Política

Deputado Jenilson Leite diz que o prefeito Bocalom precisa pedir desculpas aos servidores Públicos do Acre

Publicados

Política

O deputado estadual Jenilson Leite (PSB) usou sua fala na Tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para se posicionar contra os ataques que os servidores públicos do Acre têm sofrido.

Jenilson repudiou a fala do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP), que em um evento na segunda-feira (21), fez uma piada onde comparava os servidores públicos à “touros preguiçosos”.

“Além da luta pela valorização e reconhecimento, não vamos aceitar desrespeito com o que os servidores públicos vêm sendo tratados nos últimos três anos”, iniciou Jenilson.

O deputado lembrou o episódio em que o então subsecretário de Saúde, coronel da reserva Jorge Rezende, insultou os servidores e não houve um pedido de desculpas. Agora ele cobra que não aconteça o mesmo com o prefeito da capital.

“Há dois anos, quando faziam a luta por reconhecimento na Sesacre, um secretário de saúde chamou o servidores públicos de vagabundos e não houve nenhum pedido de desculpas por parte do Governo, e agora, o prefeito, em uma piada infeliz, chama os servidores de preguiçosos. Bocalom precisa pedir desculpas ao servidores públicos”.

Leia Também:  Na disputa pelo governo, Jenilson Leite empata com Mara Rocha e Petecão; deputado tem a menor rejeição

Jenilson, que também é médico servidor público estadual, tendo inclusive se afastado do parlamento para atender durante o pior momento da pandemia da Covid-19, exigiu respeito.

Ele lembra que durante a pandemia, a atuação dos servidores da saúde, educação, segurança, administrativo e todos os setores foram fundamentais para funcionamento do Estado em um momento extremamente delicado.

“O servidor matou no peito essa pandemia e querer chamar de preguiçoso? Precisamos de respeito e reconhecimento, pois são estes [os servidores] os responsáveis pelos mais diversos serviços prestados no Acre. Mais de 90% da população não tem condições de pagar educação e segurança e dependem de quem? Dos servidores públicos”.

O deputado aproveitou ainda para falar sobre o reajuste de 5,42% dado pelo Governo do Acre. O projeto ainda não chegou à Aleac.

“Nos próximos 10 duas nesta casa precisa ser feita uma luta firme. Não podemos compactuar com essa proposta de 5%, o reajuste deve acompanhar pelo menos a inflação que comeu o poder de compra da população. Conte conosco em mais essa luta que seja vitoriosa”, disse Jenilson ao relembrar a luta em defesa dos direitos dos servidores contra a reforma da Previdência.

Leia Também:  Após áudio machista, deputado de São Paulo, Arthur do Val, perdeu mais de 50 mil seguidores

E Veja Também no 3 de Julho – Acre 24 Horas

Veja o Vídeo Abaixo: Em apoio às reivindicações dos servidores da Educação, Saúde e Segurança do Estado. Leo de Brito anunciou que entrou com uma ação popular, na Justiça Federal, para que o governador Gladson Cameli restitua aos cofres públicos os R$ 800 milhões que a Polícia Federal, por meio da Operação Ptolomeu, apontou que foram desviados. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página: Facebook 3 de Julho Notíci

Portal: 3dejulho.com.br Rio de Janeiro

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Com afastamento de Sérgio Petecão e Márcio Bittar, Acre terá dois novos representantes no senado federal

Publicados

em

Das três cadeiras do Acre no senado federal, duas estarão com gente nova no assento. Maria das Vitórias assumirá a vaga do Senador Sérgio Petecão (PSD) e Eduardo Veloso assume a vaga de Márcio Bittar (União Brasil).

Ambos são suplentes dos titulares, que ficarão em média de 4 a cinco meses fora do mandato e assim abrem espaços para as caras novas. Maria das Vitórias tem 79 anos de idade e já foi deputada estadual, secretária de Assistência social e era esposa do falecido Deputado federal João Tota.

A mesma assumirá a cadeira do seu titular Petecão, que se afasta para se dedicar exclusivamente a campanha de governo do Acre. Natural da Paraíba e vivendo a décadas em Cruzeiro do Sul, Maria das Vitórias tem uma grande credibilidade na região do Juruá e pode dar uma grande contribuição na campanha de Petecão, inclusive o o filho João Tota, será o vice na chapa de governo do PSD.

Eduardo Veloso é médico oftalmologista, um dos mais respeitados do estado e de uma família tradicional de Rio Branco. Eduardo foi cotado para ser vice de Gladson Cameli na última eleição e nos 45 do segundo tempo, foi trocado por Werles Rocha. Com tudo ele virou suplente de Márcio Bittar, que vai se afastar para fazer um tratamento de saúde e também se dedicar a campanha da esposa Márcia Bittar (PL), que disputará o senado na chapa de Gladson Cameli (PP).

Leia Também:  Vereadores de Brasileia Reivindicam Melhorias Para o Município em Sessão Ordinária

Sobre o desempenho de ambos, só saberemos quando iniciar os trabalhos de verdade.

A posse dos novos senadores está marcada para ocorrer no final deste mês, dentro de poucos dias

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA