RIO BRANCO

Política

Deputada Jandira desabafa sobre Cunha: “Chapa avulsa é inconstitucional”

Líder do PCdoB, partido que entrou com duas ações no STF contra a votação secreta de Cunha.

Publicados

Política

Jandira é líder do PCdoB, partido que entrou com duas ações no STF contra a votação secreta de Cunha.

A deputada Jandira Feghali, líder do PCdoB na Câmara, fez um duro discurso na noite desta terça-feira 8 depois da votação, no plenário da Casa, que resultou na vitória da chapa composta majoritariamente por parlamentares da oposição para compor a comissão que discutirá o pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

“Chapa avulsa é inconstitucional”, protestou a deputada, cujo partido entrou com duas ações no STF, uma contra a votação secreta, como autorizou hoje o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e outra contra a criação de uma chapa alternativa, alheia às escolhas dos líderes dos partidos. “Isso não existe para comissão. O que existe é candidatura avulsa, mas chapa?”, questionou.

A deputada também lembrou que voto secreto para comissão “não existe no regimento da Casa”. “Por que vocês não botam a digital no voto aberto? Qual o medo? Medo da sociedade brasileira? Botem as digitais, este é o princípio da publicidade, que tá na Constituição. Tenham coragem de assumir os seus votos. Digam para a sociedade o que vocês querem esconder. Fazer traição por debaixo dos panos. Digam que vocês querem desferir golpe contra a democracia brasileira, mas assumam”, afirmou.

Leia Também:  A Quadra sintética e a nova Praça do Eldorado estão abandonadas pela gestão do PMDB de Brasiléia

Jandira destacou que “que apesar de todos os golpes na Constituição, no regimento, do presidente articulando chapa da oposição, vocês não têm o quórum do impeachment, vocês não atingiram dois terços com tudo isso que fizeram. Vocês não ganhariam se a votação tivesse acontecido neste momento.”

Ao presidente Eduardo Cunha, acusado de corrupção, pediu a renúncia: “Lamento que o presidente desta Casa, onde senta na cadeira que sentou Ulysses Guimarães, seja o artífice deste golpe. O senhor faria um enorme favor à sociedade brasileira se abrisse mão deste espaço, para garantir que o parlamento brasileiro voltasse a ter credibilidade e nos garantíssemos que não tivéssemos mais golpes na Constituição”.

Líder do PCdoB

Fonte: brasil247.com

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Junto com Sindicato Rural, prefeitura e Bancos; vereador debatem sobre melhoria para Cruzeiro do Sul

Publicados

em

Nosso parlamento cumpre os últimos dias de recesso, no entanto nossos vereadores continuam atuando firmemente a favor da sociedade cruzeirense seja na zona urbana ou nos ramais de nossa cidade. Diante disso, nossos parlamentares João Keleu, Betão da Br, Elter Nóbrega, Mazinho da Br, Noeca e Franciney Freitas, participaram de uma importante reunião nesta segunda-feira, 24, entre Prefeitura, Câmara de Vereadores, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Representantes dos bancos públicos para discutirem melhorias e melhor acesso por parte dos produtores rurais as diversas modalidades de créditos rurais existentes.

Na reunião ficou definido que o poder público através do legislativo e executivo estarão empenhados, dentro da legalidade, atuar no auxilio da legalização dos produtores e elaboração de projetos junto com os bancos para que o sindicato possa expedir a DAP, Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, para que assim as famílias possam ter acesso aos créditos e possam fomentar nossa produção rural.

Nossos vereadores ficaram impressionados e felizes com a quantidade de recursos oriundos nas instituições bancarias para a fomentação da agricultura familiar faltando, apenas, as orientações e a legalização dos procedimentos burocráticos que este parlamento irá trabalhar para que nossas famílias rurais possam permanecer no campo e viver dignamente com boas condições de vidas.

Leia Também:  Após vários acidentes devido a buracos, moradores cobram recuperação de rua em Cruzeiro do Sul

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Em meio a maior crise do sistema de transporte coletivo dos últimos tempos, a população de Rio Branco vive um dilema e acorda todo dia sem saber se terá ônibus passando em sua região. O prefeito Tião Bocalom tentou amenizar o problema repassando R$ 2 milhões e quatrocentos mil para as empresas quitar os débitos com empregados, acordo não cumprido e que foi um dos motivos para a intervenção no setor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA