RIO BRANCO

Política

11 mil Servidores-Edvaldo Fala Sim Decisão For Contrária Será Um Caos

“Se tivermos uma decisão contrária será um caos”, diz Edvaldo sobre ADI dos servidores

Publicados

Política

“Se tivermos uma decisão contrária será um caos”, diz Edvaldo sobre ADI dos servidores

Deputado Edvaldo Souza

Deputado Edvaldo Souza

O deputado Edvaldo Souza (PSDB) foi dos poucos parlamentares que usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) na manhã de quarta-feira (20) para falar da expectativa pela votação da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 3609, que trata sobre a demissão dos 11 mil servidores acreanos.

Souza afirmou que se a decisão for contrária aos interesses dos acreanos, será um caos para o estado. “Já temos um nível de desemprego muito grande; se esta votação for contrária aos acreanos, será um desastre”, declarou.

O parlamentar afirmou que o Acre não suporta mais um número tão grande de desempregados.
“Já temos 73 mil famílias que vivem apenas de Bolsa Família. É desesperador imaginar mais desempregados”, disse.

Edvaldo afirmou que está torcendo para que a decisão seja favorável aos acreanos. A modulação foi proposta pelo ministro Dias Toffoli, relator da ADI, através da qual a Procuradoria- Geral da República impugnou a efetivação desses servidores.

Leia Também:  Equipe de reportagem é agredida por candidato a vereador no bairro Nazaré em Brasiléia

O ministro propôs modular os efeitos da decisão, para que somente tenham eficácia a partir de 12 meses contatos da data da publicação da ata de julgamento, tempo que o Acre teria para preencher o quadro com servidores concursados.

Da redação, com Gina Menezes

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Política

Morador grava vídeo denunciando as péssimas condições de rua na atual gestão de Fernanda Hassem

Publicados

em

Um morador da rua Rondônia gravou um vídeo denunciando as péssimas condições da referida Via, segundo ele, os moradores que precisam trafegar pela rua não aguentam mais o abandono por parte da atual gestão de Fernanda Hassem, segundo ele há pelo menos 6 anos que a localidade não recebe manutenção da prefeitura de Brasileia.

Os moradores, revoltados com a situação resolveram tornar público essa situação para que o Poder Público tome providências quanto a esta situação específica. Vale destacar que não só a rua Rondônia encontra-se nesta condição, mas a maioria das vias do município encontra-se em péssimas condições.

Por se tratar de uma rua que dá acesso a escola infantil Menino Jesus e a uma distribuidora de gás os moradores almejam ainda mais uma melhoria, pois segundo eles, no período do inverno, os alunos enfrentam grande dificuldades para chegar a escola, onde saem de casa limpos e chegam na escolas sujos de lama por conta da falta de dignidade no tráfego.

“A cada chuva que cai o açude aumenta mais se jogar tambaqui aqui se cria porque a situação está cada vez pior, tá com mais de 6 anos que essa rua não recebe um tapa buracos, aqui quando as crianças estão indo para a escola elas sofrem”, concluiu um morador.

Leia Também:  “CHICÃO Do SINDICATO”: Dois Anos Sem O Grande Companheiro

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA