Política

“A partir de hoje sou pré-candidato ao governo do Acre”, diz Vagner Sales

Sales chegou a propor uma coalizão de partidos e uma ampla discussão sobre quem seria o candidato da oposição

Publicados

Política

Sales chegou a propor uma coalizão de partidos e uma ampla discussão sobre quem seria o candidato da oposição

Vagner colocou seu nome a disposição para uma possivel pré-candidatura ao governo do Acre nas eleições de 2014 – Foto: Alexandre Lima

Vagner colocou seu nome a disposição para uma possivel pré-candidatura ao governo do Acre nas eleições de 2014 – Foto: Alexandre Lima

FONTE-OALTOACRE

Mesmo contrariando a posição da executiva estadual que afirmou durante o encontro estadual de dirigentes e lideranças do PMDB, que o partido não teria candidatura própria em 2014 – o prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales lançou oficialmente sua candidatura ao Governo do Acre, na manhã deste sábado (14), na cidade de Brasileia, no Alto Acre.

Sales chegou a propor uma coalizão de partidos e uma ampla discussão sobre quem seria o candidato da oposição, mas diante das opiniões divergentes e com o João Correia (PMDB) lançando seu nome como candidato, o prefeito de Cruzeiro do Sul mudou sua proposição e oficializou sua candidatura ao Governo do Acre.

“A partir de hoje sou candidato ao Governo do Acre. Estou colocando meu nome e quero que a executiva do PMDB registre isso. Vamos mostrar nossas propostas e projetos para o Acre. Se lá na frente, eu não estiver bem na preferencia terei humildade para de retirar a candidatura e apoiar que estiver melhor colocado, mas tenho certeza que isso não vai acontecer e vamos ganhar o governo”, enfatizou Vagner Sales.

Everaldo defende pesquisa

O prefeito de Brasiléia, Everaldo Gomes (PMDB) foi bastante aplaudido ao defender que seja realizada uma pesquisa para escolher o nome da oposição que irá enfrentar o candidato do PT, nas eleições de 2014.

“Temos que defender um nome que venha aglutinar votos. Vagner tem que colocar seu nome, até pelo trabalho e dedicação que tem com o povo da sua terra, mas a oposição tem estar junta. Toda a executiva do nosso partido está buscando unir e tirar um nome para enfrentar essa ditadura que está ai no estado. Aquele que sair na frente será o meu candidato”, adianta.

Colaboração de Ray Melo e Vânia Pinheiro

Vagner Sales do PMDB é escolhido como pré-candidato

Vagner Sales do PMDB é escolhido como pré-candidato

Vagner Sales do PMDB é escolhido como pré-candidato

Vagner Sales do PMDB é escolhido como pré-candidato

Vagner Sales do PMDB é escolhido como pré-candidato

Vagner Sales do PMDB é escolhido como pré-candidato

Vagner Sales do PMDB é escolhido como pré-candidato

Vagner Sales do PMDB é escolhido como pré-candidato

Vagner Sales do PMDB é escolhido como pré-candidato

Vagner Sales do PMDB é escolhido como pré-candidato

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Tião Viana, Gladson Cameli e deputados são diplomados na capital

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Política

Com afastamento de Sérgio Petecão e Márcio Bittar, Acre terá dois novos representantes no senado federal

Publicados

em

Das três cadeiras do Acre no senado federal, duas estarão com gente nova no assento. Maria das Vitórias assumirá a vaga do Senador Sérgio Petecão (PSD) e Eduardo Veloso assume a vaga de Márcio Bittar (União Brasil).

Ambos são suplentes dos titulares, que ficarão em média de 4 a cinco meses fora do mandato e assim abrem espaços para as caras novas. Maria das Vitórias tem 79 anos de idade e já foi deputada estadual, secretária de Assistência social e era esposa do falecido Deputado federal João Tota.

A mesma assumirá a cadeira do seu titular Petecão, que se afasta para se dedicar exclusivamente a campanha de governo do Acre. Natural da Paraíba e vivendo a décadas em Cruzeiro do Sul, Maria das Vitórias tem uma grande credibilidade na região do Juruá e pode dar uma grande contribuição na campanha de Petecão, inclusive o o filho João Tota, será o vice na chapa de governo do PSD.

Eduardo Veloso é médico oftalmologista, um dos mais respeitados do estado e de uma família tradicional de Rio Branco. Eduardo foi cotado para ser vice de Gladson Cameli na última eleição e nos 45 do segundo tempo, foi trocado por Werles Rocha. Com tudo ele virou suplente de Márcio Bittar, que vai se afastar para fazer um tratamento de saúde e também se dedicar a campanha da esposa Márcia Bittar (PL), que disputará o senado na chapa de Gladson Cameli (PP).

Leia Também:  Vereador Jerry denuncia situação da pousada ecológica em Assis Brasil

Sobre o desempenho de ambos, só saberemos quando iniciar os trabalhos de verdade.

A posse dos novos senadores está marcada para ocorrer no final deste mês, dentro de poucos dias

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA