Política

Condenados por corrupção, Alécio Dias já está no Governo e Vagner Sales pode está cotado para assumir cargo na administração Cameli

Eleito no primeiro turno, Gladson Cameli foi impulsionado por um desejo popular de um gestor que promovesse maior transparência administrativa que saneasse as contas públicas e que sobretudo se mantivesse afastado do menor indicio de corrupção.

Publicados

Política

Eleito no primeiro turno, Gladson Cameli foi impulsionado por um desejo popular de um gestor que promovesse maior transparência administrativa que saneasse as contas públicas e que sobretudo se mantivesse afastado do menor indicio de corrupção.

Contudo, limitado em suas escolhas políticas pelos distintos grupos que o apoiou, Gladson pode estar em vias de causar fortes decepções ao seu eleitorado ao escolher nomes comprovadamente envolvidos em escândalos de corrupção para ocuparem importantes cargos no novo governo.

Vamos falar do caso da condenação de Alércio Dias, recém nomeado diretor do Acreprevidência por indicação de Sérgio Petecão, do PSD. A reportagem levantou o caso em que ele foi condenado por improbidade administrativa por ter descumprido o edital de licitação beneficiando a empresa privada Acrevelinda. Para ressarcir os cofres públicos, a justiça determinou a penhora do gado de Alércio que foi a leilão para quitar sua dívida. 

A ficha de Alércio nem se compara com a de Vagnen Sales que pode ser cotado para assumir cargo comissionado no governo Gladson. 

Leia Também:  Veto militar a Lula é um risco para todo o país – inclusive para Exército

Condenado por peculato, o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul Vagner Sales é réu em outros 15 processos, a maioria deles por improbidade administrativa, além de já ter tido parte de seu patrimônio bloqueado por medida judicial em processo que responde na justiça federal por enriquecimento ilícito, no caso em que pode ter desviado recursos da SUFRAMA para asfaltar o acesso à sua fazenda. 

Embora seja compreensível que Gladson se veja obrigado a atender os interesses dos grupos políticos que ajudaram a lhe eleger, é inegável o ônus, também político, que tais nomeações irão trazer perante a opinião pública ao seu governo. 

No caso de Vagner, esse ônus certamente não se limita apenas à opinião pública. Vagner é hoje o maior adversário político do PP de Gladson no Juruá. Sem esconder suas pretensões, Vagner tem feito tudo ao seu alcance para minar lideranças progressistas no Juruá, com vistas a manter o seu domínio familiar que exerce através do MDB.

Leia Também:  Com investimentos em Epitaciolândia, Tião Viana celebra sucesso da agricultura familiar

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Fernanda Hassem teve o orçamento de quase 120 milhões aprovado na câmara, não fez nada até agora e vai receber mais R$ 6 mil de recurso federal

Publicados

em

Programa contribui para o processo de aprimoramento, implementação e integração sistêmica das atividades da assistência farmacêutica – Foto: Assessoria PMB

A prefeita do município de Brasileia, Fernanda Hassem, conseguiu a aprovação que tanto queria onde o orçamento anual chega a quase R$120.000.000,00 para serem aplicado nas mais diversas áreas do município, mas o que chama a atenção é que durante esse primeiro semestre não se viu estes milhões serem aplicados no município, muito pelo contrário, a população hoje enfrenta grandes problemas em virtude da falta de investimento.

A quem diga que, Brasileia hoje era para estar vivendo um dos melhores momentos de sua história, pois dinheiro tem o que falta é uma boa gestão. E em se tratando de dinheiro, mesmo com os quase R$120 milhões, a sua disposição e sem fazer nada, Brasileia está entre as Cidades que receberam do Governo Federal o valor de R$ 6.000,00 (seis mil reais).

As nove cidades do Acre receberam R$ 54 mil de recurso federal para monitoramento de 2022 do Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica. Segundo as diretrizes, o programa não só financia a aquisição e distribuição de medicamentos, como também ajuda no desenvolvimento do Sistema Nacional de Gestão da Assistência Farmacêutica, oferecendo cursos de capacitação de profissionais farmacêuticos.

Leia Também:  Sandra Asfury renuncia ao cargo de vereadora de Rio Branco "por razões pessoais"; Laércio da Farmácia vai assumir

Tem então, por finalidade, contribuir para o processo de aprimoramento, implementação e integração sistêmica das atividades da assistência farmacêutica nas ações e nos serviços de saúde, visando a uma atenção contínua, integral, segura, responsável e humanizada.

A liberação do recurso foi divulgada na quarta-feira (3) no Diário Oficial da União. Vamos ver se agora, com a destinação do recursos para este fim, se quando a população procurar remédio na farmácia municipal, se encontrarão.

Cada cidade vai receber R$ 6 mil e são elas:

Acrelândia

Brasileia

Bujari

Mâncio Lima

Marechal Thaumaturgo

Porto Walter

Rio Branco

Rodrigues Alves

Xapuri

Nove cidades do Acre recebem R$ 54 mil de recurso federal para assistência farmacêutica – Foto: Ana Paula Xavier / Rede Amazônica Acre

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A vereadora do município de Brasileia, Neiva Badotti, afirma que o mensalinho, agora na atual gestão o feito é praticado via pix, o que antes era mensalinho por meio de folhinha agora, na gestão de Fernanda Hassem foi informatizado, ou seja, modernizaram a possível prática de lavagem de dinheiro.

Leia Também:  Veto militar a Lula é um risco para todo o país – inclusive para Exército

Acompanhe nossas Redes Sociais

Veja-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na Página do Instagram 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA