessoas que estão cometendo isso, deveriam aprender com a patroa: “se vão comprar alguma coisa, leva o dinheiro na mão, na bolsa, não faz pix. As 500 vacas que foram compradas com dinheiro na bolsa, isso é ser inteligente, não deixou nenhum rastro”, destacou.

Leia Também:  O prefeito de Brasiléia, Everaldo Gomes, anda sendo fritado

Dando continuidade em sua manifestação, Marinete foi bem incisiva quando solicitou a investigação por parte dos órgão competentes, para que investiguem o laranjal que tem no município de Brasileia e Epitaciolândia, e em se tratando das 500 vacas muitas delas estão em áreas de reservas e dentro de terras de colegas que são autoridades e que a falta de fiscalização tem facilitado, pois se confia porque parente é quem comanda os órgão que deveria fiscalizar.

“Fica aqui o nosso pedido também para que os órgãos competentes comecem a fiscalizar de fato e investigar o verdadeiro laranjal que existe nos municípios de Brasileia e Epitaciolândia. Um verdadeiro laranjal!!!”, concluiu a parlamentar.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA