RIO BRANCO

Política

Com quase 3 milhões para investir em ramais de Brasileia Presidente Rogério Pontes e demais Vereadores participam de ato de assinatura

Presidente da Câmara, Rogério Pontes, participa da assinatura da ordem de serviço das obras de recuperação e melhoramento do ramal da reserva Chico Mendes.

Publicados

Política

Presidente da Câmara, Rogério Pontes, participa da assinatura da ordem de serviço das obras de recuperação e melhoramento do ramal da reserva Chico Mendes.

Por Paula Alcântara

O Presidente da Câmara Municipal de Brasileia, Rogério Pontes, acompanhado dos Vereadores: Sabá Moraes, Rosildo Rodrigues e Edu Queiroz, participou da assinatura da ordem de serviço das Obras de recuperação e melhoramento do ramal da reserva Chico Mendes com investimentos de quase três milhões.

Além dos Vereadores outras autoridades também participaram como: Prefeita Fernanda Hassem, Deputada Estadual Leila Galvão, Governador Tião Viana, Presidente da Associação do Rubicom Rosimar, Prefeito Tião Flores de Epitaciolândia, Prefeito Bira Vasconcelos de Xapuri e outros.

A ordem de serviço aconteceu no Santuário São Francisco de Assis localizada no km 4 da Estrada do Pacífico, além das autoridades participaram também os moradores do ramal Filipinas, que presenciaram a assinatura.

Ao fazer o uso da palavra o Presidente Rogério Pontes afirmou estar muito feliz em ver a conquista dos moradores do Ramal Filipinas que serão contemplados com a manutenção de 39,80 quilômetros de ramais e outros trabalhos.

Leia Também:  Aécio perdeu por ter sido derrotado em Minas, seu próprio Estado

”Eu sei da importância de ter um ramal recuperado, onde vocês produtores possam escoar suas produções e ter trafegabilidade, pois eu também sou um agricultor e sei como é importante ter condições de trabalhar com dignidade, estou muito feliz por vocês desejo que as coisas aconteçam e que a obra seja bem feita, porque vocês merecem”, disse Rogério Pontes.

A obra será realizada pela empresa EMOT Construções LTDA, em conformidade com o contrato de nº 043/2018, firmado entre a Secretaria de Estadual de Meio Ambiente (SEMA) e a empresa EMOT.

O recurso para a Execução do contrato é de R$2.973.920,50 (dois milhões novecentos e setenta e três mil, novecentos e vinte reais e cinquenta centavos), financiado pelo Programa de Desenvolvimento Sustentável do Estado do Acre (PDSA Fase II-BID), que compreende além dos 39, 80 quilômetros de ramais também a construção de obras de artes correntes (bueiros) e de artes especiais (Pontes).

A realização da obra faz parte do programa de Manejo Comunitário do governo do Estado, que fortalece atividades extrativistas e madeireira sustentável. “Já são mais de 200 km de ramais que estão sendo executados pelo governo do Estado, um investimento total de quase R$ 13 milhões para beneficiar a produção florestal sustentável e melhorar a vida de quase quatro mil pessoas dentro da Resex Chico Mendes”, explica Edegard de Deus, secretário de Meio Ambiente (Sema).

Leia Também:  Clécio Gadelha comemora com fogos a vitória da eleições da Amoprebe, mas não comemorou a prisão de Everaldo e Aldemir

O investimento do governo do Estado é executado pela Sema, por meio do Programa de Desenvolvimento Sustentável (PDS), que está em sua segunda fase de execução e conta com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A obra conta com a parceria também do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre).

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Morador grava vídeo denunciando as péssimas condições de rua na atual gestão de Fernanda Hassem

Publicados

em

Um morador da rua Rondônia gravou um vídeo denunciando as péssimas condições da referida Via, segundo ele, os moradores que precisam trafegar pela rua não aguentam mais o abandono por parte da atual gestão de Fernanda Hassem, segundo ele há pelo menos 6 anos que a localidade não recebe manutenção da prefeitura de Brasileia.

Os moradores, revoltados com a situação resolveram tornar público essa situação para que o Poder Público tome providências quanto a esta situação específica. Vale destacar que não só a rua Rondônia encontra-se nesta condição, mas a maioria das vias do município encontra-se em péssimas condições.

Por se tratar de uma rua que dá acesso a escola infantil Menino Jesus e a uma distribuidora de gás os moradores almejam ainda mais uma melhoria, pois segundo eles, no período do inverno, os alunos enfrentam grande dificuldades para chegar a escola, onde saem de casa limpos e chegam na escolas sujos de lama por conta da falta de dignidade no tráfego.

“A cada chuva que cai o açude aumenta mais se jogar tambaqui aqui se cria porque a situação está cada vez pior, tá com mais de 6 anos que essa rua não recebe um tapa buracos, aqui quando as crianças estão indo para a escola elas sofrem”, concluiu um morador.

Leia Também:  Os desvio vai de Cunha a Renan, Aldemir Lopes, Everaldo Gomes e tantos outros expoentes da ladroagem tapuia

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA