Política

Brasiléia não tem prefeito. Lixeira Improvisada com máquinas de lavar

Falta De Lixeiras Em Brasiléia Faz Moradores Improvisar Com Carcaças De Máquinas De Lavar Roupas

Publicados

Política

Falta De Lixeiras Em Brasiléia Faz Moradores Improvisar Com Carcaças De Máquinas De Lavar Roupas

Improvisar Com Máquinas de lavar

Improvisar Com Máquinas de lavar

Alemão Monteiro-Chiquinho Chaves

Na ausência de ações do poder público municipal, os moradores de Brasiléia tem feito sua parte no tocante ao destino do lixo doméstico ensacado, que na falta de lixeiras improvisam com carcaças de máquinas de lavar roupas.

A cena é comum em todos os bairros de Brasiléia, e tem sido cobrança constates dos vereadores na tribuna da Casa do Povo, para que o Prefeito Everaldo resolva o problema da falta de lixeiras na cidade.

Carlinhos do Pelado (PSB), disse que quem anda pelos bairros mais afastados, encontra mais caixa de máquina de lavar servindo de depósitos de lixos, do que verdadeiramente lixeiras. “O cidadão tem procurado um jeitinho brasileiro para não jogar o lixo nas margens das ruas, mas causa um aspecto não tão bonito para a cidade. Gostaríamos que o prefeito resolvesse esse problema providenciando lixeiras para  Brasiléia”, disse ele.

Leia Também:  Prefeitura inaugura praça no Cruzeirinho e proporciona espaço de lazer e diversão para moradores

Na Ultima sessão ordinária da Câmara de vereadores, o Vereador Bil Rocha (PMDB), voltou a tocar no assunto da falta de lixeiras e do improviso que moradores tem encontrado utilizando os restos de máquinas de lavar roupas como lixeiras, e cobrando do poder público uma ação imediata.

Como o prefeito Everaldo esteve recentemente em Brasília  batendo nas portas dos parlamentares acreanos em busca de recursos para o município, é bem provável que a problemática da falta de lixeiras em Brasileia seja resolvido com a atitude do poder público, caso contrário, o cidadão vai continuar indo até as lojas comprar uma máquina de lavar nova para utilizar a máquina velha como lixeira.

11

10

9

5

4

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Política

Fernanda Hassem teve o orçamento de quase 120 milhões aprovado na câmara, não fez nada até agora e vai receber mais R$ 6 mil de recurso federal

Publicados

em

Programa contribui para o processo de aprimoramento, implementação e integração sistêmica das atividades da assistência farmacêutica – Foto: Assessoria PMB

A prefeita do município de Brasileia, Fernanda Hassem, conseguiu a aprovação que tanto queria onde o orçamento anual chega a quase R$120.000.000,00 para serem aplicado nas mais diversas áreas do município, mas o que chama a atenção é que durante esse primeiro semestre não se viu estes milhões serem aplicados no município, muito pelo contrário, a população hoje enfrenta grandes problemas em virtude da falta de investimento.

A quem diga que, Brasileia hoje era para estar vivendo um dos melhores momentos de sua história, pois dinheiro tem o que falta é uma boa gestão. E em se tratando de dinheiro, mesmo com os quase R$120 milhões, a sua disposição e sem fazer nada, Brasileia está entre as Cidades que receberam do Governo Federal o valor de R$ 6.000,00 (seis mil reais).

As nove cidades do Acre receberam R$ 54 mil de recurso federal para monitoramento de 2022 do Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica. Segundo as diretrizes, o programa não só financia a aquisição e distribuição de medicamentos, como também ajuda no desenvolvimento do Sistema Nacional de Gestão da Assistência Farmacêutica, oferecendo cursos de capacitação de profissionais farmacêuticos.

Leia Também:  Governo do estado realiza segunda Feira regional que aconteceu em Assis Brasil

Tem então, por finalidade, contribuir para o processo de aprimoramento, implementação e integração sistêmica das atividades da assistência farmacêutica nas ações e nos serviços de saúde, visando a uma atenção contínua, integral, segura, responsável e humanizada.

A liberação do recurso foi divulgada na quarta-feira (3) no Diário Oficial da União. Vamos ver se agora, com a destinação do recursos para este fim, se quando a população procurar remédio na farmácia municipal, se encontrarão.

Cada cidade vai receber R$ 6 mil e são elas:

Acrelândia

Brasileia

Bujari

Mâncio Lima

Marechal Thaumaturgo

Porto Walter

Rio Branco

Rodrigues Alves

Xapuri

Nove cidades do Acre recebem R$ 54 mil de recurso federal para assistência farmacêutica – Foto: Ana Paula Xavier / Rede Amazônica Acre

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A vereadora do município de Brasileia, Neiva Badotti, afirma que o mensalinho, agora na atual gestão o feito é praticado via pix, o que antes era mensalinho por meio de folhinha agora, na gestão de Fernanda Hassem foi informatizado, ou seja, modernizaram a possível prática de lavagem de dinheiro.

Leia Também:  Fernanda Hassem desmente acusações e diz que procurador foi premeditado e irresponsável

Acompanhe nossas Redes Sociais

Veja-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na Página do Instagram 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA