Política

Estão comendo Sabão: Arlete Amaral gasta mais de R$ 7 mil com Sabão e outro materiais de limpeza incluindo no recesso

Publicados

Política

Arlete Amaral gasta quase R$ 4 mil com produtos de limpeza para a Câmara durante o recesso; no total mais de R$ 7 mil foram gastos – Arte Alemão Monteiro / 3 de Julho

Tem situações na Câmara Municipal de Brasileia que estão desproporcionais e incompatíveis com a realidade do dia a dia, pois a presidente da Câmara de Vereadores, Arlete Amaral, gastou mais de R$ 7 mil reais com produtos de limpeza e higiene durante os meses de janeiro e fevereiro do corrente ano.

Mas o que chamou a atenção foi o fato de no mês de Janeiro, período em que o Poder Legislativo estava de recesso e consequentemente não estava havendo sessão, Arlete gastou R$ 3.910,90 (três mil novecentos e dez e noventa centavos) com a justificativa de despesa referente a aquisição de material de limpeza e produtos de higiene para a Câmara.

Deduz-se que por não haver sessão e sem o fluxo de pessoas na Câmara, somente a presença de parte dos servidores, os gastos deveriam diminuir logicamente, mas ao invés de reduzir, com Arlete Amaral na presidências, os gastos aumentaram, prova disso é a comparação dos gastos entre janeiro e fevereiro.

Leia Também:  Presidente da Câmara de Brasileia, Arlete Amaral, reivindica sede do IML para regional do Alto Acre

No mês de fevereiro, ocasião em que os trabalhos legislativos tiveram início, Arlete gastou exatos R$ 3.193,90 (três mil cento e noventa e três reais e noventa centavos) com a mesma justificativa, aquisição de material de limpeza e produtos de higiene para a Câmara, valor este que (apesar de ser elevado mediante aos produtos) ainda é inferior ao de janeiro em que não havia fluxo de pessoas no local.

Em consulta ao Portal da Transparência da Câmara, constatamos que em anos anteriores não foi adquirido produtos de limpeza durante o recesso, somente a partir de fevereiro é que aparecem compras desta natureza e com gastos inferiores aos de Arlete Amaral.

A pergunta que fica é: por que durante o recesso parlamentar, a presidente Arlete Amaral gasta mais do que os dias de pleno funcionamento dos trabalhos legislativos?

O caso dos produtos de limpeza e higiene não é o único fator em que Arlete gastou mais do que os dias de pleno funcionamento, como foi publicado anteriormente, Amaral também gastou mais com combustível durante o recesso do que durante os trabalhos da Casa do Povo, fato este que cabe uma investigação do Ministério Público do Acre para saber se pessoas estão sendo beneficiadas com o dinheiro público.

Leia Também:  Prefeito do Bujari sanciona Projeto de Lei, que suspende pagamento de empréstimos consignados de servidores municipais por 90 dias

E Veja Também no 3 de Julho – Acre 24 Horas

Veja o Vídeo Abaixo: Em apoio às reivindicações dos servidores da Educação, Saúde e Segurança do Estado. Leo de Brito anunciou que entrou com uma ação popular, na Justiça Federal, para que o governador Gladson Cameli restitua aos cofres públicos os R$ 800 milhões que a Polícia Federal, por meio da Operação Ptolomeu, apontou que foram desviados.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página: Facebook 3 de Julho Notíci

Portal: 3dejulho.com.br Rio de Janeiro

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Fernanda Hassem só pensava no carnaval: imagens mostram enormes filas nos corredores do hospital de Brasileia. ”O surto é gripe ou Covid?”

Publicados

em

Prefeita de Brasileia Fernanda Hassem – Foto: Assessoria PMB / Foto: Cedida

As consequências da aglomeração no carnaval fora de época de Brasileia começam a aparecer, como é o caso das grandes filas no Hospital Regional do Alto Acre de pacientes em busca de atendimento médico, o uso de máscaras em todos significa uma única coisa, sintomas gripais ou covid-19, era de se esperar que a procura por atendimento aumentasse após tamanha folia.

Mesmo após os alertas feitos por médicos, a prefeitura de Brasileia sob o comando de Fernanda Hassem não tomou nenhuma providência para que o contato entre as pessoas fossem evitado, muito pelo contrário, Fernanda Hassem enquanto prefeita foi a responsável por arrastar uma multidão para o tal do carnaval, consequentemente a prefeita é uma das responsáveis pelo crescimento do vírus em Brasileia. 

A gestora e sua equipe da prefeitura chegaram inclusive negar o surto de Covid-19 que Brasileia vinha enfrentando, para que a aglomeração do carnaval acontecesse. Fizeram a festa e agora agem como se estivesse tudo na normalidade.

Leia Também:  Prefeitura de Rio Branco apresenta primeiro Inventário de Dados de Gases de Efeito Estufa

A prefeitura não só negou o surto, como também vem omitindo os casos positivos de covid-19, de acordo com o Portal Covid-19 do site da prefeitura de Brasileia, desde 2021 que a prefeitura deixou de informar a quantidade de casos, impedindo qualquer transparência no quantitativo de casos confirmados. Se antes já não estavam alimentando com informações, imagina após a festança.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA