RIO BRANCO

Política

Dr. Valadares vibra com a vitória de Rodrigo Aiache para a presidência da OAB – Acre

Publicados

Política

O Dr. em Direito, Francisco Valadares Neto, que atualmente vem prestando seus relevantes serviços na região do Alto Acre, até pelo fato de ser procurador jurídico da Prefeitura de Brasileia, comemorou a vitória de seu candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB – AC).

 Em sua página do facebook, Valadares considerou a vitória como livramento do jugo dos privilégios, do distanciamento da instituição com seus membros e, sobretudo, da ganância individual de poder, o advogado afirmou ainda em sua publicação que esta foi uma semana de comemorações emancipatórias. Ao que tudo indica, Erick Venâncio, não agregou muito apoio da viabilizar rua reeleição.

“O momento é de alegria e muita serenidade. Alegria por, depois de um longo tempo, termos a oportunidade de que nossa instituição volte a ser voltada para a defesa da democracia e do estado de direito. Serenidade para sabermos conduzir a OAB AC para novos rumos, em direção e voltada para nossos advogados . Que Rodrigo saiba, ouvindo as vozes múltiplas, conduzir essa moça era da advocacia”, destacou Valadares em conversa com a redação do site 3 de Julho Notícias.

Leia Também:  Prefeito do PSDB apoia carreata de Tião Viana em Santa Rosa do Purus.

O advogado Rodrigo Aiache, de 41 anos, foi eleito nesta sexta-feira o novo presidente da OAB-AC, onde conduzirá os trabalhos junto com a advogada Socorro Rodrigues, eleita vice-presidente no triênio 2022-2024, eles concorreram pela chapa “Muitas Vozes Uma só OAB” e receberam 802 votos.

Aiache disputou a presidência da Ordem com o candidato à reeleição, advogado Erick Venâncio, de 42 anos, da chapa “Uma Ordem Para Todos”, que recebeu o quantitativo de 690 votos.

Veja abaixo a publicação:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: “Nós não podemos nos curvar diante disso [possível interferência de Bolsonaro no INEP]. Por isso que estamos tomando todas as medidas cabíveis para que o INEP seja preservado, sobretudo, a juventude brasileira, que precisa que o Enem seja realizado com muita lisura”, disse Leo de Brito durante entrevista coletiva, no salão verde da Câmara dos Deputados. A coletiva reuniu os líderes da oposição ao governo Bolsonaro para anunciar ações de proteção ao Enem, entre elas, o afastamento do presidente do INEP, acusado de assédio moral.

Leia Também:  Lyon venceu o Montpellier: Lucas Paquetá garante vitória para o Lyon sobre o Montpellier

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Com expectativa de ampliação da cadeia produtiva do açaí no Estado, comitiva acreana vai ao Pará conhecer produção

Publicados

em

Na manhã desta quarta-feira, 1, o deputado Jenilson Leite (PSB), usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre para falar sobre a visita técnica que fará ao estado do Pará, onde visita a cadeia de produção do açaí na região. Na comitiva liderada pelo parlamentar, estão ainda outros parlamentares da Aleac, Prefeitos, Vereadores, Secretários e técnicos.

“O açaí no Pará se tornou um dos principais contribuintes na economia paraense, gerando mais de 5 bilhões para o PIB do estado e movimentando mais de 300 empresas”, disse Jenilson. O deputado ainda destacou que houve uma revolução agroindustrial na região, saindo do extrativismo e implementando cultivos do açaí no estado.

“Houve uma ousadia dos paraenses em sair do cultivo extrativista e iniciar plantios em várias regiões, sendo 90% do açaí produzido sendo de cultivo, ao contrário do nosso estado que é 98% sendo extrativista e nisso, os exemplos que estamos vendo devem ser implementados na vida dos acreanos”, destacou.

Jenilson ainda lembrou que o PIB do Acre é composto por 40% sendo de serviço público, agricultura e pecuária apenas com 10% e 2,3% sendo da indústria.

Leia Também:  Governo entrega dez mil mudas de açaí para indígenas de Tarauacá

“Essa agenda de trabalho que está sendo conduzida pela Aleac, trará para o Acre a implementação de um forte programa que possa criar trabalho e renda para a população”, finalizou o deputado.

Projetos de Lei

O parlamentar já apresentou na Assembleia Legislativa do Acre projetos de lei voltados à certificação e incentivo. O primeiro PL apresentando foi o Selo do Açaí, instituindo o selo de qualidade do açaí.

E o segundo projeto é o Programa de Incentivo à Cultura do Açaí, que prevê assistência técnica para o plantio, colheita, transporte, comercialização e coleta dos caroços para a destinação de reuso dos resíduos.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A presidente do SINTEAC Rosana Nascimento, falando sobre o Abono da rede municipal de Rio Branco.. “É o governador Gladson Cameli e suas presepadas…ele não respeita a Educação do Estado, não respeita os professores…ele nem sabe os valores que serão pagos.. nós estamos pedindo esse abano e o governo e a secretaria não nos recebe”, diz presidente do SINTEAC Rosana Nascimento.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Leia Também:  Presidente Estadual do PROS, Dêda, traz mais um filiado e pré-candidato a Vereador de Epitaciolândia

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA