Política

Com mudanças no Fundeb, Prefeitura de Cruzeiro do Sul beneficiará ainda mais o servidor

Publicados

Política

Equipe de finanças, administração e Educação traçam os detalhes da conquista – Foto: Assecom

O Secretário de Educação de Cruzeiro do Sul Amarísio Saraiva se reuniu na manhã desta segunda-feira, 08, com o Secretário Municipal de Finanças Anízio Correia e com o de Administração João Pereira para debaterem sobre as mudanças que ocorreram no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Com a alteração na lei, o percentual de gasto com recursos do Fundeb passou de 60% para 70% e também ampliou os investimentos para aplicação de gastos com pagamento de servidores de apoio. Na vigência do Fundeb até 2020, havia regra mínima para que 60% dos recursos do Fundo fossem utilizados para o pagamento de profissionais apenas do Magistério.

“O Fundeb agora ampliou os gastos com pagamento de todos os servidores que fazem parte do apoio da educação, como motoristas, serventes, merendeiras, e não apenas para o magistério, como era anteriormente”, explicou o secretário de educação .

“O acréscimo, garantido através da Lei, nos valores do FUNDEB vai possibilitar beneficiar ainda mais nossos servidores”, enfatizou o secretário de administração.

Leia Também:  Em Cruzeiro do Sul, Vereadores articulam reunião para alinhar serviços do Programa Luz para Todos

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: Hospitais do Acre entraram para a lista dos hospitais com 100% de sua capacidade ocupada e sofrem drasticamente devido a grande quantidade de casos graves de pacientes com covid-19. De acordo com informações, 100% dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, Instituto de Traumatologia do Acre (INTO) e Hospital de urgência e Emergência de Rio Branco (Pronto Socorro) estão todos ocupados.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo: O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Leia Também:  Programa Escola em Casa, do Acre, é reconhecido pela Rede Amazônica como referência para a região

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

”Tá sobrando dinheiro na Prefeitura de Rio Branco?”, questiona deputada Perpétua Almeida sobre retirada de canteiros da via Chico Mendes

Publicados

em

A deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC) esteve nesta sexta-feira, 12, visitando os trabalhadores e moradores da via Chico Mendes, no Segundo Distrito de Rio Branco.

Segundo a parlamentar, é quase unânime a insatisfação com a obra de revitalização da ciclovia da avenida. Isto porque, desde junho, a Prefeitura de Rio Branco começou a retirar os canteiros que formavam a principal ciclovia da avenida.

“A Prefeitura está gastando dinheiro pra destruir o que está pronto. Por que Bocalom não está tapando buracos nas ruas com o dinheiro dinheiro que está gastando para fazer isso aqui? A prefeitura tem tanto dinheiro pra jogar fora assim?”.

Perpétua afirma que acionará o Ministério Público para tomar as providências cabíveis.

Reclamação geral

O vendedor Wesley considera a obra desnecessária e ironizou: “Não existe isso em lugar nenhum. Não sei aonde está o Ministério Público que não vê isso. O cara quebrou o que está feito por puro capricho. A população não merece isso, não. Estava feito e bonito. Era só pintar e podia ser até de azul, como o Bocalom gosta”.

Leia Também:  Em Cruzeiro do Sul, Vereadores articulam reunião para alinhar serviços do Programa Luz para Todos

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA